ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

NOVIDADE!

NOVIDADE!

Nota:O formato PDF dos livros acima pode ser acessado em qualquer plataforma, inclusive Windows, Mac OS e plataformas móveis como Android e iOS para iPhone e iPad.

Os posts mais lidos viraram livros e não estão mais disponíveis no blog.

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

19 fevereiro 2013

Nem todos que estão aqui são humanos...



Desde quando uma criança inocente é de direita ou esquerda?
Nada, absolutamente nada nesta vida tem apenas dois lados. E muito menos duas ideologias políticas. Pessoas têm essa fantasia, que se seguem um modelo político respondem a isso o tempo inteiro em tudo que fazem, mas no mundo de hoje isso é matematicamente impossível. 

Todos somos obrigados a navegar em diferentes águas o tempo inteiro, nossa ideologia não é responsável por todos os nossos atos, é impossível viver de acordo ao que pensamos o 100% do tempo.

Ontem saiu na imprensa o anúncio da morte de Carlos Alexandre Azevedo, filho do jornalista Demir Azevedo,o rapaz se suicidou ingerindo remédios.
Sempre que sai uma notícia assim faço questão de ir aos portais e no twitter, ali, atrás do mouse, no auge do anonimato as pessoas se aproximam muito do que realmente são, dão sua opinião, escondidos pela esfera virtual.

Não tem sentido nenhum me surpreender com mais nada, mas me surpreendi, com a mistura de ignorância, ódio e opiniões prontas, separando logo elas em ''certas'' e ''erradas''.
O suicídio sempre é uma coisa muito triste, devastadora, uma situação que a pessoa pode ter arrastado durante meses até finalmente concretizar, além dessa tragédia Carlos carregava outra, seus pais foram presos durante a ditadura e torturados e Carlos, com apenas um ano e oito meses de vida foi preso também e torturado, infelizmente, até pelo tamanho dele, nunca se recuperou. Se um adulto que entende o horror do que está acontecendo não se recupera, imagina um bebê.

No twitter pessoas afirmavam que essa história era mentira, coisa de gente de esquerda para queimar militares, ou diziam que isso era coisa de gente de direita para mostrar o que acontecia a quem não seguia às ordens, finalmente o que o pai dessa criança fez para estar preso? Nada, era jornalista.

É uma divisão mental tão profunda neste país que o principal passa batido. A discussão gerou ao redor disso, as supostas mentiras da esquerda e o apoio a direita.

Não posso provar que o caso de Carlos aconteceu, mas eu acredito, até porque cresci no meio de jornalistas e uma pessoa muito próxima a minha família foi presa e torturada, junto com sua filha de quatro meses.
Essa insistência em dizer que a esquerda mente para manipular a mídia ou a direita está certa ou errada, me assustou bastante.

Não vejo direita nem esquerda, vejo o horror de torturar uma criança inocente. Já acho tortura a coisa mais abominável do mundo, a mais criminosa e execrável, não conheço nenhum caso em que ela se justifique, mas quando falamos de crianças o crime vai além de tudo.

Quem é capaz de dar choques elétricos em um bebê de um ano, não é uma pessoa de direita nem de esquerda, é um monstro, sem absolutamente nenhum critério, um ser que deveria ser enjaulado em uma masmorra pelo resto de sua vida.

Fica difícil reconhecer, mas a questão é essa, nem todos nascem normais, a natureza erra e muito, existem pessoas e existem o que se chama ''abortos da natureza'', são monstros, incapacitados moralmente, eticamente, espiritualmente, gente da mais baixa energia, sem consciência, não me atreveria nem a dizer que são seres humanos. E eles não existiram apenas nos porões da ditadura, pelo contrário, estão por aí, na vida de todo mundo, eu já cruzei com um e não tive na minha vida uma experiência mais assustadora.

Conheço gente de direita que jamais torturaria uma criança e gente de esquerda que também não faria isso, mas também posso mencionar alguns monstros que fariam coisas piores do que isso, ninguém precisa de ideologia política para ser louco.

Não existe ideologia política para uma alma podre, não faz diferença, como Nelson Rodrigues dizia ''o torturador é um sujeito que tem câncer na alma''.

Generoso, eu ainda acho muito pior do que isso. No caso de Carlos os torturadores nunca foram nem presos nem punidos, o que aumenta o horror da situação.
Mas já é hora de abandonar esse critério preguiçoso e limitado, onde as pessoas de um lado são boas e as de outro lado são ruins. Pessoas são mais do que isso, tanto para bem como para mal.
Pensar em uma situação onde uma pessoa é presa e torturada apenas pelo que escreve já parece inaceitável, mas torturar um bebê vai além de qualquer crueldade humana, quem faz isso merece ter seu pescoço cortado na hora.

Não se pode mais continuar olhando para um passado tão sombrio com essas respostas prontas,somos um país que tem essa tendência, a proteger esses abortos da natureza, esses monstros e isso precisa mudar urgentemente.

Mas é tudo culpa dos militares! Concordo plenamente, a educação militar ensina e leva a pessoa a cometer horrores, mas existem linhas que não se cruzam e quando elas são cruzadas é sinal de que alguma coisa ali não é mais humana, então é hora de revisar os conceitos.

Volto muito a esse assunto, não são humanos todos os que estão aqui, mas os brasileiros não percebem, ainda separam como ''pessoal da direita e pessoal da esquerda''. 

Enquanto isso os horrores continuam acontecendo, infelizmente Carlos não foi o único bebê torturado durante a ditadura. Os torturadores estão livres, soltos, com ótimas pensões do Estado e vivendo na paz em alguns sítios espalhados pelo Brasil.

E o pior ainda vem agora, monstros assim se reproduzem bastante. Tem muito mais monstro por aí do que sonha a nossa vã filosofia.


Iara De Dupont

Nenhum comentário:

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...