ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

NOVIDADE!

NOVIDADE!

Nota:O formato PDF dos livros acima pode ser acessado em qualquer plataforma, inclusive Windows, Mac OS e plataformas móveis como Android e iOS para iPhone e iPad.

Os posts mais lidos viraram livros e não estão mais disponíveis no blog.

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

10 dezembro 2012

Babaquice não tem cura (não adianta jogar açúcar)





Pode encher de corações de açúcar, o babaca não vai mudar

Difícil aceitar, mas babaquice não tem cura. É uma coisa crônica e com tendência a piorar. Não adianta jogar geleia, açúcar, disfarçar, esconder, quem é babaca morre babaca, é parte da essência da pessoa.


Hoje no programa da Eliana apareceu um casal em crise pedindo ajuda a uma psicóloga. O rapaz reclamou dos ciúmes da esposa, enquanto ela reclamou do fato dele não gostar dela gordinha e ficar enchendo o saco dela para fazer exercícios, apesar dela ter menos de um ano de ter parido. A mulher também se queixou de algumas situações, que podem ter sido traições e o fato dele não se dar bem com a família dela, então ela tem que manter as duas famílias separadas.


Precisa de psicóloga para ver que o rapaz não é flor que se cheire? Precisa ir a um programa de projeção nacional para que te falem que ele não é a melhor escolha?


A psicóloga disse que o rapaz é bom para criticar a mulher, mas não se enxerga. Mesmo assim mandaram ela emagrecer e deram uns conselhos, já que a psicóloga concluiu que eles se amam muito, apesar do rapaz dizer que não sente atração sexual por ela, já que ela está gordinha e no fim deu tudo certo, eles apareceram tempos depois felizes e ela mais magra.


Algumas mulheres tem tendência a fazer isso, a relevar todas as agressões que sofrem, esperando que um dia o Romeu melhore. Mas só existe um fato em relação a isso, ninguém muda e o Romeu vai morrer como é. Se o marido já tem uma tendência a ser critico e massacrava a mulher com o peso, não vai melhorar apenas porque foi na Eliana durante duas horas. Quem faz isso mostra a essência, quem é, e isso psicólogo nenhum pode consertar.


Já convivi com pessoas durante anos que não mencionaram meu peso, nem por erro, e já conheci pessoas que precisaram de menos de um minuto para mencionar, então aprendi a separar as pessoas assim, principalmente os Romeus. Têm homens decentes no mundo, já tive a sorte de conhecer, eu não precisei dizer a eles que não era para mencionar dietas ou coisas assim e tem os abusadores, que já chegam humilhando.


Quem é um abusador, é um abusador, a mulher pode inventar o que quiser, tudo bem, eu também já inventei, tinha uma ótima desculpa em um relacionamento abusivo, o coitado do meu ex-namorado era filho de militar e apanhou horrores do pai, por isso era assim, não sabia se expressar e sem querer me ofendia, mas não queria ofender, queria me ajudar, mas como ninguém ensinou ele a falar as coisas com amor, ele falava assim, ofendendo e me chamando de  ''gorda ridícula''.


Ninguém é responsável pela maneira como a mulher ou o marido foram criados, isso não dá direito a ninguém de abusar. O meu ex apanhou mesmo do pai, e daí? Era problema dele, não meu. Mas eu paguei o pato durante anos, absolutamente hipnotizada como a moça do programa, queria salvar a relação a qualquer custo, sem perceber que era uma relação de um boxeador e um saco de pancadas( no caso eu).


E a psicóloga reforçou que os dois se amam muito, ora, o meu ex também me amava e eu amava ele acima de tudo. Isso não resolve nem muda nada. Quem está acostumado a bater, sempre acha brecha pra isso.


Se a mulher resolveu emagrecer e ficar atraente de novo para o marido não tem problema, ele vai achar outra coisa para atormentar a vida dele, porque abusadores fazem isso.

Caso uma pessoa more com outra, tenha filhos e chame um programa de televisão para dizer que tem problemas de auto estima devido ao massacre do marido, é porque a situação é pior do que parece. Quando se tem que chamar um ser humano no canto e dizer que ele não pode massacrar assim a mulher que ele diz amar, é porque aquilo já era. A noção da maneira como temos que tratar o outro vem de um modo natural, somos ensinados, mas o coração também guia. Na cabeça de quem é possível ajudar a mulher a emagrecer enchendo o saco dela o dia inteiro e ainda por cima traindo?

Mas tem mulher que é dose mesmo, acha que veio ao mundo salvar seu amor, também já achei, mas a verdade é que ninguém vem salvar ninguém e Deus me livre desse amor que eles dizem ter, esse amor que machuca, massacra, tortura e faz a mulher se sentir lixo.


Podem chamar a Eliana, Jesus, quem eles quiserem, quem nasceu babaca morre babaca, quem não sabe tratar as pessoas e muito menos a mulher que ama é um babaca, sem chances de reabilitação. E a mulher que fica do lado, que diz que sonha em manter sua família, que serve de saco de pancadas acaba também sendo uma babaca, que um dia vai acordar e perceber que não fez nada no mundo para merecer viver do jeito que vive, apanhando verbalmente de um babaca.


Iara De Dupont

3 comentários:

Penny Lane disse...

É, parece que virou moda isso de homens exigirem que as mulheres emagreçam para satisfazê-los.OUtro dia li uma história terrível, de um marido que entregou uma saia tamanho 36 para a esposa que havia parido há um mês dizendo " te dou 3 meses para você caber nela de novo!" e a pobre começou a fazer dietas loucas e como consequência, o leite secou.

Fico horrorizada como existe gente tão ruim no mundo.Gente que precisa humilhar os outros para se sentir bem.

Mas também não podemos culpar só um dos lados.Pra mim só existe humilhação e se existir o humilhado.As mulheres precisam reagir.Se vai dando corda, mostrando fraqueza,deixando o abusador ganhar confiança,onde isso vai parar? Não dá para deixar correr solto.


bjs

MiIly Costa disse...

No meu mundo o nome disso não é amor, não adianta ninguém vir com essa de que é uma pessoa com esse tipo de atitude ama que nem deus me convenceria disso, e muito me admira um pscologo ir falar isso na Tv, pq um bom psicologo sabe identificar que o nome disso é dominação e não amor, um bom psicologo sabe que quem ama ñ se atem a problemas de peso ou de qualquer outro detalhe fisico, fiquei mas revoltada com a constatação do psicologo do que com a atitude do marido, afinal acho mais errada a idiota que aceita ser tratada assim do que quem ofende verbalmente, porque cada um se permite ter o que quer, se isso estivesse incomodando ela de fato, ela tomaria pulso e largaria mão dele na vida dela, mas ela quer salvar o casamento oq significa que é mais babaca que ele e se senti feliz sendo submissa a ele.

Lana disse...

"Esse cara é um babaca... Solteiro? Hum... talvez eu possa consertá-lo." - Mulheres.

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...