ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

13 julho 2013

Às vezes se cuidar muito quer dizer não saber viver


Tem uma nutricionista casada com um ator global e muito conhecida no meio, porque faz os cardápios de todas as estrelas. É conhecida por ser rígida e com uma linha totalmente natural. E ela tirou uma foto com outra esposa de um ator global, uma moça que é personal trailer de celebridades, as duas estavam comemorando seus 35 anos.

E eu vi a foto e fiquei pensando, elas se cuidam muito, malham todos os dias, só comem orgânicos, não vão a praia sem milhões de bloqueadores solares e fazem ioga e tratamentos caros, então por que parecem mais velhas do que seus 35 anos?
Não entendo isso, já cansei de ver celebridades que se cuidam como se fossem de cristal e tem a cara envelhecida.
Fico me perguntando o porquê de tudo isso. Se fazem tanto, por que a pele envelhece tão rápido e a expressão muda?

Não sei, não tenho a menor ideia, mas desconfio que viver assim, na linha dura deve envelhecer. Tanta rigidez tem um preço e isso é cobrado pelo corpo. O organismo gosta de ser bem tratado, mas tanta tensão consome. Querer segurar o tempo e tentar ter na aparência todas as respostas envelhece qualquer um.

Sei disso porque eu às vezes escorrego nisso, fico inflexível, como uma coisa de manhã e quero igual no outro dia, começo a ficar rígida e intransigente com pequenas coisas que envolvem minha alimentação, penso na saúde o tempo inteiro e isso que eu ainda não consegui fechar todas as portas, ainda não controlo meu consumo de chocolate, coisa que me envergonha.
E ser assim envelhece e pode ser constrangedor. Eu sou chata com isso e percebo quando os outros ficam sem graça e isso me faz sentir péssima.

Saí com um grupo de pessoas que não me conhecia e fomos a um bar de sucos. Todo mundo pediu um suco, menos eu. Vi que eles ficaram sem entender, mas ninguém disse nada. Depois pediram comida japonesa e eu não comi. Vi de novo que eles se entreolharam. A verdade é que eu não bebo sucos de noite, só como fruta até as seis da tarde. Não comi comida japonesa porque sou vegetariana e não como nada depois das sete da noite. Tudo isso são regras de saúde, só como cítricos de manhã e sucos misturados só de tarde. E por que eu faço isso? Por saúde, mas também porque sou chata e metódica.

De perto não incomoda, mas de longe sei que é estranho, parece que eu não sei viver e deve ter seu fundo de verdade nisso. Quando a pessoa não me conhece acha que eu sou estranha ou em uma pior definição de um ex-namorado: esquisita.
Mas nem sempre sou assim, de vez eu acordo pra vida e quebro algumas regras, mas nem sempre é possível.

Minha sorte é que mesmo sendo fresquinha não envelheci antes do tempo, mas isso é porque eu não faço nenhum tratamento de beleza, não malho e não vivo em função do meu corpo. Acho que essas moças que são tão rígidas e só pensam nisso deveriam comparar suas fotos antigas e assim poderiam ver como estão acabadas, porque nossas escolhas acabam de um jeito ou outro com nós.

É bom se cuidar, comer alimentos orgânicos e tal, mas a vida exige flexibilidade e disposição, é 
isso que mantém o corpo e a mente rodando. Não adianta ficar comendo todos os dias nozes orgânicas da Malásia, porque o dia que não tiver a pessoa surta, eu sei disso com coisas que faço todos os dias, que senão fizer, eu fico irritada, não consigo ainda ser maleável.

A vida se mostra em pequenas coisas. Tem suco? Bebe o suco. Tem água? Bebe a água. O que fode é ficar no mesmo ponto, achando que ali está toda a solução dos problemas e só por fazer isso ou aquilo não vamos envelhecer.

Tem maneiras inteligentes e saudáveis de envelhecer, mas todas incluem isso, envelhecer. Fiquei chocada mesmo com essas moças, tão cercadas de cuidados e com o rosto tão envelhecido. Sei o que elas fazem porque em uma escala menor eu também faço, fico tão preocupada em segurar a saúde que esqueço de viver. Fico tão obcecada com seguir tudo ao pé da letra que quando tenho que sair da linha congelo, nem sei mais com se sai da linha.
Ficou chato com o pessoal que me convidou para um suco, com certeza me acharam estranha. Mas não sou, é apenas que nem todos os dias sei viver.


Iara De Dupont 

Nenhum comentário:

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...