ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

16 novembro 2012

Só feche os olhos para dormir (novelas ensinam o porquê)





Fecha os olhos e quando abre dá com os burros n´água
Essa semana duas situações em diferentes novelas chamaram minha atenção, até pela freqüência com que vejo isso acontecer.

Em uma delas ''Salve Jorge'' a mocinha da história, Morena briga com seu ex-namorado, mas infelizmente durante a briga aparece seu atual namorado, Theo, que cheio de ciúmes vai embora. Ela tenta desesperada falar com ele, que se recusa a atender o telefone. Vai atrás dele que bate a porta na cara dela e depois de umas tentativas, ela saí do emprego e fica na porta esperando por ele, implora para ele abaixar o vidro do carro e ele vai embora. Finalmente ele cede em outra tentativa, eles se beijam e reatam.


Nunca cheguei nesse extremo, mas vendo a situação me pergunto como a mocinha Morena não percebe que esse cara não vale a pena. Porque uma pessoa que não quer escutar tua versão em qualquer situação não vale a pena, simples assim. Já tive namorado desligando telefone na minha cara ou mandando o pai dizer que ele não estava. Aproveito a oportunidade e agradeço por terem saído da minha vida.


Mas é um fato, quando alguém te bate a porta na cara por uma situação que não aconteceu, ou seja, a moça Morena não foi atrás do ex, foi ele que cruzou o caminho dela, a pessoa que se nega a te ouvir não é pra você. É covarde, injusto e cafajeste. A única coisa que justifica a pessoa bater a porta na cara de alguém é um fato concreto, uma traição que a pessoa está vendo ou viu, alguma coisa que se possa provar, mas assim do nada só mostra que a pessoa que se recusa a ouvir a outra não vale nada.


Quantas coisas um casal passa? Não dá para ficar implorando para ser ouvido todas às vezes que rolar uma crise, ou a pessoa deixa a porta da comunicação aberta, ou acaba a relação.


E na outra novela, uma que está mofada,''Guerra dos sexos'' um personagem, Roberta arma um jantar romântico em um iate com um tal de Nando. Mas Roberta está apaixonada por ele, que não sabe nem desconfia de nada. Por algum motivo ela acha que tem chances, então fica armando pra cima dele. Fez todo o jantar, todo aquele ritual dando em cima do rapaz, tentando mostrar que estava a fim e o rapaz fingindo não perceber o que estava acontecendo, meio que saindo fora mesmo.

Quem nunca fez isso por alguém que não estava a fim de você?

Ah, já paguei esses micos e não foi em um iate. Tinha certeza que o fulano estava a fim de mim, até garantia das amigas  tive e dei com os burros na água.


Hoje Romeu pode ser tímido, reservado, introvertido, o que for, mas eu não volto a dizer nada antes de ouvir o outro lado, porque depois é uma tristeza encarar a pessoa se a reação for contrária a que você espera. Tem uma pessoa que até hoje cruza meu caminho e eu desvio, morro de vergonha, só de lembrar que eu jurava que ele estava a fim quando não estava.


A única coisa que se pode fazer neste mundo de olhos fechados é dormir, mas assim que pulamos da cama tem que manter os ''oiós bem aberto''. Não cair naquela historinha de ''o amor confia'', ''o amor é cego'', ''o amor sabe o caminho'', porque tudo isso é bobagem e mais ainda no mundo de hoje que não podemos nem confiar na nossa sombra.

Tem que estar atento para perceber as sutilezas. Conheço gente que se apaixona e parece que virou doador de córneas, não enxerga mais nada. Mas quantos conhecemos o amor? Quase todo mundo já trocou os pés pelas mãos e achou que simpatia, paixão, tesão, sentimentos assim eram amor. E acabamos nos confundindo e tratando tudo como se fosse amor e pessoas se jogam em piscinas vazias jurando que tudo aquilo lá é amor, mas não é, às vezes é só uma atração em noite de lua cheia.

Se não sabemos bem o que é o amor, imagine o outro. Por isso é importante estar atento, acordado, nos seus sentidos, para não achar que atitudes erradas são prova de amor.

Bateu o telefone, a porta na cara, acelerou o carro? Não é amor, é roubada e está avisando.

Caso seja um jantar romântico e a pessoa convidada não perceba o que está acontecendo ou finja não perceber, não está a fim.

As pessoas se machucam porque fecham os olhos e jogam nos outros a culpa de sua cegueira, não querem ver e acusam os outros de não avisar.
Mas no amor, na sorte, tudo que faz parte do mundo, fechar os olhos, mesmo que um segundo, pode custar a vida.


Iara De Dupont

2 comentários:

Anônimo disse...

Gostei muito.

Flor de Maracujá disse...

Noites de lua cheia a partir de sabado me assustam kkk...
Pois é menina, as pessoas "amam" da noite pro dia. É igual aquela frase que rola no face: "Meu banho demora mais pra acabar do que alguns amores eternos que vejo por ai". É bem isso mesmo, as pessoas desvalorizaram o "eu te amo"...

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...