ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

02 julho 2013

Manifestantes burros não são culpa da Globo



Começou a circular no Facebook um vídeo de manifestantes protestando em Londres,em um determinado momento uma equipe da Globo tenta se aproximar e acaba sendo vaiada e encurralada,ficam grudados em uma grade,esperando as pessoas pararem de gritar.E os manifestantes gritam:Abaixo a Rede Globo,o povo não é bobo.
O povo não é bobo,mas esses manifestantes foram.Não sabem como uma empresa funciona.

Trabalhei três anos em uma emissora de notícias e nunca vi tanta censura como ali.Tudo tinha que passar por pelo menos quatro mesas para ser aprovado.Nomes eram riscados,matérias inteiras apagadas porque falavam de um fulano ou de um sicrano.A coisa maluca da história era que a emissora ficou conhecida no mercado por ser uma alternativa,diferente dos dois canais grandes,essa emissora parecia livre e sem comprometimento com ninguém,o dono tinha uma fábrica de sucos e bancava a emissora,quase que por prazer,porque nem os funcionários ele se dignava a pagar.

Eu não era nem jornalista e todos meus amigos jornalistas morriam de inveja,achavam o melhor lugar do mundo para trabalhar,porque todos  ali pareciam eram livres.Inclusive as duas grandes estrelas do jornalismo estavam ali e faziam todo seu marketing como jornalistas que não se deixavam comprar e não tinham medo de denunciar ninguém.

Mas os bastidores eram outros e olha que eu nem cobria política,minha área era outra e nem era considerada importante.Mesmo assim da minha mesa eu escutava os gritos,os berros e as justificativas.Cansei de ver a produtora me perguntando se eu tinha alguma coisa feita,porque ia sobrar espaço no programa devido a algum corte e vi material jogado no lixo sem motivo aparente,tudo que vai ao ar em uma emissora de notícias é como uma teia de aranha,se mexer no lugar errado,vai dar merda.E esses lugares são inacreditáveis,vão desde parentes políticos até cunhados donos de supermercado que patrocina o jornal.Tudo está ligado e mencionar alguém atinge diretamente a outra pessoa.

A emissora que eu estava carregava nessa falsa fama de livre e sem dono, tanto assim que os jornalistas da emissora eram bem tratados.Em algum momento um chefe decidiu que eu seria uma ótima repórter,não podia estar mais errado,mas me mandou trabalhar na rua.Fui a muitos eventos e vi como as pessoas reagiam mal aos jornalistas das outras emissoras,já os da que eu estava éramos tratados como reis,porque as pessoas confiavam que passaríamos a informação correta,sem censura.Em um momento de crise,uma secretária de algum político nos deixou entrar e esperar na sala,até café ela trouxe,enquanto os nobres colegas jornalistas esperavam na rua,de pé.

Jornalista em emissora,em jornal,é um funcionário,não é responsável de todas as desgraças que acontecem.É covarde cercar jornalistas porque se considera a emissora deles uma merda que manipula a todos.Não é a maneira certa de protestar,e as pessoas ficariam bestas de saber quantos jornalistas no mundo trabalham pensando em pagar suas contas e colocar o pão na mesa,não estão preocupados em `revelar a verdade ´.

É um emprego como outro qualquer e tem seus limites.O jornalista trabalha para empresa,mas não responde pelas decisões dessa.Ameaçar uma equipe é uma coisa digna da ditadura,quem ameaça a imprensa é a polícia,nunca os manifestantes.

Se as pessoas não queriam falar com a Globo estão no seu direito,se sentem que sua entrevista vai ser manipulada e usada contra,que não falem,mas que não sejam tão cretinas a ponto de acreditar que um simples repórter decide o que entra em pauta ou não.

É ignorância demais pensar que um jornalista decide alguma coisa,até o William Bonner é um empregado que trabalha para a família Marinho e responde aos interesses deles,não escolhe nem faz o que quer,obedece ordens.

Lindo pensar que jornalistas são livres e seres acima do bem e do mal que estão denunciando tudo de errado que acontece no mundo,não é assim,jornalistas são pais e mães de família com obrigações que obedecem a empresa que trabalham,como todo mundo.

Por isso os blogs viraram febre no mundo inteiro,porque se pode trabalhar com um pouco de liberdade,mesmo assim restrita.O portal do Observatório da Imprensa ´também funciona e tem coisas muitos boas ali.
Mas fora isso todos os jornalistas vivem do mesmo jeito que o resto do mundo,pensando na sua vida e pagando suas contas.

Encurralar uma equipe é um ato covarde,que mostra o outro lado das manifestações,se eles acham que a Globo manipula,então que convençam o povo a não assistir,com um boicote a emissora pode melhorar,mas caso contrário assustar equipe e jornalista é um ato asqueroso,digno de militares.Já passei por uma situação parecida e posso garantir,não pensei em salvar a empresa que eu trabalhava,mas pensei em como me salvar no meio daquela multidão,é assustador demais.

O vídeo circula no Facebook como um grande feito dos manifestantes,especialmente de um babaca que começa a confusão,mas tem o efeito contrário,se a idéia era ridicularizar os jornalistas eles saem muito bem na fita,parabéns a equipe da Globo,que manteve a elegância,mesmo debaixo de tantas vaias e de ter sido quase que empurrada contra uma parede.Foram profissionais,ficaram quietos,não bateram boca com ninguém e mostraram que a Globo tem mesmo seu padrão de qualidade,até para contratar jornalistas,eles foram impecáveis e elegantes em uma situação que qualquer um de nós teria reagido por instinto.É,a Globo não é tão burra assim,burrice mesmo foi a dos manifestantes que quiseram intimidar uma equipe,como se estivesse nas mãos dela o que vai ou não ao ar.

Iara De Dupont (Sindrominha)

Nenhum comentário:

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...