ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

NOVIDADE!

NOVIDADE!

Nota:O formato PDF dos livros acima pode ser acessado em qualquer plataforma, inclusive Windows, Mac OS e plataformas móveis como Android e iOS para iPhone e iPad.

Os posts mais lidos viraram livros e não estão mais disponíveis no blog.

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

13 março 2013

Facebook quer manter meus inimigos por perto (conselho da vó)

Me adiciona Iara?
                                                   
Minha resposta
Pensei duas vezes antes de adicionar um amigo no Facebook, na verdade um ex-amigo. São aquelas histórias estranhas que acontecem e a gente simplesmente não tem vontade de esclarecer nada. 

Eu gostava de um cara, saía com ele e um dia me contou umas coisas, que apenas um  amigo meu sabia, assim conclui que meu amigo estava contando coisas que não deveria e ainda por cima eram coisas que queimavam meu filme. O cara que eu estava a fim era mais inteligente que isso e nunca deu bola para essas fofocas, mas não esqueci disso, mesmo o namoro não dando certo por outros motivos, fiquei com essa lembrança de um amigo que um dia foi indiscreto.

E ai ele apareceu no meu Facebook, pedindo para ser adicionado. Deixei lá umas semanas, pensei no que ia fazer e resolvi adicionar. Foi questão de dias para ele começar a me mandar comentários maldosos, colocava frases ácidas que sabia que eu iria pescar. Decidi não responder e ficou por isso, mas a porta do inferno foi aberta e de repente começaram a aparecer figuras por lá do meu passado, aquele mesmo que eu deixei pra trás.


Esse fenômeno no Facebook me intriga demais. Do nada chega uma solicitação de uma pessoa que você sabe, você lembra e ele também deve lembrar o motivo pelo qual não nos falamos há décadas. Por que adicionar uma pessoa que você sabe que um dia te sacaneou e sabe disso? Então seria o Facebook o Faceperdão? Por que as pessoas aparecem e pedem para serem adicionadas como se não houvesse um motivo para você não falar com elas? Só eu no mundo que lembro de discussões ou um mal entendido? Ninguém mais lembra com quem gritou ou quem xingou?


Não entendo a brincadeira até agora. Como dizem no Facebook, eu não guardo mágoas, guardo nomes.

Tem gente que eu conheço, não gosto, mas não me fez nada, então quando mandam uma solicitação, eu não encano com isso, ninguém é obrigado a saber que eu não vou com sua cara, mas não entendo quem teve algum problema comigo e aparece por lá, assim, como se fosse normal me reencontrar.

O mundo virtual fez que as pessoas perdessem o respeito pelos seus inimigos. Todo mundo navega e vigia a vida alheia, até ai eu entendo, mas pedir para adicionar é uma coisa que eu não consigo compreender. Por que pessoas que não gostamos não lembram disso, que não gostamos delas e que um dia foram umas filhas da puta com nós?


Liguei para um amigo e ele me disse que o Facebook é assim mesmo, uma feira livre, onde amigos e inimigos se misturam no meio das ofertas e lixo. Já outra amiga insiste em dizer que ''águas passadas'' são isso mesmo, águas passadas e perdoar faz parte da vida, às vezes a pessoa lembra de nós com algum carinho e quer retomar o contato. Mas tivesse pensado nisso antes né? Depois que magoa é fácil fazer a cara do gatinho de Shrek e se desculpar.


Eu sou medieval nos meus sentimentos, não misturo eles, não mudo, não compartilho, não relevo, pra mim quem me fez mal, eu marco a ferro e fogo a lembrança, não esqueço nunca. As duas únicas vezes que mudei de ideia, achei que perdoar era a saída, foi o fim, dei espaço para que as duas pessoas me aprontassem uma pior que a primeira.


Mas me deprime e irrita ter que lidar com isso no Facebook e no momento deve haver alguma conjunção astral, a semana dos mortos, que de repente pessoas que eu acreditava nunca mais ter o azar de ver apareceram lá no meu Facebook.


A modernidade tem dessas coisas, mas eu respeito meus inimigos, quero eles longe. Se acordo um pouco mais meiga, mais católica, então não, quero saber se pagaram o que me fizeram, mas ao contrário desses dias raros  quero distância.


Hipocrisia é um elemento necessário na vida real, mas na virtual é patético, mas alguma coisa aconteceu e de repente o Facebook virou o circo do perdão, tomara que o dono dessa merda perceba isso logo e crie uma coluna, assim podemos separar os amigos dos inimigos e escolher a informação que queremos mandar para cada um. Mas que coisa antiga isso de inimigos! Pois é, mas tem uma frase bem velhinha que diz ''mantenha seus por amigos perto e seus inimigos mais perto ainda''. Ao pé da letra o Facebook cumpre isso.


Iara De Dupont


4 comentários:

Claudia disse...

ah, eu sou extremista, e não tenho contato NENHUM com o pessoal da minha época de escola por exemplo, excluí todo mundo do meu caderninho.
MInha vida se tornou melhor sem esse povo, nem no mundo virtual eu quero mais...

mundoplus disse...

rs,lembrei imediatamente de umas situacoes parecidissimas q aconteceram comigo!!!!por isso no meu face nao adc ninguem do meu passado

Anônimo disse...

Nao e o perdao que impera no face, e a falsidade,muitos adcionam so para bisbilhotarem a vida alheia,secarem mesmo.No face todos sao felizes,acordam de bom humor,amam a todos e raramente falam o que pensam.Outra coisa,quem perdoa e se livra do REssentimento,de sentir aquela tristeza novamente quando se lembra do mal ocorrido faz um bem a si mesmo. Mas perdoar e deixar pra la pra nao se fazer mal,agora dar mole pra quem fez o mal ou fazer de conta que nada aconteceu nao e perdao,e estupidez.

Anna Lara

Anônimo disse...

Eu simplismente não sei como esses desafetos conseguem nos localizar tem uma nojenta que vive me enchendo o saco implorando par ser adicionada no meu face, aliás isso deveria se chamar de facefuck kkkkkkkk

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...