ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

18 junho 2013

Amor à vida:cismei de novo (deixem os gordos em paz!)





Quando eu era pequena minha mãe me ensinou uma coisa que a mãe dela tinha ensinado,sempre que fosse ao médico tinha que tomar banho e ir bem limpinha.
E eu desde meus oito anos freqüento endocrinologistas.E nunca,nunca,nunca cheguei comendo.Nem vi alguém fazer isso.E olha que são anos de consultório.

E eu cismo mesmo e senão gosto eu falo.Hoje de novo na novela `Amor à vida ´ aconteceu uma cena preconceituosa,não durou mais de um minuto,mas mesmo que tivesse durado dez segundos não se justifica.
Preconceito é como uma gota de veneno em um rio,pode contaminar tudo.E não leva a lugar nenhum,não faz ninguém melhor.

Na cena uma paciente gordinha entra na sala do médico,endocrinologista,comendo um quindim,sim,porque gordos segundo a novela são assim,tem algum problema nas mãos e não conseguem ficar com elas livres,tem que carregar alguma comida.Eu nunca vi isso,alguém entrar com comida em um consultório.Mas a moça da novela entrou e foi logo avisando que já tinha comido seis quindins,que não conseguia parar.O médico nervoso,preocupado com sair do hospital para transar com sua ficante,é grosso com a paciente,perguntando logo se ela quer emagrecer ou não.

E acontece o terror dos terrores,a base do preconceito.Assim como um dia falaram que gays são exibidos e negros preguiçosos,apareceu a nova figura,o gordo malandro.A moça disse que já tentou várias dietas,mas nenhuma funcionou e sorrindo pergunta ao médico se não existe outro
`jeito ´ de emagrecer,colocando a conversa como se fosse de um malandro,querendo saber se existe jeito de driblar as coisas.O médico fica nervoso,a paciente mais e resolve sair da sala,dizendo que vai procurar um médico mais educado,o que o médico responde-Com certeza um picareta!Dando a entender que ela vai procurar alguém que tenha um `jeito ´ para que ela possa perder peso sem parar de comer.E o mais inacreditável,em toda a cena a moça continua comendo seu quindim,porque para a novela gordos não conseguem respirar senão têm comida na boca,se tirarem eles morrem.

Gordos não procuram médicos para encontrar um `jeito ´ de emagrecer,procuram porque precisam de ajuda,não são malandros querendo enrolar alguém.E um médico sempre tem que dar todas as opções,todas que existem e escutar cada paciente.No caso da moça ela podia ter um problema sério com açúcar.

Mas pra que fazer direito?O legal pra eles é isso,mostrar o gordo malandro,querendo enrolar o médico e que não consegue parar de comer.E tudo isso em um hospital,eu nunca vi alguém andando pelos corredores com comida,mas a gordinha era incontrolável.

Parece que sou chata,que pego no pé,mas essa novela é vista por milhões de pessoas e informações erradas viram verdades,preconceitos viram coisas `normais ´.
Não são mais os tempos de brincar com doenças,isso acabou,a obesidade é uma doença mundial e ninguém é obrigado a falar dela em uma novela,mas se vai falar mantenha a linha do respeito e a informação adequada.

E se fosse uma paciente negra?E o médico tivesse sido grosso com ela?A Globo estaria agora de portas fechadas.E se fosse um gay?Também.Mas era uma gorda,quem se importa?

Eu me importo,porque eu paguei por isso,paguei por esses textos.Quando eu era criança assistia novela e as outras crianças também.Durante a novela `Roque Santeiro ´ apareceu Ametista,a vaca de estimação do personagem Sinhozinho Malta.Em alguma cena,a sua namorada,Porcina reclama da vaca e diz que a sogra de Sinhozinho está igual de gorda.Então virou meu apelido na escola,Ametista.E isso foi uma novela.

Crianca assiste e tortura outras,esse é o resultado do preconceito,é isso que se consegue em uma sociedade sem acesso a educação e com seu bezerro de ouro,a televisão.
O autor que escreve essa novela não tem filhos,se tivesse ia escutar o que as crianças são capazes de dizer e repetir.

O outro dia o filho do meu vizinho,de apenas cinco anos,estava esperando o pai chegar para buscar.Ao me ver sair me perguntou quanto faltava para seu pai chegar,eu respondi que não sabia e ele disse-Aff,eu devo ter salgado a santa ceia!
Dei risada,porque é o bordão de um personagem da novela,o Félix.

Novela é isso,a mensagem que se espalha,se repete e dizer que os gordos são malandros pode não ofender a ninguém,mas eu me ofendi.Ah,mas problema meu.
Não é problema meu,porque o preconceito atrasa a sociedade inteira,não sou a única a pagar por isso.

Iara De Dupont (Sindrominha)


9 comentários:

Anônimo disse...

Ola Iara,
Olha voce tem razao,acredito sim que os obesos de verdade nao sao malandros,digo de verdade porque as amigas que conheco sao malandras,e eu mesma fui,sempre quis um caminho facil,um remedio,qualquer coisa,menos deixar de comer o que eu queria,o quanto queria e a hora que eu queria. A cena incentive ainda mais o preconceito,sim,talvez o autor queira tocar no assunto de forma divertida e nao esta tendo graca nenhuma.O que eu gostaria de ver em uma novela e o outro lado da moeda,uma mulher gorda,mas sem grandes neuras,feliz,com auto -estima,com a vida amorosa bem resolvida ,estando acompanhada ou nao,tem tantas mulheres assim,mas mesmo essas nao estao livres do preconceito,e nunca estarao,infelizmente vivemos em um mundo ( um país,porque o resto do mundo é menos pior)em que é perfeitamente aceitavel ser alienado,ignorante,egoísta,mas não gordo.Acho que há males que podem vir para o bem,espero que as novelas e seriados coloquem mais pessoas gordas,e nao apenas a engraçada,a compulsiva,a neurotica,pessoas normais como tantas outras.
Bjs

Lia

Claudia disse...

Verdade, infelizmente as pessoas assistem novelas e acham que o que está ali é a mais pura verdade.SE mostram, isso vão sair falando como se entendessem do assunto e fosse verdade, e não é só com crianças, adolescentes e adultos acreditam nesta falsa verdade e nem questionam nada...

Anos atrás por exemplo, meu namorado trabalhava em uma escola e uma adolescente de uns 16 anos disse algo sobre ele ter cabelo comprido, se ele gostava de rock e tals.E disse que não acreditava que ele era roqueiro já que ele tomava banho, sem entender nada o que tinha a ver uma coisa com a outra perguntou do que ela estava falando.
Aí é que a garota solta a pérola: de que em malhação tinha um roqueiro e ele não tomava banho... então se meu namorado tomava banho não deveria ser roqueiro...


É tão patético que parece piada, se com "roqueiro" foi esse tipo de comentário, com gordo que já é naturalmente discriminado piorou, agora só vai alimentar mais ainda a fera do preconceito...

Anônimo disse...

Pois é Iara, eu também quero comer de tudo sem parar, principalmente chocolate, e me ralo toda na academia e hoje a PROFESSORA da academia me sugeriu tomar um remédio xyz para emagrecer e olha, eu nem sou "gorda" mesmo, estou um pouco acima do peso, mas nada que preocupe como morbidez. Essa cultura da mágica para emagrecer está em todo lugar e a novela mandou mal em inferir que é coisa de gente gorda. É generalizado. Gabriela ( e aí, conseguiu bloquear o povo o fb?.)

Ninde disse...

Incrível como as pessoas se ofendem com tão pouco! Não acompanho a novela, mas vi essa cena enquanto estava de passagem pela sala, indo comer advinha o que? Quindim!

Sou obesa, também passo por endócrinos o tempo todo sei bem como é, e ainda sim dei risada! Não vi preconceito ali, vi um brasileiro, tentando dar o famoso "jeitinho". O médico ainda fez muito em alertar ao charlatanismo!

Do meu ponto de vista, essa cena serviu como um alerta pra quem quer perder peso. Nisso não há atalhos, não há "jeitinho". Ou você fecha a boca ou continua gorda. Ahh mimimi tireoide, bullshit! Da muito bem pra emagrecer mesmo assim. Eu sou a prova, eu fechei a boca e perdi dez quilos até agora. Cometo deslises? Claro! Sou humana, tenho falhas! Mas não fico culpando outras coisas pra não ter que lidar com isso.

Além do que, sempre se pode desligar a TV. ;)

Iara Sindrominha disse...

Eu acho a cena bem discutível,nunca vi um paciente entrar comendo em um consultório,mas enfim..
É verdade,eu me ofendo e não é tão fácil assim,a base da minha sensação de ofendida é o preconceito,neste caso se chama gordofobia.
Mas é brincadeira!Não é,e eu espero ir embora deste mundo depois de ver ele na mesma lista do racismo,que a pessoa que ofende um gordo pague por isso legalmente,assim como quem ofende um gay.
Preconceito não é brincadeira,tem atrasado o mundo em centenas de anos e se você tem dúvidas faça uma pesquisa com pessoas negras,pobres e gays.Eles vão te dar uma margem de entendimento para que você possa ver que o preconceito mata,atrasa um país e fere as pessoas.E gordofobia é preconceito.
Mas a cena é fofa!Preconceito nunca vai ser fofo,nem brincadeira.E não é questão de desligar a televisão,mas de lutar pelos seus direitos.Eu só estou aqui porque um dia mulheres deixaram de achar fofo serem escravizadas e mudaram isso,assim como eu penso fazer parte de mudanças em relação ao preconceito,para que deixe de ser brincadeira de novela.

Anônimo disse...

Eu sempre acompanho o seu blog, e notei que você é uma pessoa bem antenada na televisão (sendo um dos temas centrais de muitos posts)primeiramente gostaria de parabenizá-la por um blog de um excelente conteúdo toda a semana entro aqui, enfim a respeito de como a mídia retrata as pessoas acima do peso e afins, eu estava vendo uma série da HBO, chamada Girls, em que a personagem principal é gordinha sim, mas a série mostra praticamente em todos os episódios ela sem roupa, mostrando que não só aquele estereótipo ''gostosona'' merece ser mostrada nas séries pagas, eu gostaria que vc a assistisse e fizesse algum post futuro sobre essa série, ela vale muitas reflexões. Bjs

Iara Sindrominha disse...

Pois é,posso te garantir que tenho um casamento bem sucedido com a televisão,adoro!

Que bom que você gostou do blog,isso me dá muita alegria,e pode ter certeza,vou assistir a série que você indicou,já tinham me dito dela,mas eu não prestei atenção,mas agora com tua dia tão especifíca vou ver e depois eu te conto!Muito obrigado e beijo!

Anônimo disse...

Iara, você está correta, a grande mídia dissemina o preconceito de uma forma nojenta e sem escrúpulos. Não sou gordinho, mas me sinto mal de assistir a cenas como as que você descreveu na tv. A forma disfarçada de brincadeira esconde os motivos reais, formar uma população de magrelas anorexicas e infelizes. Não se deixe levar, pois muitos homens como eu preferem as gordinhas, tanto por serem mais sensíveis e afáveis, como por serem mais belas de rosto e de corpo muito mais atraente. Parabéns pelo blog e por ser uma pessoa com olhar crítico ao que se passa na telinha.

Lorena disse...

Bom dia!Antes de mais nada, gostaria de parabenizar ao blog, postagem legais e polêmicas!!!

GOSTARIA MUITO QUE LESSEM!!!

Bem, há dias que estou procurando algo, como um site ou uma forma de "protesto" mesmo, eu diria, sobre as cenas dessa novela...
Por isso vcs verão esse meu comentário em todos os posts referentes a esse mesmo assunto.

A cada dia que passa me da mais ojeriza, repugnância. São cenas absurdas e que só mostram na minha opinião inverdades. Porém, a globo infelizmente é formadora de opiniões com essas novelas e acaba parecendo que mulheres só por serem gordas, não se amam e não aceitam qualquer coisa só p não estar sozinha...
Sou gorda, com orgulho, sei q preciso emagrecer, mas pela saúde, mas nunca, nunca mesmo tive problemas com homens, eles é que talvez tenham problemas p me conquistar, pois sou gorda sim, me amo demais e não, não aceito qualquer tipinho... no mínimo tem que "me somar", se não, sozinha eu já me basto!
Bom, a minha pergunta que fica e que eu gostaria muito que fosse opinada é:

-Podemos fazer algo baseado lei?

Isso é preconceito e ta ficando cada dia pior nas cenas da novela. Não importa que fim ela terá, não ha necessidade de inventar esse "melodrama nada cômico" antes dela ser feliz...
Pq nao colocam uma magra q é virgem e ninguém quer?
P R E C O N C E I T O!!!!
Nao podem ficar impunes!
Não costumo me expor, mesmo porque sou mãe, educadora e já não sou mais menina, mas tá sendo demais!!!!

Quem pode me ajudar a fazer algo?
abraço

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...