ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

NOVIDADE!

NOVIDADE!

Nota:O formato PDF dos livros acima pode ser acessado em qualquer plataforma, inclusive Windows, Mac OS e plataformas móveis como Android e iOS para iPhone e iPad.

Os posts mais lidos viraram livros e não estão mais disponíveis no blog.

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

06 junho 2013

Paris Jackson: ninguém merece esse sofrimento

Paris Jackson e sua quase mãe Debbie
Sempre gostei do Ricky Martin. E quando ele deu uma entrevista a Oprah Winfrey em seu programa, fui outra das milhões de mulheres que se derreteu. Ele contou sobre os filhos e quando Oprah perguntou a ele sobre a mãe das crianças ele disse que tinha sido um óvulo de uma mulher, que foi fertilizado e colocado no útero de outra, assim que as crianças nasceram foram entregues a ele, nenhuma mulher amamentou, ou seja, até disso eles foram privados, porque uma coisa é a mãe que não pode amamentar, outra é a mãe que não existe. Oprah insistiu e quis saber o ele diria as crianças quando elas perguntassem pela mãe e Ricky disse ''Vou olhar nos olhos deles e dizer, tua mãe sou eu''.

Hoje ao ler sobre a tentativa de suicídio da filha do Michael Jackson, Paris, lembrei dessa história.

Ela foi uma das primeiras a passar pelo processo, o óvulo dizem que é de uma mulher e foi colocado em outra, Debbie Rowe, uma enfermeira casada com Michael na época. Assim que Paris nasceu foi entregue ao pai e virou bebê de mamadeira, nunca teve leite materno. Apesar de parecida com a mãe, que abrigou ela no útero, dizem que o óvulo era de outra, porque caso Debbie entrasse na justiça pela criança, daria muita confusão, justamente por esse detalhe, o óvulo ser de outra mulher, isso por mais inacreditável dizem que foi conselho dos advogados, uma tentativa de confundir a justiça a ponto de ninguém saber de quem é o filho e assim não levar a briga adiante.

Ela não teve nenhum contato com a filha desde que nasceu e agora a menina tenta se aproximar dela, mas parece que a coisa não anda.

Sou a favor de todos os tratamentos para engravidar e realizar o sonho de pais e mães, mas sou contra quebrar a ética e essa falta de respeito as leis básicas da natureza está levando o mundo a uma situação sintética, onde crianças nascem sem precisar de uma mãe. A criança nasce e cresce, mas e a cabeça onde fica? E os sentimentos dela, não valem nada? Não é correto querer anular, neutralizar, sumir com a imagem da mãe, isso não é a coisa certa a fazer.


Nesse ponto sou antiquada, conservadora e medieval. Não acho certo fazer de uma criança uma experiência genética.

Se Ricky queria ter filhos o correto era ter procurado uma amiga e ter feito um acordo, até para que ela acompanhasse a vida do filho, mesmo de longe. Mas apavorados com possíveis chantagens e ter que dividir custódias, tanto Michael, como Ricky, Elton Jonh, saíram fabricando crianças de uma maneira anti-ética e desumana.


E deixo bem claro, a orientação sexual deles não me interessa, sou a favor da adoção de crianças por casais gays e da inseminação artificial. Não me importa se moram com homens ou mulheres, a única coisa que me posiciono contra é criar um ser humano em um laboratório ignorando a biologia, ignorando a necessidade emocional e psicológica dessa pessoa saber que teve uma mãe.

Existem experiências feitas com macacos em laboratórios e a presença da mãe deles faz eles tolerarem mais a dor. Também é muito conhecida uma experiência onde os macaquinhos são separados da mãe ao nascer e colocam uma macaca de pelúcia, com uma lâmpada acesa, eles se aproximam e ficam ali achando que estão protegidos pela mãe.

É o primeiro instinto de um ser vivo é procurar a mãe, procurar o abrigo. Não é possível ignorar isso e querer fazer crianças de laboratórios, quando já está provado que até cachorros que são separados ao nascer da mãe e não recebem o leite apresentam problemas físicos e ficam com a personalidade instável. 


Ah, mas tem mãe que joga a criança no lixo ao nascer!É, mas a criança cresce sabendo que a mãe  fez isso, pode odiar, mas é a verdade, e quem não vem de uma mãe?Vem da onde então?

Nem sempre a mãe está por perto, mas sempre tem uma figura feminina. E não é sobre estar por perto ou não, é sobre da onde vem essa pessoa.

A cultura ocidental tem uma base grega, os gregos falam da figura da mãe, Freud fala da figura da mãe, todos falam disso. E as pessoas aprendem a lidar com a dor, elas sabem viver apesar da mãe ter morrido, ou ter abandonado a criança, talvez vendeu, jogou fora, foi embora. Não importa, a criança tem sua origem. E esse ser humano cresce e alguns procuram a mãe. Em um desses programas de adoção um psicólogo falava que a única coisa que o ser humano consegue perdoar é a mãe, mesmo que tenha sido vendido ou abandonado.

Mãe é referência de tudo, não é só uma questão biológica. Querer tirar isso de uma criança é um ato criminoso. Todos eles tinham o direito de procurar uma mulher que quisesse ter um filho com eles, mas nunca de querer sumir com a imagem dessa mulher, apagar ela da história, como se isso fosse possível.

E essas crianças estão crescendo e convivendo com outras que tem mães e a pergunta deles diante do espelho deve ser ''Quem é minha mãe?''.
Quem é? O óvulo? O útero que abrigou? Quem? Isso faz qualquer um perder a noção das coisas, perder o chão.

Biologia não é  brincadeira e infelizmente (para alguns) ainda se precisa de uma mulher para ter um filho. E essa criança ainda vai crescer em um mundo onde a figura da mãe atormenta a todos e aparece nas maiores obras de cinema, teatro e literatura. Não existe nada de importante na humanidade, seja em artes, ciências, que a figura da mãe seja ignorada ou considerada sem importância.

E quem é a mãe dessas crianças? Muito lindo o Ricky Martin ter dito que ele é a mãe, mas não é assim, pelo menos biologicamente e no inconsciente dessa criança.
Um ser humano não se faz assim, não se cria assim.Até uma criança de rua sabe que tem mãe, mesmo que esteja morta ou desaparecida.

Fiquei com muita pena de Paris, a filha do Michael. Já nasceu de um pai surtado e na frente do espelho, quem é a mãe? Cadê essa figura que povoa o imaginário, consciente, subconsciente e inconsciente da humanidade?Sem essa noção, essa referência, como um ser humano pode se situar? Essa criança vai crescer e olhar ao mundo que ela não pertence, porque suas referências não foram ainda decifradas pelos gregos, nem trabalhadas na psicanálise, nem escrita em obras de teatro, nem em paredes de banheiro.

O que Ricky, Elton e Michael fizeram foi um ato de loucura, não de amor. Criar um ser humano para poder aplacar suas almas egoístas mostra que são uns miseráveis emocionalmente. Ah, mas eles não queriam ter que lidar com a mãe dos moleques! Coisa mais fácil, só lidar com a parte que querem e do jeito deles.

Essa geração criada por encomenda ainda está crescendo, mas essa tentativa de suicídio de Paris foi um péssimo sinal de que alguma coisa deu errada no meio do caminho. E tem gente que vai dizer que isso não tem nada a ver, a menina é adolescente e algumas tentam se matar, pois é, imagina então ser uma adolescente sem pai e fruto de uma experiência de laboratório?

Tenho amigas que perderam a mãe e me contam que costumam rezar sempre para elas, pedindo proteção. Paris não tem nem isso, já que ninguém reza para um útero ou um óvulo. Ninguém merece ficar tão desamparado neste mundo.


Iara De Dupont 

6 comentários:

Anônimo disse...

Poxa,que belo texto!

Eu que venho aqui todos os dias e sei que voce e uma mente a frente do seu tempo acabando pre julgando que voce e a favor de toda a modernidade,mas tem coisas que nao mudam,valores nao mudam com o tempo. Essa geracao sem mae esta crescendo,e as consequencias virao,e tem a geracao sem pai,que nunca teve um pai presente,protetor,provedor e por isso andam perdidos na vida,nao sabem como construir uma familia,pai e mae e uma nescessidade vital,sempre foi e sempre sera.
Bjs

Anna Lara

Anônimo disse...

Debbie Rowe É a mãe biológica da Paris e também do Prince.

Anônimo disse...

Aonde vc achou essa história maluca sobre a Debbie?

Debbie é sim a mãe biológica de dois dos 3 filhos do Michael. Ela e MJ eram amigos desde os anos 80. MJ era casado com Lisa Marie Presley e queria muito ter filhos. Lisa não queria filhos...depois o casamento acabou. Logo depois, Debbie se ofereceu pra ser mãe dos filhos do MJ. Aí sim, especula-se q foi inseminação artificial. Depois q eles nasceram ela ainda ficou com eles por mais de um ano, depois deu a guarda completa p/ o MJ (especula-se q ganhou uma boa grana). Ela ainda encontrou com eles qndo eles eram crianças..depois só agora.
Ela diz q foi um presente p/ o Michael pq ele tinha q ser pai e queria ver ele feliz.

http://images5.fanpop.com/image/photos/31900000/Michael-Debbie-Rowe-Prince-Paris-debbie-rowe-31943498-500-670.jpg

http://images5.fanpop.com/image/photos/31900000/Debbie-Rowe-Paris-Jackson-debbie-rowe-31943470-459-611.jpg

Iara Sindrominha disse...

Que a história é maluca,é maluca mesmo....mas eu não inventei nada...no documentário que Michael foi entrevistado ele mesmo conta que saiu correndo do hospital com a Paris nos braços,procura no youtube,é aquela entrevista que derrubou ele...e Debbie é mãe de Paris e do maior,não do menor,ninguém sabe da onde o menor veio...e Debbie era enfermeira do dermatologista de Michael,que afirma ser o pai dos filhos de Michael,dos maiores.E foi ele que disse que fez inseminação artificial e não era o óvulo de Debbie,procura no Google e voce acha a entrevista dele,tanto que a filha dele é identica a Paris.Enfim,a história toda é enrolada,mas Debbie entregou a menina recém-nascida e não era seu óvulo,então quem seria a mãe dela?Bom,nem eles sabem....

Carolina disse...

E o pai deles é mesmo o MJ?

Iara Sindrominha disse...

Ah,Carol,o dermatologista disse que ele é o pai dos dois mais velhos,e se você ver as fotos parece mesmo...não sei de genética,mas acho que o Michael não pode ser o pai,porque nenhum dos três meninos tem os traços originais dele nem a cor,e no caso de homens negros e mulheres brancas a criança sai misturada...e os filhos do Michael não são misturados em nada...

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...