ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

NOVIDADE!

NOVIDADE!

Nota:O formato PDF dos livros acima pode ser acessado em qualquer plataforma, inclusive Windows, Mac OS e plataformas móveis como Android e iOS para iPhone e iPad.

Os posts mais lidos viraram livros e não estão mais disponíveis no blog.

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

10 agosto 2013

Televisão brasileira é só para brancos e heteros

Família mosaico,uma tendência mundial
Rodrigo Faro e sua família
Eu estava esperando em uma sala quando vi várias revistas do meu lado. Abri uma e tinha uma matéria sobre o Silvio Santos e sua família. Páginas depois era sobre o Emilio Surita e sua família. Antes da revista acabar apareceu o Gugu Liberato e sua família e Celso Portioli com sua família.


Cansei daquilo e troquei de revista. Mal abri e apareceu o Marcos Mion com sua família. Umas páginas viradas e aparece o Luciano Huck e sua família.


Peguei outra revista e apareceu o Ratinho e sua família. Quase desesperada virei a página e apareceu Fausto Silva e sua família, fechando a revista em duzentas páginas apareceu Rodrigo Faro e sua família.
Tenho muita simpatia pelo Rodrigo, mas cansei de ver sua família em todas as fotos.

E cansei de todos esses apresentadores, poucos são de talento, e estou exausta desse mundo que não existe, todos são brancos, heteros e tem a mesma família, quase nenhum é divorciado nem têm filhos de casamentos anteriores.

Sei que famílias assim existem, mas pelas minhas contas não são maioria e não representam todo mundo. Não existe no planeta tantos casais brancos, heteros e com filhos deles, ou seja, não tem filhos de relações anteriores.

Ah, mas o Fausto Silva e o Silvio Santos têm! É, mas eles são os mais velhos, o que dá uma sensação ruim, parece que a televisão está cada vez mais conservadora.

E para que ser hipócrita? Todos eles usam sua família branca de moeda de troca, faz parte da imagem parecer um ótimo marido e um ótimo pai. Eu acho isso nojento, usar a família para cimentar uma imagem, quem é bom profissional não precisa disso, mas o mercado de televisão exige,os anunciantes colocam mais dinheiro em ''homens de família'' e o fracasso de alguns apresentadores que tinham fama de cafajestes prova essa teoria.

O que me irrita é colocar essas famílias brancas e heteros como se fossem soberanas e as únicas a existir, o modo certo de viver. Não vejo isso na rua, tenho amigas brancas casadas com negros, japoneses e outras nacionalidades.Tenho amigos que moram com sua namorada e o filho dela, de outra relação.

O mundo de hoje é feito de famílias mosaicos, onde as pessoas se unem trazendo uma bagagem diferente de séculos atrás, hoje muitas mulheres saem de um relacionamento com filhos e vão morar com outro namorado,que por sua vez também teve filhos de uma relação anterior. E às vezes eles ainda têm o filho deles. Fora que algumas pessoas adotam, criam sobrinhos,tem todo o tipo de convivência com outras pessoas, tudo foi se misturando e o conceito de família vem sendo modificado, ainda é um grupo de pessoas que se amam e permanecem unidas, mas não vem de uma única fórmula,de uma mulher e um homem. Casais gays adotam, fazem inseminação, constroem sua família, essa é uma tendência no mundo inteiro, a construção de um novo padrão familiar.

Mas ninguém avisou a televisão brasileira disso e ela ainda está no século passado.
E essa coisa branca, congelada, empalhada na televisão brasileira me assusta, parece que só aquilo é possível e só aquelas famílias são normais.


A televisão não tem que ser realista, mas não também não precisa criar um mundo tão artificial, que não existe nem em Marte. Ter tantos apresentadores brancos em um país de negros e pardos, chega a ser ofensivo.

Apresentadores que nunca se casaram com mulheres negras e nunca tiveram filhos de outros relacionamentos comprova a teoria que a televisão tem princípios medievais.

Cansei de tudo isso, tenho vontade de instalar na minha televisão uma espécie de videogame, assim vou atirando em todos os apresentadores,todos eles me irritam, aquela branquice hipócrita, aquela distância da realidade, tudo aquilo me dá náuseas, principalmente quando penso em países como os Estados Unidos que tem um número maior de apresentadores negros e gays, porque aqui no Brasil não chegamos nem a questionar isso, para apresentar um programa para a família brasileira ser hetero e branco é obrigatório, se Rodrigo Faro fosse gay jamais teria sido chamado pela emissora que está.

E tudo isso é com nossa autorização, a gente assiste e acaba sendo conivente com tanta barbaridade, acabamos achando normal que todos os apresentadores sejam brancos, não são nem pardos,são todos brancos, quase santos, heteros e com uma família perfeita.

E isso reflete em tudo, não tem negro, nem gay, nem gordo. O Fausto era gordo, mas ele é branco, hetero, e homem, ou seja, pode tudo.

Não nego a existência de famílias brancas e heteros, mas elas não representam a maioria. E muito menos representam um país de 200 milhões de pessoas. Somos muitos e diferentes, não é justo que só pessoas brancas e heteros possam trabalhar na televisão. E ainda por cima explorar sua família para passar a imagem de ''homem do bem''. No fundo parece a mentalidade do coronel, até isso aparece na televisão, o homem branco que é o certo, o resto está errado, é o branco que vai dizer como todos têm que viver.

Iara De Dupont

Um comentário:

Anônimo disse...

Ah Iara,bem verdade isso. Sempre me incomodou o fato de nao haver apresentadores negros,pouquissimos reporteres,mostra sim que somos retardados, Minha indignacao aumentou quando me mudei para o exterior,na tv existe TODO o tipo de pessoas,na tv Americana e britanica tem apresentadoras de telejornal com 60 e poucos anos,brancos negros,indianos. A moça do tempo é uma senhora de 40 e poucos anos gorda,sim gorda,não gordinha,isso me enche de orgulho,orgulho alheio,mas ainda assim orgulho. As mulheres te suas rugas,e nao sao trocadas por mais novas,valorizam sua experiencia,ta bom que hipocrisia existe no mundo todo,mas a cada dia me convenso mais que o Brasil só piora. Um colega que trabalhou por anos em tv me disse que ja questionou o por que de nao ter apresentadoras negras e quando aparece uma morena (branca de cabelos negros),eles vao clareando os cabelos da criatura,ele disse que um director disse que quando aparece uma loira na tela o ibope sobe na hora,e se for uma morena,por mais bonita e preparada que seja o ibope nao reage da mesma forma.Mais uma prova de que somos simn retardados.

Anna Lara

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...