ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

29 maio 2013

Babi Rossi: não se explique, a vida é sua

Olin Batista e Babi Rossi: não se explique moça
Minha avó dizia que quem se explica uma vez,se explica sempre.
É difícil lidar com isso no mundo, principalmente para as mulheres, que são educadas para sempre se explicarem, deixarem tudo bem claro para evitar ''comentários maldosos e cair na boca de Matilde''.

Eu já fui assim, tinha horror a situações onde uma coisa poderia parecer outra, ou uma frase parecer uma ofensa. Fiz de tudo para deixar claro, crente que estava agradando, porque não deixava ninguém sem explicação.

Então um dia percebi que minhas explicações eram usadas em contra, ou seja, ao me explicar eu passava pra frente uma informação que depois alguém ia usar pra me prejudicar. E prejudicaram mesmo.

Um dia eu me senti tão constrangida com uma situação no trabalho, houve um mal entendido, o figurinista tinha dito a uma pessoa que eu deveria levar umas peças do figurino, mas eu não fui avisada. Ao saber da confusão, corri pra me explicar com o figurinista, mesmo aquilo não sendo meu problema, finalmente o recado não tinha sido dado. Ele escutou e me disse:

-E por que você está se justificando? Se fosse profissional mesmo tinha trazido o figurino sem ninguém pedir.

Mas que figurino eu ia levar senão sabia qual queriam?Fiquei chateada e fui embora. No dia do trabalho eu estava em uma sala, quando o figurinista entrou para dizer que ninguém ali podia usar celular. Ele saiu e voltou dois minutos depois, justo quando eu desligava o meu celular. Histérico, ele arrancou o celular das minhas mãos e me disse:

-Eu avisei que não podia usar celular aqui dentro, exijo uma explicação tua!

Eu não era a única ali com celular, mas ele se viu no direito de exigir, porque no dia anterior eu tinha aberto essa porta.

Toda essa experiência me traumatizou tanto que hoje eu me recuso a dar explicações a toa, às vezes se vejo que vou cair nisso eu penso ''Essa pessoa me sustenta? É alguém pra mim?'' Se não for, não falo mesmo, passo reto. E aprendi isso porque assim como eu não quero mais me explicar, percebi que os outros também estão se lixando, ninguém explica nada pra ninguém, cada um faz o que dá na telha.
Eu me expliquei muitas vezes e ninguém nunca se explicou comigo.

Hoje as vezes eu escuto alguém dizer


-É melhor se explicar, senão fulano ou beltrana vão entende mal o que você disse!

Mas eu já matei essa charada, então foda-se, fulano e beltrana vão pensar o que quiserem, a hora que quiserem e mesmo eu me explicando não muda nada, eu também penso mal de muita gente, então qual o problema? Pra que se explicar se as pessoas pensam o que querem e ainda são capazes de mentir? Então que se dane.

E nos meus namoros eu era triste, explicava até meus pensamentos...deve ser por isso que hoje eu já saio fora logo, não tenho mais paciência para dizer nada, nada, nada..

Pensei que não poderia ser pior do que isso, mas achei uma nova modalidade, a explicação pública, aquela que uma celebridade dá sem ninguém perguntar e sendo um assunto de foro íntimo.

E o limite dessas celebridades é o céu. A mais inacreditável foi uma panicat, Babi Rossi, que veio a público dizer que usa um implante no braço, um chip hormonal para evitar uma gravidez, assim ninguém vai dizer que ela quer dar o golpe da barriga no seu namorado, Olin, o filho do ex-super poderoso Eike Batista.

Ora, mas o que ela faz com seu corpo é seu problema e se ela ficar grávida isso apenas mostraria a burrice dela e de seu namorado, já que eles tem recursos suficientes para se proteger.
E ela falou isso pra um site! Assim, na lata, a vida íntima que não vale nada, no desespero de querer explicar, justificar, deixar claro que é moça de família e não quer dar o golpe no inocente rapaz.
Tudo isso é problema dos dois, mas ela quis apenas explicar as pessoas que ela é um bom partido e ama o moço, não está pensando nos bilhões que ele vai herdar.

E os sites que publicaram essa matéria também colocaram os comentários, que são os piores possíveis. E isso só acontece porque ela abriu a porta, falou o que não devia e não faz diferença o que ela é ou não, as pessoas pensam o que quiserem. Não adianta posar de gatinha, as pessoas vão dizer o que elas pensam e o problema é delas, finalmente qual o problema da panicat? Ela namora um menino lindo e se diverte horrores na ilha particular dele, que se dane o que as pessoas pensam.
Nunca vi ninguém chegar a esse ponto de dizer que método anticoncepcional usa para deixar claro que não é uma golpista.

No fundo isso me deu até alívio, achei que só eu tinha me perdido nas explicações e dito besteiras, mas já vi que tem gente pior do que eu.



Iara De Dupont 

Um comentário:

Cristina Sousa disse...

Iara, li sua experiência e me identifiquei com ela, pois já passei por umas situações mais ou menos parecidas e lhe digo, você não é a primeira nem será a última a passar por situações destas!
Mas entendi sua reflexão e seu trauma. Quando pensamos que já conhecemos um pouco da natureza humana, vem alguém que joga por terra todas as certezas que tínhamos.
Ainda a pouco tempo tinha uma "amiga" impecável, mas um dia percebi uma certa frieza da parte dela. Então, como sempre me explicaram que a comunicação clara é o melhor método (nem sempre), lhe perguntei o que estava havendo. Sabe qual foi a resposta dela? "Se você está perguntando isso, é porque sabe que fez algo de errado." Nunca isso tinha me passado pela cabeça, e se fiz algum mal foi inconscientemente (até porque ninguém é perfeito). Ficou a lição e a sábia atitude de sempre me lembrar disso ao longo da minha vida, tal como você está fazendo com a lição que a professora VIDA lhe ensinou.
Um abraço

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...