ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

NOVIDADE!

NOVIDADE!

Nota:O formato PDF dos livros acima pode ser acessado em qualquer plataforma, inclusive Windows, Mac OS e plataformas móveis como Android e iOS para iPhone e iPad.

Os posts mais lidos viraram livros e não estão mais disponíveis no blog.

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

05 junho 2013

Mestre Shaolín: o mapa da loucura humana








Mestre Juan, conhecido como o único Mestre Shaolín ocidental
A história do bem e do mal sempre foi contada do mesmo jeito. Ou você navega de um lado ou de outro. Não existe um livro infantil que diga em alguma linha que todo mundo tem seus momentos e isso pode ser tão bom como ruim. É a essência do ser humano, navegar na água que considere necessária e senão tiver essa flexibilidade para ir de um lado a outro não sobrevive neste mundo, quem não conhece a própia maldade não consegue se proteger nem identificar a maldade alheia.

Pessoas são cheias de água, às vezes quentes, frias congela, evaporam, vazam. E quem confia em água? Ela pode ser vital para a vida, mas um cano arrebentado em casa mostra a velocidade de destruição dela, o ser humano é assim, pode ser alguma coisa boa, mas se estourado pode arrasar uma cidade inteira. E como conviver com isso? É simples, é só não confiar, ter o respeito e a distância que se têm com o mar, porque nunca se sabe quando ele vai virar e sair da calmaria para se transformar em uma tempestade.

E o ser humano aparece ou melhor, ele vaza. A Espanha está até agora contando a história de um simpático, adorado rapaz, Juan Carlos Aguilar Gómez, formado em Antropologia e Direito, conhecido na cidade de Bilbao como guru das artes marciais, três vezes campeão do mundo, oito vezes campeão na Espanha e o primeiro ocidental a ser considerado ''Mestre Shaolín'' depois de anos na China estudando kung-fu, voltou a Espanha, montou sua academia-templo e virou uma referência das artes marciais e levava seus alunos a China, para conhecerem o tempo de Shaolín, onde está enterrado o último monge Shaolín, que morreu há trezentos anos. É tão conhecido na Espanha que é fácil achar suas entrevistas e demonstrações no youtube, já que ele alimentava essa parte, dava entrevistas, aulas e postava tudo ali.

E recentemente um vizinho viu quando ele arrastou uma moça negra para dentro do seu templo, depois de escutar os gritos dela chamou a polícia. E a polícia chegou e encontrou uma cena horrorosa, um policial disse que foi um das cenas mais chocantes que já presenciou, uma mulher amarrada com marcas de tortura e golpes, a moça está em coma, não morreu. A única coisa que se sabe dela é que é nigeriana e era uma prostituta que o rapaz encontrou na rua e chamou para seu templo.

Depois que ele foi preso a polícia vem desmontando sua academia e até agora achou ossadas que podem corresponder pelo menos a quatro mulheres, caso tudo se confirme ele seria considerado um serial killer e faz tempo que a Espanha não vê isso.

A parte inacreditável são as entrevistas que a imprensa conseguiu de conhecidos, ex-mulher, namoradas, alunos. Primeiro varreu a parte dos prêmios e confederações que ele diz pertencer, que agora elas negam, dizem que ele nunca foi reconhecido como mestre de kung fu em nenhuma parte da Espanha. É verdade que ele estudou na China e sabia lutar, mas as confederações oficiais de artes marciais negam que ele pertença a alguma delas. A ex-mulher, uma médica, em uma entrevista disse que ele é ótima pessoa, mas difícil de conviver por ser uma pessoa tão espiritual e tão focada no seu crescimento no budismo.

Alunos, alunas, enchem páginas de jornais e do Facebook para garantir que nunca conheceram um ser mais elevado, gentil e generoso que o mestre Juan, segundo todos ''um homem santo''. Até o porteiro da academia defendeu ele, dizendo que era um homem de horários normais e rotina tranquila, sempre disposto a conversar com alguém e jamais levantou a voz para nenhuma criatura viva. Foi descrito como a maioria das pessoas como ''um ser iluminado'', alguém elevado, superior espiritualmente a todos, um ser totalmente concentrado no seu aprendizado espiritual.

De todos que foram procurados só as pessoas da área não gostavam dele, os mestres de kung fu consideravam ele um picareta, mas não capaz de matar quatro mulheres e deixar uma em coma.

E no desespero por encontrar uma explicação uma amizade próxima confessou, o maestro sofre há dois anos com um tumor cerebral, por isso deve ter surtado e saiu matando por aí.


Ah, mas não surtou o suficiente para fechar seu templo, nem perder controle de sua vida, mas para sair matando surtou.

Isso não é desculpa e menos ainda para uma pessoa que tinha tanto conhecimento espiritual.

Mas o que aconteceu? É apenas o ser humano, seu dois lados, seus três lados, seus mil lados. Não é um tumor que faz alguém chamar uma mulher para sua academia, matar e enterrar os ossos debaixo do seu Buda gigante no jardim. No seu lindo e inacreditável jardim chinês, cheio de referências aos templos visitados no Oriente a polícia encontrou os ossos de outras mulheres, ironicamente  nos espaços cheios de incensos e pedras brancas.


Ah, mas ele podia ter dores de cabeça terríveis e o tumor poderia empurrar o cérebro de tal maneira que levasse ele a agir assim. Não acredito, não mesmo, porque até para matar alguém e enterrar, se precisa de um pouco de lógica, não é tão simples assim, o tumor aperta e a pessoa sai matando?


A lição é a mesma e se repete, o ser humano não é confiável, é bom agradecer os momentos que tudo navega na paz, mas não se pode confiar. Todas as alunas dele deveriam ir a Igreja mais próxima de joelhos, porque foram alunas durante 10,9,8 anos e ele nunca as agrediu nem as matou. O ser humano é assim, imprevisível e nem sempre consegue controlar seus demônios, coitado de quem estiver na frente de uma pessoa que ''vaza ''.


O ser humano tudo que tem de normal, tem de louco. Tudo que tem de elevado espiritualmente pode ter de rasteiro em outros aspectos, essa é a dualidade que atormenta a muitos, outros aprendem a viver com isso.


E não se enganem com perfis de Facebook, no do mestre Juan ele se descrevia como uma pessoa extraordinária, que procurava no budismo e artes marciais ''a libertação, o entendimento e a iluminação ''. É bom mesmo que continue pensando assim, porque em caso de ser condenado vai passar muitos anos na cadeia pensando na sua libertação e iluminação, já o entendimento do que ele fez nunca chegue a sua mente, até agora nem seu país entendeu o que aconteceu.


Iara De Dupont







obs: Recebi um email depois que coloquei o post aqui de um médico,dizendo que é possível sim a pessoa perder a noção das coisas, perder as ''faculdades mentais'' se está sendo submetida a um tratamento para um tumor cerebral, como é o caso do Mestre Shaolin. Enfim, eu falei que ia colocar esse esclarecimento, mesmo considerando que só matar mulheres parece ser uma loucura seletiva, mas enfim.....

 


 


 

Um comentário:

Paulinha disse...

Bom dia. Sou frequentadora do blog e adoro as suas opiniões, Iara. Concordo com 99,9/ delas. Mas este post mexeu comigo e me fez querer comentar. Conheci um mestre em uma arte marcial, muito antigo, considerado o melhor na minha cidade. Era aluna na academia dele e sempre via ele próximo de algumas alunas. Até aí tudo bem, não era meu professor. Quer disser... nunca vi com maus olhos as atitudes dele, sempre acreditei que era um homem sábio e guerreiro, que só queria o melhor para sua academia. Percebia tambem que ele oprimia meu professor.Este sim um verdadeiro mestre, adimiravel. Continuei fazendo minhas aulas ate receber uma proposta para trabalhar em outro negocio do dono da academia. Fui e conheci os bastidores, descobri que ele abusava moralmente das funcionarias, inclusive com tentativas de abuso sexual disfarçadas em brincadeirinhas de baixo calão. As funcionarias fugiam dele, mas sem provas e com medo de perder o emprego não denunciavam. Eu também fugia. Descobri também que ele colocava os professores da acadêmia para fazer serviços extras, que nada tinham a ver com as aulas, sem pagar nada alem do salario (atrasado). Que dava oportunidades para manter os funcionários "em divida" com ele... e daí para pior... Saí da academia,sai do outro emprego. E hoje vejo que a situação era desumana. Me lembrei de tudo isso lendo esse post, obrigada por mais esta oportunidade para refletir... Mesmo um verniz muito bem aplicado sempre acaba revelando suas falhas.

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...