ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

NOVIDADE!

NOVIDADE!

Nota:O formato PDF dos livros acima pode ser acessado em qualquer plataforma, inclusive Windows, Mac OS e plataformas móveis como Android e iOS para iPhone e iPad.

Os posts mais lidos viraram livros e não estão mais disponíveis no blog.

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

13 dezembro 2012

Quem mandou eu rezar junto?( meus dias de trouxa)



A vida é engraçada.Não tem de outra,o que se pode fazer além de rir,já que não podemos interferir em suas principais decisões?
Esse ano aprendi demais,muito além do que imaginava.Nem acabou ainda e continuo aprendendo,recentemente tive uma grande lição sobre individualismo.
Fui criada como muitas,principalmente porque essa educação é infelizmente,bem direcionadas as mulheres,para sentir simpatia pelo próximo e mulheres que não fazem isso são más,frias e egocêntricas.Já mulheres boas se importam com todos,ajudam a todos e são sempre prestativas e se tiverem que se sacrificar por alguém farão isso,já que é o mínimo que se espera delas.
Graças ao feminismo pude entender essa construção social e consegui escapar disso,pelo menos em alguns momentos.Ainda escrevo textos que algumas pessoas consideram frios,calculistas,e muito tristes,apenas porque deixo bem claro a minha posição de ser individual,alguém que não tem vínculos obrigatórios nem morre de culpa  por não ser o que os outros querem que eu seja.
Mas recentemente escorreguei nos restos de minha educação.Uma pessoa próxima a mim vinha passando por uma situação muito ruim e eu não podia ajudar,assim a pessoa me pediu se eu poderia rezar com ela durante uns dias.
Eu não podia fazer mais nada por essa pessoa,então eu fiz,acabei rezando.E por arte da vida,alguma coisa que eu ignoro,a pessoa não recebeu o que pedia na oração,recebeu dez vezes mais do que sonhava.
E o que fez?Ah,saiu andando,porque finalmente não era bem isso que ela queria,na verdade era,mas não agora,queria que Deus tivesse dado essa benção depois do Carnaval,porque até lá está muito ocupada em resolver outros assuntos.
Bênção  é como dia de sol quente,se a pessoa não correr,pega a chuva da tarde,coisa que acabou acontecendo com essa pessoa,já que ela chutou para bem longe a sorte que Deus mandou,mas fez de cabeça fria,consciente,a culpa é de Deus,que não viu a agenda dela e foi achando que ela mudaria toda sua vida assim,em cinco minutos.
Eu fiquei parada,sem acreditar no que estava vendo.Aprendi outra lição do individualismo,a vida é de cada um,porque Deus mandou a benção para ela,mas não recuperou o tempo e a energia perdida com essa pessoa que eu tive,finalmente me prestei a ajudar alguém que não queria ajuda,até Deus levou a porta na cara.Perdi meu tempo e foi muito bem feito,já que estamos aqui para resolver nossa vida,não para ficar querendo ajudar os outros a resolverem a deles.
Mas é engraçado,eu não fui educada para rezar e nem pensava que essas coisas mudavam  alguma coisa,em vez de rezar pela minha vida,essa sim precisando de urgentes mudanças,fui lá pagar de gatinha e rezar pelos outros.E nem tive a alegria de ver a pessoa recebendo a bênção,já que desde o primeiro dia que a pessoa ficou sabendo de tamanha alegria começou a dizer que Deus tinha atrapalhado sua vida,justo agora,no fim do ano.
Bom,pra mim ficou a lição,não quero mais saber de nada em relação a ninguém,se a pessoa quiser rezar,que reze,eu não me presto mais a isso,porque já aprendi faz tempo que quando eu quero uma coisa eu tenho que correr atrás,se é assim comigo,deve ser com os outros,então ninguém precisa de mim para rezar,nem resolver sua vida.Até porque sobrou pra mim a pior parte,eu não rezei pela minha vida,não arrumei minha vida e tive que ver,como se isso não fosse ruim o suficiente,a pessoa chutar uma bênção pela qual eu e milhões de pessoas teríamos matado,não foi qualquer coisa que ela recebeu,foi a oportunidade de mudar de vida,de país,de ficar milionária em menos de um ano e ser livre de todos os compromissos.Em vez disso alegou que tantas mudanças atrapalhariam sua vida e ficou no seu emprego de vendedora,dependendo agora para o resto da vida dos `sim ´ dos outros para comer,porque quem vende produtos sabe disso,a pessoa pode madrugar,se esfolar,trabalhar de sol a sol,mas quem decide se compra ou não, são os outros.
E depois de tantos dias rezando,vendo a angústia dessa pessoa,presa a dívidas,milhões de coisas e de repente ver ela dizendo `não ´ ,é um espetáculo que eu não desejo a ninguém.Dói no coração ver Deus agindo e a pessoa negando,alegando problemas de agenda.
Enfim,não fui eu que fiz a besteira e não serei eu que vou rezar de novo com ela,nunca mais,a verdade veio a tona nesse episódio,a pessoa não quer ir pra frente,está feliz assim,cheia de incertezas,sem dinheiro,com um emprego instável e nenhuma perspectiva de vida melhor.Mas ela escolheu,por tanto,como dizem por aí,bem escolhido deve estar.

2 comentários:

MiIly Costa disse...

Não faço favores pelo que esperam de mim, também ñ ajudo ninguém por isso, ajudo porque sou assim, porque faz parte da minha personalidade, se fosse te contar o quanto ja levei na cara por isso acredito que você teria raiva de mim, por cada uma historia... Entendo perfeitamente a raiva e a sensação de fui idiota que a gente sente, e principalmente quando a gente percebe que a pessoa conseguiu tudo que queria e jogou fora por nada....

Anônimo disse...

"estamos aqui para resolver nossa vida,não para ficar querendo ajudar os outros a resolverem a deles." - parece que escreveu pra mim. cada vez gosto mais do blog. até breve, Fernanda

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...