ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

NOVIDADE!

NOVIDADE!

Nota:O formato PDF dos livros acima pode ser acessado em qualquer plataforma, inclusive Windows, Mac OS e plataformas móveis como Android e iOS para iPhone e iPad.

Os posts mais lidos viraram livros e não estão mais disponíveis no blog.

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

26 janeiro 2013

Mara Maravilha: nem tudo que brilha é milagre




Mara Maravilha, acreditando em todos que dizem ser abençoados

Tempos atrás uma amiga estava muito preocupada comigo. Tudo porque eu não saía com ''homens de Deus'', segundo ela. Sempre tive uma inclinação por homens criativos e seres assim em geral questionam as regras, principalmente as religiosas.

Minha amiga dizia que por isso minha vida amorosa era assim, ''turbulenta'', como Deus não estava no comando o barco virava. O que cansei de argumentar e ela de não ouvir é que pessoas são o que elas são, não tem nada a ver com Deus. Conheço pessoas boas que nunca pisaram em uma igreja e pessoas ruins que não perdem uma missa ou celebração.


O tempo passou e na véspera do casamento, a minha amiga descobriu que estava sendo traída. Todos tentaram acalmar a moça e evitar o cancelamento da festa, já que ''homens são assim'', separam as mulheres em dois grupos, as que são para casar e as que são para farrear, e como minha amiga não podia ter relações sexuais com ele até o casamento o rapaz não se segurou, porque dizem que ''homens têm suas necessidades''. Escutei isso da mãe dela, rapidamente tentei argumentar, dizendo que todos esses conceitos usados eram medievais e nos tempos de hoje todos temos ''nossas necessidades''.

Inacreditavelmente ela não casou, bateu o pé, sofreu horrores, mas não quis mais casar. Agora está noiva de outro, de novo um ''homem de Deus''.

E dizem os portais de fofoca que a apresentadora Mara Maravilha vai se divorciar porque foi traída. Fiquei triste com essa notícia, espero que não seja verdade, porque na hora lembrei de minha amiga. Tenho visto poucas pessoas na mídia como Mara, uma vontade louca de acertar na sua vida amorosa, inclusive conheceu o marido na igreja, ''um homem de Deus''. Foi ralada publicamente porque disse ao portal Yahoo:


“Eu estou aprendendo a ser mais submissa ao meu marido. O homem é o cabeça, quem tem que decidir, porque a submissão não é uma escravidão e sim um conforto. Não acho errado a mulher querer ter a sua independência financeira, mas tem que ser submissa”, comentou. (link Yahoo)


Quando isso caiu nas redes sociais ela quase foi linchada. Depois no programa Superpop ao tentar explicar essa declaração disse que ser submissa era uma maneira de permitir ao homem tomar decisões, por exemplo, ela não gosta de viajar com a janela do carro aberta, porque estraga seu cabelo e o marido gosta da janela aberta, então para que criar um conflito? Vai de janela aberta mesmo!


Isso não é machismo, nem feminismo, isso se chama gentileza, assim como ela poderia ser gentil com ele e deixar a janela aberta, ele podia retribuir e deixar ela fechada, sem que ninguém precisasse bancar o submisso. Nós fazemos isso todos os dias com amigos e parentes, vamos negociando e retribuindo gentilezas, sem invadir ninguém e nem por isso somos submissos a eles.


Não entendo a dificuldade que as pessoas tem de perceber que o ser humano é volúvel, é como água, se molda as circunstâncias, muda, quer uma coisa e depois não quer mais, não é porque a pessoa vai na igreja que virou santa, pelo contrário, a grande maioria vai na igreja porque precisa de um consolo para sua vida, de força espiritual e exercer sua fé. Mas não é porque entrou em um suposto recinto sagrado que se purificou e não tem mais que lidar com os demônios que atormentam a todos.


As convicções espirituais ajudam a seguir um caminho, aliviam as dores, mas rara vez ajudam muito em tentações, nem mudam a essência da pessoa. Sou naturalmente preguiçosa emocionalmente, sendo assim nada me dá mais preguiça que trair, morro de tédio, mas tem gente ao contrário, que morre de preguiça se não trair. Cada um é de um jeito e a melhor coisa é fazer uma leitura dessa pessoa, antes de sair acreditando que apenas porque foi batizada tem uma conduta moral irrepreensível.

Inclusive todos os grandes lideres espirituais, com raras exceções se perderam em alguns pecados.

O que me chama a atenção é como as pessoas vêem seus amores como uma piscina, mergulham sem ver se tem água ou não. Não tenho a menor dúvida que Mara trabalhou duro na relação e fez o possível, mas como em muitos casos fez sozinha. Já cansei de ver casais onde só um está ali, seja o homem ou a mulher, o outro está na onda, não se empenha em nada.

Talvez seja verdade o que dizem, que Deus fez o ser humano a sua semelhança, mas não é responsável por suas atitudes, o famoso livre arbítrio.

Existem homens ou mulheres de Deus? Com certeza, mas estão em todas as partes, não só nas igrejas e templo e só o tempo mostra quem é quem. O comportamento humano ruim ou bom se revela durante o caminho, mas pode muito bem se esconder na meia hora que dura uma missa, sendo assim não são as igrejas que fazem alguém confiável ou não, é a vida que mostra isso.



Iara De Dupont 


Um comentário:

Pituca disse...

CARAMBA.... NÃO SOMOS A IMAGEM E SEMELHANÇA DE DEUS????. ENTÃO, INDEPENDENTE DA RELIGIÃO, TODOS SEM DISTINÇÃO SÃO FILHOS DE DEUS..... CARÁTER É CARÁTER... SOU FILHA DE UM HOMEM QUE, BASICAMENTE ACREDITAVA EM DEUS, MAS NÃO NA RELIGIÃO.... E, FOI UM MARIDO MARAVILHOSO E, UM PAI FANTÁSTICO.... ENFIM, NÃO TROCO O MEU EXEMPLO DE PAI , MARIDO E CIDADÃO QUE FOI O MEU PAI, PARA ALGUNS INTITULADOS "FILHOS DE DEUS". APRENDI QUE, CASAMENTO É PARTICIPAÇÃO, UNIÃO EM UM ÚNICO OBJETIVO... SER FELIZ..... ABRAÇOS MIL....

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...