ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

05 dezembro 2012

Kate Middleton sofrendo com a gravidez(vai comer minha filha)




Já me acostumei a ler uma notícia e desconfiar do que está escrito.Esta semana saiu que a Duquesa Catherine está grávida,vai parir o próximo rei ou rainha da Inglaterra.Mas ela está internada porque tem menos de 12 semanas de gestação e sofre de hiperêmese gravídica,um mal que atormenta uma em cada duzentas grávidas,a mulher fica com náuseas e vômitos constantes.

Até o site do Yahoo disse que na primeira gravidez Ivete Sangalo sofreu disso e por isso perdeu o bebê,já que a mulher não consegue se alimentar e segurar a gestação.
Não sou médica,nem vidente,não sei o que está acontecendo com a Duquesa Catherine,mas como o mundo tem mania de perseguir os gordos não tem tempo para ver outras coisas.

No caso da Duquesa é muito perigoso o que está acontecendo,até porque sua gestação é muito recente,mas eu me pergunto aqui com meus botões,será só isso mesmo?Porque eu não preciso ser médica para ver que ela é uma mulher muito abaixo do peso,é uma mulher de 1,78 de altura e menos de 50 kilos.Dá pra ver nas fotos a magreza dela e se está assim é porque não come,não tem malhação no mundo que deixe a pessoa esquelética,isso é falta de comida.E se não come cadê os nutrientes para o futuro reizinho da Inglaterra?Agora que está internada ela recebe alimentação pela veia,para poder nutrir o bebê.

Mas disso ninguém fala.Se ela fosse gorda já ia ter gente dizendo que está passando mal porque é gorda,mas como é magra todos fingem acreditar no que é dito e nem levantam a questão da alimentação dela e as dietas malucas que ela começou um ano antes do casamento.Uma garota como ela que sempre foi atlética de repente abandonou os esportes,diz que por falta de tempo,mas é só ver as fotos para perceber que já não tem como ter a mesma energia,sem alimentos o corpo não agüenta mesmo.

Quem come mal para ficar magra sabe disso,a pele seca,o cabelo cai,imagina então as conseqüências em uma gravidez.Se eu fosse médica e uma mulher da altura e peso dela entrasse no meu consultório dizendo que quer engravidar eu mando na hora comer muito arroz e feijão em todas as refeições,ganhar peso e depois engravidar.

Uma conhecida minha ficou grávida,apesar de anoréxica e fumante.Mesmo assim passou a gestação inteira a base de gelatina diet e cigarro,quando o médico disse que desse jeito o bebê ia nascer abaixo do peso ela respondeu: Melhor assim,pelo menos não vai sofrer fazendo dietas.
Esse tipo de comportamento devia ser considerado criminoso.A pessoa que se esfole em dietas se quiser,mas não tem o direito de fazer seu bebê passar por isso.Recentemente uma atriz mexicana teve sua filha e começou uma dieta maluca e a menina,com menos de dois meses, teve que ser internada,por inanição,já que mãe para emagrecer e voltar a fazer uma novela só bebia líquidos e estava amamentando,o que levou o bebê a ser internado.

Minha mãe diz que nada vence a natureza,por isso mulheres que não comem conseguem ter filhos,a natureza se vira,mas faz a gestação ir pra frente.E pelo menos na Inglaterra a Duquesa não será a primeira a fazer isso,Victoria Beckman já pariu quatro filhos,apesar de assumir publicamente que só come salada.Outra princesa Letizia da Espanha pariu duas filhas,apesar de ser anoréxica.

Parece perseguição da minha parte,mas como é de gente magra,ninguém fala nada,finge que não tem nada a ver uma gestação complicada com uma mãe morta de fome.Todo mundo ignora o mal que faz para uma pessoa comer pouco e mal e as consequências que isso tem,parece que o mundo diz-`Mas se a pessoa está magra,então tudo está bem,finalmente é isso que importa,ser magra,mesmo que morra para isso´.

E ainda tem gente que se surpreende com a dificuldade que muitas mulheres tem para engravidar,o número de infertilidade subiu muito,isso realmente existe,mas em quantos casos a mulher não engravida por anos e anos de alimentação errada e uma constante anemia?O corpo tenta se defender e se já não tem nutrientes para uma pessoa,imagina para duas.

Mesmo com hiperêmese gravídica acho que a Duquesa precisa comer uns bifes com arroz.Vai precisar disso para ter o filho e ainda precisa por regras internas engravidar mais uma vez,tem que ter o herdeiro e o refil,caso aconteça alguma coisa com o primeiro.

Neste mundo os magros tem essa vantagem,podem dizer qualquer coisa que todo mundo acredita,se fosse uma gorda iam logo dizer que estava fazendo  `gordices ´e por isso teve problemas na gestação.Eu nem engravidei ainda e já escutei um monte de médicos,mas para as esqueléticas ninguém diz nada.Magros tem essa imunidade,mas a Duquesa precisa mesmo escutar umas verdades,espero que essa gestação dê certo e chegue ao mundo um bebê lindo como os pais,mas ela precisa começar a comer de novo e se fizer isso vai se surpreender com o que acontece no corpo apenas com uma boa alimentação,a vida muda e melhora.


Iara De Dupont (Sindrominha)

6 comentários:

Carolina disse...

Acho isso tão triste, Iara. E é como vc falou mesmo, qd a pessoa está magra ninguém fala nada. Tenho uma prima que mal saiu do hospital, depois de ter um filhos e começou a tomar remédios para emagrecer. Minha tia começou a desconfiar que o bebê, apesar de muito novinho, estava com um omportamento estranho. Dormia demais, mal regia a estímulos. Foi qd ela descobriu que a minha prima estava tomando esses remédios. Enfim, minha tia correu para o médico com o nenenzinho e descobriu que ele estava intoxicado por causa dos remédios, já que a minha prima estava amamentando. Graças a Deus ele não teve sequelas, mas poderia ter tido.
Beijos,
Carol

Anônimo disse...

Pensei a mesma coisa assim que vi a notícia de que ela estava internada!Inanição!

Anônimo disse...

Se alimentar-se mal durante a gravidez já é um crime contra o nascituro, quer dizer o aborto?

Nico disse...

Iara, eu leio o seu blog de vez em quando, e suas postagens no GM também. Vou começar o comentário por uma notícia que parece não ter nada a ver, mas vc vai entender.
Mais de um mês atrás, entrei no link dessa notícia: http://cenapop.virgula.uol.com.br/2012/11/01/13282-apos-ser-chamada-de-gorda-ex-gangue-do-samba-participa-de-programa-para-emagrecer/
Li e pensei em mim, que quando tive a oportunidade de ter um personal trainer e uma nutricionista alguns anos atrás. Na época eu estava com 120kgs. Pela minha estrutura óssea,altura e tipo de corpo, ele disse que eu deveria pesar 80-85kgs. O problema é que tirando esse casal, todos os outros profissionais de saúde por uem passei, disseram que o ideal pra mim seria 69kgs. Nas tabelas de pesos e medidas antes dos anos 90, se me lembro bem era 75kgs para uma pessoa de 1,75m. Hoje, essa proporção caiu de 75kgs para 65kgs, ou seja, 10kgs abaixo.
Só que o que as tabelas não divulgam, é que existem diferentes tipos de massa óssea. Minha família não tem muitas pessoas altas, de nenhum dos dois lados. Mas meu pai é alto, e eu também. Sou mais alta que meus dois irmãos, e ainda sou do tipo grandona, desde criança. Apesar da maioria das pessoas da família serem baixas, todos tem ossos pesados, dos dois lados. Prova disso, é minha tia Seomara de 1,54m tinha 60 kgs e era magra. Minha mãe tem 1,60m e com 67kgs, era magra. Eu tenho 1,77m como eu seria normal pesando 69kgs? Meu pai desde que eu nasci, era um cara grande. Quando era solteiro era bem magro e alto, mas com o tempo e a idade foi ficando gordo. O tempo passou, coisas aconteceram, casou novamente, emagreceu um pouco e tal. O problema é que de uns anos pra cá, sismou que precisava emagrecer mais. Ele sempre foi meio barrigudo, mesmo quando era solteiro. Bom ele foi fazer um tratamento com um médico, só que não seguiu a risca. Se o médico mandasse caminhar 1h, ele caminhava 3. Se mandasse comer 1 pão, ele comia meio. Fora os medicamentos. Duas semanas atrás, ele desmaiou no banheiro. Ficou incosciente e só acordou no hospital dois dias depois. Em um dia, ele perdeu 8kgs com desinteria e desidratação. Teve que ficar a base de soro. Meu pai tem 1,90m e estava pesando 80kgs.
Um homem de quase 60 anos. Quer mais um exemplo de loucura? Minha outra tia tem 1,50m. O manequim dela, o verdadeiro é 38/40. Comprou uma roupa nessas lojas de grife, experimentou, serviu, mas na etiqueta estava escrito G. Ela entrou em pânico, marcou uma lipo, e foi fazer. Sismou que tinha uma gordura na barriga. O médico tentava sugar, mas não saía gordura. Era pelanca. Minha avó de 82 anos, está miudinha, mas faz dieta pq acha que está gorda. Meu irmão deixou de comer carnes e doces pq quer ser mais saudável, que significa ser mais magro, já que magro ele sempre foi e é.
Essa loucura de ser magro é ser saudável, tem atingido a todos os níveis. É alarmante o número de pessoas que em nome da boa forma fazem besteiras para emagrecer. Até mesmo gestantes estão sofrendo com isso. Tenho uma amiga, que é linda. Alta, negra, magra mas que vive se achando gorda. E o pior é que o infeliz do marido fala isso pra ela também. Ela é magra mas tem quadril, bumbum, coxa, tudo no lugar. Pois é. Há quase 5 anos atrás ela estava grávida. Ela quase não se alimentava. Minha mãe se encarregou de cuidar dela, senão a criança nem nasceria. Quando a menina nasceu, o leite que ela tinha era quase água. A criança chorava o tempo todo pq o leite era pouco. Pra não comer, ela tomava de vez em quando água com açúcar. Resumindo, ele foi em alguns médicos que disseram que ela estava gorda, quando nitidamente estava desnutrida e com a barriga saliente. Tem médicos e profissionais da saúde que entraram na neura da "perfeição". E motivam todos os pacientes a seguirem esses padrões. Se pessoas bonitas, ricas e nobres e famosas aparecem como exemplo, esses médicos são responsáveis. Os mesmos que dizem que uma Victoria Beckham e uma Kate Middleton estão aptas ou normais para ter uma gestação saudável.

Anônimo disse...

Parece que os comentários só valem para o lado "gordo" da questão, mas da mesma forma que algumas pessoas tem estrutura para mais peso, outras tem seu organismo perfeitamente adaptado ao pouco peso.
É como você mesma disse no começo do post, você não é médica (nem eu sou) e está só metendo o bedelho em algo que não entende, como se todo mundo tivesse algum distúrbio alimentar.

Iara disse...

No caso da Duquesa Catherine é só procurar no Google fotos dela antes de emagrecer para ver que não tem nada a ver com a estrutura dela.E também aproveite para procurar Karen Carpenter,uma cantora americana que morreu de anorexia,a Duquesa está a cara dela.
Quanto ao bedelho,meto mesmo,já que até onde sei o blog é de minha autoria e me dou o direito de falar sobre o que entendo,não entendo e quero entender.Mas se você gosta de leituras fofas,politicamente corretas e cheias de opiniões de especialistas que não sabem nada,leia a revista Veja,tenho certeza que você vai adorar,lá ninguém mete o bedelho em nada.

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...