ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

03 março 2013

Ainda somos escravos (mas a gente não sabe disso)



O sistema ainda nos trata assim, no chicote
Não preciso nem assistir o Globo Repórter inteiro, é só ver o comercial, o assunto que vão abordar e puxar na minha memória, tenho o texto inteiro gravado, já que esse programa assim como o Fantástico tem séculos na televisão e sempre falam sobre as mesmas coisas, também por isso não assisto, me sinto como uma pessoa de 100 anos se começo a ver.

Ontem no comercial vi que o programa era sobre felicidade e vida no interior. O repórter perguntou a alguém se felicidade era dormir de porta aberta e a pessoa confirmou.
Nossa, só com isso eu já quis sumir. O que foi dito, dormir de porta aberta, ter boas escolas públicas ou caminhar por ruas bonitas e limpas não tem nada a ver com felicidade, isso se chama direitos básicos, que todos nós temos e ainda por cima pagamos 4 vezes por eles. Não é possível que a Globo misturou duas coisas tão diferentes de uma maneira tão tosca.

Dormir de porta aberta, sem que ninguém entre a roubar é uma questão de segurança, deveria ser resolvida pelo Estado, uma situação de segurança não é uma  hipotética sensação de felicidade que dependa de nós, pelo contrário, ninguém pode sair por ai atirando nos outros, isso é parte do que o Estado deveria fazer, garantir a todos sua segurança.

O problema de misturar as bolas é que se começa a vender uma coisa pela outra, nossos direitos não devem jamais ser comercializados e tratados como ''sonhos'' a conquistar, até porque na hora de pagar impostos eu não ''sonho'' com isso, eu pago. É obrigação do governo me devolver isso em serviços, não sou eu que tenho que ficar sonhando em caminhar em ruas limpas, é o Estado que tem que limpar, já que é pago, muito bem pago, para isso. Daqui a pouco vão dizer que todos os paulistanos ''sonham'' com um transporte público que funcione, ora, mas todos pagamos por isso, as coisas não funcionam pela quantidade de dinheiro roubado para realizar os sonhos dos políticos,esses sim que não param de sonhar com seu dinheiro em ilhas fiscais.

Mas estamos tão doutrinados na corrupção e violência que achamos incrível alguém poder dormir de porta aberta, como se isso fosse a porta ao céu.

Felicidade é outra coisa e muito muito mais complexa do que pagar impostos. Envolve sonhos, equilíbrio, tolerância a frustrações, muitas vezes trabalho duro e nem sempre se alcança.

Os meus direitos não são sonhos, deveriam ser uma realidade, em um país justo e não aceito essa conversa de Globo, daqui a pouco vão querer me convencer que acabar com a violência é ''um sonho lindo da Iara'', aquela do blog.

Muita gente sacrifica seus sonhos, seu futuro em uma coisa que gosta para poder ter uma vida melhor, pagar seus impostos e viver bem e cadê o Estado? A pessoa vai lá, se lasca, deixa de lado o que quer, faz uma coisa que não gosta, paga tudo em dia e ainda não vai ter nenhum serviço se precisar.

Sonhos e felicidade são coisas íntimas de cada um e o Estado não tem nada a ver com isso, não adianta agora querer convencer a todos que nossos direitos não são mais do que um sonho.

Pra mim felicidade não é dormir de porta aberta, mas seria sim dormir em um país que respeita as pessoas, o dinheiro de cada um e administra dignamente tudo o que recebe de cada um de nós.

Se não tivéssemos um Estado tão ausente e tão gananciosos a grande maioria de nós poderia viver melhor, teria tempo para procurar sua felicidade, encontrar o que ama e se dedicar mais a seus sonhos. Mas o Estado enforca a todos com seus impostos, sua falta de serviços e sua corrupção. E agora vem a Globo dizer que nossa felicidade é dormir de porta aberta, como se fôssemos cachorros e isso bastasse para ser feliz.

Infelizmente tem seu ponto de verdade, todos somos escravos desse sistema corrupto, que escravo pode sonhar neste mundo e procurar a felicidade? Nenhum, todos estão sujeitos as vontades dos seus donos e aqui no Brasil estamos todos escravizados, ninguém é livre, todos fomos obrigados a abandonar nossos sonhos e felicidade para alimentar, sustentar e criar um Estado parasita, que agora em um gesto de bondade vem nos dizer que felicidade  é ''dormir de porta aberta''.

Iara De Dupont

Nenhum comentário:

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...