ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

09 agosto 2013

Tentando libertar o único homem que amei (até hoje)





Tenho um amigo que organizou cada segundo de sua vida e assim conseguiu se aposentar aos quarenta anos. Desde essa data então ele se dedica a estudar assuntos esotéricos, passa a vida viajando pelo planeta e anotando suas conclusões.

Conheci ele quando  o entrevistei e logo ficamos amigos. No começo éramos mais próximos porque eu adorava tudo que fosse esotérico, mas com o tempo aquilo me cansou e larguei mão de tudo, cheguei a conclusão que eu tinha que desapegar de muitas coisas, inclusive dessa minha mania de querer explicação pra tudo.

Esse meu migo é ótimo de papo. Contei pra ele que sonhei com um ex-namorado, um sonho muito lindo e acordei morrendo de saudades, com vontade de ligar. Meu amigo me perguntou porque eu não ligava pra meu ex, para dar um oi e eu disse que era melhor não ligar, eu já perdi meu bonde ali, fui louca por ele, completamente apaixonada, mas ele deu uma mancada, me deu um fora e eu fui embora. Mas ficamos amigos e eu fui descobrindo com o tempo como ele é uma pessoa incrível, levei e levo a amizade superficialmente, tenho certeza que nem passa pela cabeça dele que ainda sou apaixonada por ele e por isso mesmo resolvi não ligar, vou falar o que?


E meu amigo me perguntou se eu converso com meu ex-namorado em silêncio?
Converso e converso bastante, nas conversas falo pra ele o que sinto, lembro de momentos que poderia ter dito a verdade.
Meu amigo me deu um bronca, ficou louco da vida e me disse:

-Olha, se você quer falar com ele pega o telefone e fala, acaba com essa história na tua cabeça.

Eu disse que meu ex já fez sua vida e não vou interferir nem dizer nada que possa atrapalhar, e lá vem meu amigo:

-Mas você já está atrapalhando!Não podemos ficar tendo conversas internas com as pessoas, você puxa a energia dele com teu pensamento, cada vez que você pensa nele e começa a conversar você tira ele do eixo, se você gosta dele ou você liga e diz tudo, ou esquece o assunto, mas não faça mais isso, de acorrentar ele a você nessas conversas.

Já escutei muito sobre isso, o poder mental e a telepatia. E nos últimos tempos dizem que isso vem se acentuando, ficando cada vez mais forte, estamos mesmo sem saber nos comunicando mais mentalmente do que pensamos, as pessoas estão percebendo coisas que nunca perceberam. E pensar em alguém não ajuda a pessoa, nem nos liberta, sei disso.

Inclusive tenho uma amiga que segue a doutrina espírita e sempre diz isso, quando a gente pensa em alguém tem que ser para mandar amor e luz, mas não ficar babando de ódio nem em conversas internas.

Parece inocente isso de pensar em alguém e conversar com essa pessoa, mas interfere na energia dos dois e são comunicações que podem dar muito problema.

Quem estuda anjos também diz isso, quando vamos ter algum encontro tenso, algum assunto chato, pedimos para o anjo da guarda ir na frente e resolver o assunto, adiantar a pauta ao anjo da guarda da outra pessoa, assim o assunto quando vier a tona já vai parecer familiar.

Conversas internas são conversas que não aconteceram ao vivo, quando a coisa é dita naturalmente no momento certo, a gente não volta ao assunto, passa pra outro, mas quando ficamos conversando com uma pessoa internamente é porque alguma coisa ali ficou presa no tempo, seja por amor, por mágoa, por raiva.

Meu amigo tem razão, muitas vezes a gente diz que tudo está bem, que tal assunto já foi resolvido, mas ficamos ali horas conversando com o fantasma da pessoa, sempre pensando: Deixa eu ver ele de novo e vou falar um monte!
E ficamos ali como atores, ensaiando cada fala, cada linha.

O mundo é aqui, a matéria é aqui. Se é para falar é melhor que seja na cara, ou por e-mail no último dos casos, mas é importante se libertar dessas palavras que não são ditas na hora, porque senão elas ficam cozinhando na mente por dias, semanas, anos e de repente nos vemos todos os dias em algum momento em uma conversa imaginária com alguém.

Pena que não é tão fácil, mas meu amigo me alertou, tenho que rever minha cota de amor com esse meu ex-namorado, porque quem ama, liberta. E até onde eu sei lamento não ter ficado com ele, mas quero que ele seja feliz, mesmo que isso signifique manter ele no meu coração e tirar da minha mente. É para o bem dos dois, nem eu me sinto melhor por conversas internas com ele, nem ele fica sabendo de tudo o que penso, assim ficamos os dois parados no mesmo ponto do caminho. E amor é tudo, menos deixar alguém preso no caminho, pelo contrário, o amor mostra o caminho.

Iara De Dupont

2 comentários:

Depressiva disse...

Faz muito tempo que tenho esse "grito" abafado dentro do meu coração. São anos com isso aqui dentro e doi muito. Não tenho forças reais depois de tudo o que aconteceu. A memoria tá viva, o sentimento tá preso. Ler suas palavras me fazem chorar. É muito dolorido.
Se antes eu tinha alguma luz, hj essa luz já não existe. É tudo muito escuro aqui dentro.
Por mais que eu saiba que o melhor é seguir em frente, eu gostaria de voltar no tempo.

SUZANA disse...

Se isso for real tem muita gente sem energia por minha causa eu trabalho com massagem sei que esse negocio de energia existe,ja tive crises de choro quando atendia quem estava com depressão,mas eu não consigo sempre falar sempre converso com a pessoa dentro da minha cabeça primeiro.

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...