ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

04 março 2013

Depois não vem chorar Rihanna ....




Cris Brown e Rihanna, para que lembrar os tempos ruins?

Rihanna: pra que lembrar das surras? Já são passado né?
Alguém muda? Não sei. No que eu conheço do ser humano não acredito nessas mudanças, talvez com o tempo a pessoa possa aprender a se controlar, mas nem isso é garantia, o que a pessoa é está ali, só esperando para se manifestar.

Uma apresentadora americana Oprah Winfrey sempre diz que o melhor conselho que recebeu de uma guru foi  ''Quando a pessoa te mostrar quem é, acredite''.

Rihanna não acreditou nisso e resolveu dar outra oportunidade ao seu namorado Cris Brown, que em 2009 em um ataque de ciúme pulou para cima da namorada e a agrediu. Depois disso terminaram o namoro, mas nunca deixaram de se falar e agora finalmente assumiram que estão juntos, vão se casar em uma festa bem extravagante e ter filhos.
Dizem que ele fez tratamentos psicológicos e a pressão do público fez ele parar para pensar, já que até sua carreira mudou, não voltou a ser o que era antes, ainda faz sucesso, mas não nada comparado ao que já foi um dia.

Dá pra acreditar que ele mudou? Duvido, posso escrever na pedra que não. Tenho pena dela, porque caso esteja errada não sei se poderá sobreviver uma segunda vez para contar.

Eu nunca namorei homens que me agredissem fisicamente, mas namorei os que agrediam verbalmente, o primeiro passo da agressão, cansei de perdoar, escutar histórias tristes e finalmente era questão de dias para começar a ser ofendida de novo.

Nunca vi alguém se recuperar de um comportamento assim, vejo uns que melhoram, mas isso não tem cura e não tem porque é covardia e isso nasce com a pessoa.

Rihanna não percebeu que voltar com seu carrasco vai contra a matemática, os números provam isso, rara vez uma mulher consegue escapar duas vezes do agressor. Agora ele já sabe, pode bater que ela perdoa, mesmo que vá contra o mundo inteiro e estrague a imagem dela, tudo bem, a moça deixa bem claro que ama e vai amar sempre. E que porra de amor é esse? Isso não é amor, é apenas uma lamentável estatística que aparece em todos os países, uma mulher espancada pelo namorado.

E dizem que ao planejar a festa de casamento ela resolveu só convidar quem apoiou ela e Cris durante o linchamento público que ele levou, ou seja, quem foi amigo e avisou ela que esse cara era louco, não será convidado a festa,apenas os que apoiaram essa insanidade dela voltar com ele irão ao  festão.

Ficou feio pra todo mundo, para ela que que perdoou e aceitou ele de volta e para o sistema americano, sempre tão duro, metido a besta, enchem a boca para dizer que suas leis não deixam de punir os culpados nunca e na hora do vamos  ver o sistema se mostrou tão machista e arcaico que o rapaz nem foi pra cadeia, pegou essas sentenças de cestas básicas, como se cada marca da violência em um corpo de mulher valesse apenas isso, uma cesta básica. Na pior das hipóteses ela deveria estar recebendo um tratamento psicológico para cortar essa ligação com a  violência e ele deveria ficar pelo menos uns vinte anos preso.

Fico revoltada com o exemplo que essa moça está dando, mostrando para milhões de meninas que gostam dela, que vale a pena perdoar e acreditar, mesmo depois de ter o rosto deformado, o casamento dela vai contra toda a causa de parar a violência com as mulheres, muita gente vai dizer que a vida é dela, e ninguém tem nada com isso, até concordo, mas ela é uma figura pública seguida por meninas, que ainda não entendem a dimensão da violência doméstica e se um dia apanharem vão perdoar, porque vão lembrar que Rihanna perdoou e como dizem por aí (eu já escutei isso ) ''o amor perdoa tudo''. Até perdoa, mas violência não é amor.

Quantos séculos ainda vamos precisar para que os homens possam entender que a violência é crime e as mulheres possam entender que não tem perdão? Violência no relacionamento é um gesto covarde, quem bate é um covarde,assim como Cris Brown que pulou em cima da namorada, infinitamente menor do que ele e sem chance de se defender e arrebentou o rosto dela. Quem faz isso é um covarde, um monstro, um merda, é alguém que já cruzou todos os limites mentais, teria que nascer de novo para caso quisesse ser diferente.

Imagino que daqui pra frente ele nunca mais vá bater no rosto dela, viu a repercussão que teve, mas no resto do corpo com certeza ela vai apanhar e muito, porque quem faz isso uma vez, faz duas, faz três, quatro, até que um dia mata a mulher.

E ela? Adiantou falarem alguma coisa? Não, ela deve estar hipnotizada por aquela mistura suicida de amor, quer proteger ele, achando que ele é um coitadinho, que viu o pai bater na mãe e agora repete o comportamento, como se não pudesse discernir entre o certo e o errado, aos olhos dela ele é a vítima de uma infância violenta e um pai ausente, até pode ter razão, mas isso não é problema dela e pagar isso com sua vida não vai valer a pena.

Já que ela voltou que pelo menos aprenda com a Madonna,que também apanhava horrores do seu marido Sean Penn, em 1985. Ela também desculpava o moço, sabe como é, cresceu em Hollywood, é meio nervoso e saía  batendo nela, até que um dia na véspera de um Natal, ele colocou a cabeça dela no forno, parece que ela acordou para a vida e colocou ele para fora de casa.

O ser humano é tão complexo que é impossível entender porque um homem bate em uma mulher que diz amar e porque uma mulher fica apanhando, perdoando todos os erros, se deixando levar por conversinhas mentirosas e promessas de nunca mais ''fazer isso de novo''.

Ah, mas pode ser que Cris Brown tenha se recuperado e nunca mais bata na sua mulher. Eu não acredito nisso, mas para os otimistas, por que não? Pode ser que sim, porque se não for assim, Rihanna está com problemas, é só ver as estatísticas mundiais, mulher que perdoa e aceita homem que bate nela, não vive para contar o fim da história, morrem antes, espancadas como animais. É uma aposta muito alta para uma menina como Rihanna, tão jovem, mas se ela quer assim, boa sorte, o namorado já mostrou quem é, e ela não acreditou. Agora só resta ver onde vai dar essa tragédia anunciada.

Iara De Dupont

2 comentários:

Anônimo disse...

Parabéns,seu blog é sensacional. Estarei aqui sempre.

Claudia disse...

Pior que a atitude dela mostra bem como as mulheres agem, quem tenta ser amigo de verdade e alertar pra cilada no final se ferra.
O agressor segundo a apaixonada é a vítima, o coiadinho e quem não presta por "ter falado mal" e ido contra eles perde a amizade por tentar ajudar...

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...