ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

12 junho 2013

A ignorância é a mãe dos desencontros amorosos






Se o Estado acordasse e resolvesse o problema da educação levaríamos pelo menos vinte anos para ver os resultados.
Em um país com noção de futuro as pessoas esperam por esses vinte anos tranquilamente. Mas aqui no Brasil com essa mentalidade limitada de partidos políticos, ninguém se mexe, ficam apenas jogando a bola para os outros, porque finalmente pra que fazer alguma coisa se não sabe se o seu partido vai ser eleito de novo?
Assim a educação é empurrada pra debaixo do tapete, se considera ''uma batata quente'' e ninguém faz nada.

E sem nada feito os resultados aparecem e estão aí, na frente de todos, geração trás geração de crianças que crescem sem o apoio do Estado, são recrutadas pelo tráfico e acabam envolvendo a todos em um círculo de violência.
E a ignorância não afeta apenas a segurança da sociedade, afeta todos os aspectos dela.

Nos últimos tempos percebi como isso afeta minha vida sentimental e amorosa. E tudo é apenas pela ignorância, o que me deixa mais frustrada.
Como muitas eu aprendi que machismo era uma coisa do tamanho de um trem, a gente via de longe, não precisava ninguém dizer. Machistas eram aqueles que batiam nas mulheres e não deixavam ela trabalhar ou estudar.

Eu não conheci muitos assim, então circulei tranquila pela vida. A maioria das minhas amizades sempre foram homens, apenas porque no meio que eu estava eles eram mais que as mulheres.
Mas nos últimos três anos, por essas coisas da vida, acabei me dedicando ao estudo do feminismo e descobri o machismo diluído, aquele que está tão misturado na água que não o percebemos de imediato.

Quanto mais estudava mais desconfortável comecei a ficar com meus amigos. Ainda gosto deles, mas as frases soltas começam a chegar aos meus ouvidos como ofensas.
Pode parecer uma coisa sem sentido, mas é assim mesmo. Sei que muitos dos meus amigos não têm maldade e não dizem nada para me ofender, mas são vítimas da ignorância, da estupidez na qual cresceram e do meio que vivem, que incentiva esse comportamento.

E fica mais tenso ao pensar que para acabar com essa ignorância seria preciso estudar um pouco sobre o feminismo, mas por que um homem estudaria isso? Se for inteligente saberia que é necessário lutar pela igualdade, até porque os homens ignoram isso, mas o feminismo para eles é uma coisa ótima, assim deixam de ter esposas para ter companheiras e podem esquecer todas aquelas pressões cretinas do que significa ser ''homem''.
Quando disse isso a um amigo ele respondeu:


-Eu não sou mulher, pra que porra vou estudar feminismo?

Eu me sinto muito, muito desconfortável e triste com tudo isso, porque não saio catando teses feministas em todos os lugares, mas depois de treinar meus ouvidos fica difícil escutar algumas coisas sem reagir.

Semana passada um amigo me comentou que perdeu uma promoção para uma moça da empresa, eu disse que isso acontece, fica pra próxima e ele respondeu:
-Ah, mas eu só perdi porque não tenho os recursos dela (fazendo um gesto com as mãos na altura da calça)!

Se fosse antes eu nem teria dado importância, a única coisa que nunca tolerei de meus amigos foram comentários de baixo calão e piadas pornográficas, mas o resto eu nem reparava no machismo que levava.
Quantas gerações vamos levar para acabar com todos os preconceitos?

Eu não sou professora, não posso sair dando aulas e tenho amigos que tem formação suficiente para saber que estão falando merda, mas mesmo assim falam, parece que é uma exigência social se impor e mostrar seu machismo. Às vezes eu dou um toque e falo que aquilo ali é sexismo e canso de escutar:

-Tá sensível por que? É só uma piada sua boba!

Tá difícil pra mim. Tenho tolerância zero a muitas coisas e escutar machismo diluído cansa minha beleza. E isso me afeta nas amizades e nos amores, porque mesmo escolhendo na pinça, nunca dei de cara com um homem que não escorregasse no machismo e sei que não é culpa dele, é culpa da falta de educação.

E sem ela, sem educação criamos uma sociedade de desencontros, os tempos bateram de frente e nem tudo andou, grande parte ficou parada no passado. E a educação nos privou de ser um país justo, condenou gerações de crianças a cadeia, e afeta todo nosso futuro.

A falta de educação afetou até o dia dos namorados pra mim. Entre os Romeus não pude escolher nenhum, já que todos carregam essa educação machista e limitada, então fiquei sozinha.

Ah, mas todos são assim, sou eu que devo mudar e relevar. Mas se eu fizer isso, relevar, vou apenas estar fortalecendo o que já está errado. Se o Romeu for machista e eu resolvo ficar quieta para evitar uma discussão vou apenas estar carimbando seu comportamento, como se fosse o correto. Prefiro então a solidão, assim pelo menos sei que senão posso parar o machismo, pelo menos não contribui para que ele continuasse.

Tem gente que vai me dizer que nem todos são iguais e existem muitos homens legais lá fora. Tem mesmo, concordo, mas ser legal não tem nada a ver com ser ou não machista, o machismo não é opcional, eles nascem em uma cultura machista, crescem nela, e se quiserem mudar isso leva tempo, esse tempo que eu não tenho para esperar. Infelizmente.


Iara De Dupont 



                    

Um comentário:

Anônimo disse...

Ola Iara,
Nao e impossivel voce encontrar um cara que nao seja machista,e quase impossivel,mas impossivelnao é. A boa noticia é que existem países em que o nivel de machismos e mil vezes menos que o nosso.Outra coisa,ainda que as mulheres comecem a mudar a educacao que dao aos meninos,os outros machinhos contaminam,eles querem ser iguais,querem pertencer ao grupo,isso pode levar mil anos pra mudar,se é que vai mudar.Existe machismo em todo lugar do mundo,mas nos países subdesenvolvidos (ta bom,em desenvolvimento,haha)o negócio é muito feio.Me identifico muito com voce porque quanto mais eu estudo história e sociologia,mais eu observe o comportamento humano,e mais me irrita o racismo,a discriminacao,diluída ou escancarada,a ignorancia aprisiona,mas o conhecimento tambem tem seu lado ruim,acho que a gente fica mais solitaria,porque a maioria das pessoas preferem se alienar,deve doer menos né:
Bjs
Anna Lara.

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...