ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

05 novembro 2012

Tem gente que bate a porta na cara de Deus (e depois chora)




Se Deus abre uma porta é melhor atravessar
Este mundo é para poucos,como diz um amigo-`Apenas para profissionais ´.
Graças a doente e medieval influência da religião católica muitas pessoas acreditam que algumas coisas ditas por um desconhecido são verdades supremas.Uma delas é que Deus colocou a mão na cabeça de algumas pessoas (acredito nisso também) e elas estão destinadas a vidas melhores.São iluminadas,abençoadas e quase eternas.
E quando não acontece isso na nossa vida nos sentimos um lixo astral,merda cósmica,já que não somos parte dessa minoria que Deus escolheu.
Mas com o tempo e muita observação conclui que nem todos tem as oportunidades merecidas,mas muitos também derrapam no meio do caminho,mais do que pensamos muitas pessoas rejeitam oportunidades inacreditáveis.Não seria só uma questão da sorte bater na tua porta,mas do que você faria com isso.
Já conheci pessoas que tiveram chances extraordinárias e jogaram fora,como se isso não fizesse diferença nenhuma.A vida continuou igual,mas agora eles não podem dizer que são injustiçados.
Minha mãe me contava a história de um filho de sua amiga.O rapaz estudou biologia marítima em uma universidade pública.Foi o melhor aluno e seu trabalho de conclusão de curso passou com todas as honras.Antes mesmo de terminar a faculdade ele já tinha propostas de trabalho,mas não aceitava,porque não queria deixar seu emprego naquela época,ele era responsável por comprar peixes para aquários e entregar nas diferentes lojas de uma rede.
Ele só tinha que ir em uma central,escolher os peixes,colocar em bolsas de plástico,guardar no carro e entregar.
Estava nessas quando foi chamado pela equipe do Jacques Cousteau.Ele inventou o que deu pra não aceitar o emprego,disse que não falava francês,mas deram uma bolsa,disse que não queria ficar em alto mar,ofereceram um trabalho em uma base,mas ele não quis,porque dizia que tinha encontrado outro emprego,agora não teria mais patrão,compraria os peixinhos de aquário direto e venderia em feiras livres.
Só sei que foi uma romaria na casa dele.Até o reitor da faculdade foi lá se ajoelhar e implorar a ele que aceitasse o emprego com os franceses,o dinheiro era ótimo,a possibilidade de carreira infinita e isso ajudaria no nome da faculdade,já que seria o primeiro latino na equipe francesa.
Ele não aceitou.Isso deve ter acontecido há vinte anos e até hoje ele entrega seus peixinhos nas feiras livres.Mas por que ele fez isso?Não sei.
Mas sei que a mãe dele subia paredes,fazia promessas e chorava rios de desespero.
Mas as pessoas são assim,imprevisíveis.E hoje vi o Adriano,o jogador de futebol,em outro vídeo escândalo,onde aparece cantando,depois de pedir dispensa de um treino.
Assim que o vídeo caiu na rede a diretoria do Flamengo ligou para ele,que se disse cansado e de saco cheio de tanta perseguição e não quer mais jogar.
Como ele ultrapassou o número de faltas permitidas nos treinos o Flamengo pode cancelar o contrato sem pagar multa.
Achei triste.Quanto tempo ele tem fisicamente na carreira de jogador?Não podia segurar a onda mais um pouco,sair por cima,com mais grana ainda?Não,preferiu jogar tudo para o alto,em um mundo onde tantas pessoas se arrebentam para conseguir uma oportunidade no esporte.
A vida é maluca,joga oportunidades nas mãos de quem não quer saber delas,acha no fundo que sempre vai ser assim.
Conheci uma senhora que me contou um pouco de sua vida.Sempre foi linda e com homens aos seus pés,em uma época que um bom casamento era a única possibilidade de vida para uma mulher.Mas ela disse que acreditou que seria sempre bonita e a vida seria sempre generosa.Ficou velha,sozinha e morrendo de arrependimento,porque não pensou no futuro,achou que teria vinte anos a vida inteira.Não se casou e leva uma vida muito difícil.
Será que ela pode gritar aos céus que isso foi injusto?A oportunidade estava ali,ela que não quis pegar.
Talvez existam no mundo pessoas com oportunidades demais,outras com oportunidades de menos e pessoas que não querem saber de nada,que pisam na sorte como eu piso no asfalto,sem dó.
Cada vez que eu lembro dessa história do cara dos peixinhos minha mãe diz que ele é feliz,que ninguém é obrigado a achar que trabalhar com Jacques Cousteau é uma bênção.
Mas eu acredito que tudo na vida passa tão rápido que é uma boa idéia aproveitar todas as chances,melhor morrer na certeza do que na dúvida.
Acredito que uma oportunidade é quando Deus fala com nós e está nos dando um presente e uma obrigação.Dizer `não quero ´ é perigoso demais,porque não sabemos as conseqüências da recusa.
Acho que oportunidades são como Deus falando -` Filho,você poderia fazer isso pra mim por gentileza?´.
Chutar elas é como chutar um pedido de Deus.Então depois não reclamem de sua fúria.

3 comentários:

Anônimo disse...

Já é uma bênção poder ter certeza de que realmente estamos diante de uma oportunidade. O duro é quando não sabemos se um emprego, uma decisão ou uma iniciativa vão nos ajudar ou atrapalhar a vida.

Poeta da Colina disse...

Penso que devemos sempre nos manter fiéis aquilo que sentimos e isso nos trará paz.

A nossa bênção acima de tudo é a escolha, ela sempre será nossa. Temos que parar de negligenciá-las como se tudo acontecesse alheio as nossas vontades.

Deus cria oportunidades, só oportunidades.

Anônimo disse...

Cuidado com essa mistificação. Conheço pessoas que estão desesperadas porque se mantiveram fiéis ao que sentiam. Eu sou uma delas. Coerência não é garantia de nada. A escolha autêntica pode sim ter consequências nocivas e desastrosas.

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...