ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

25 novembro 2012

Síndrome de Tufão contagiou os homens



Theo,de Salve Jorge,a nova mocinha do século XXI
Muito lentamente começam umas mudanças e a gente se acostuma sem questionar.Uma delas já está virando regra nas novelas,o homem-frouxo,aquele que passa a novela toda agindo como a mocinha ( no sentido negativo da palavra).
Na novela `Guerra dos sexos ´ todos os personagens masculinos são frouxos,atrapalhados,infantis,já as mulheres são espertas,perigosas e ardilosas.
Mas ninguém bate o recorde do novo galã,o Theo,de `Salve Jorge ´.Se fosse outra época eu teria certeza que ele está lendo as linhas da atriz,não do ator.Mocinhas em novela sempre foram isso,mocinhas,fracas,débeis,que se deixavam manipular pela família do amado,eram enganadas por todos,mas amavam loucamente e isso era garantia de um final feliz.Agora que as coisas mudaram são os homens os trouxas da história,passam a novela toda chorando sem perceber as tramas que se desenrolam ao redor.
Na novela de `Salve Jorge ´,em uma cena,a que devia ser a mocinha,Morena se desespera e diz ao seu amor,Theo,que vai aceitar trabalhar na Turquia,vai aceitar o emprego porque é uma boa oportunidade,já que ela não estudou,acha que não tem futuro por isso,precisa sustentar a mãe e o filho e acaba de ser despejada.O que Theo fez em seguida pelo menos garantiu a minha diversão,ele surtou como mocinha dos anos cinqüenta,chorou,implorou e em um autismo emocional se negou a escutar tudo,só queria beijar Morena e garantir que nunca iam se separar,de repente lembrava que era o galã da história e dizia que ela não ia viajar,porque ele não ia deixar,mas não fez nada para ajudar a namorada,podia ter ligado para um advogado para ver a questão da moradia,já que a moça tinha sido despejada,mas não se mexeu,já que não parava de chorar.
Já Morena é a que está no aperto,sendo assim ela vai viajar pelo emprego de garçonete e acaba nas mãos do tráfico de pessoas e vira escrava.As pessoas levam tão a sério as novelas aqui que acho importante mesmo que se fale de assuntos pesados como o tráfico de pessoas,talvez alguém preste atenção e não caia nisso,mas mesmo assim e a novela sendo escrita por uma mulher,tem uma linha de machismo nisso,bem clara,mulheres que saem de perto dos seus homens para resolver suas questões,procuram independência,cair no mundo,acabam se dando mal,são punidas por contrariar uma sociedade patriarcal,é bem discreta a mensagem,mas está ali,pelo menos até agora,pode ser que lá na frente mude.
Tenho visto muito froxismo mesmo de parte dos homens.Diante da mulher e todas as obrigações que ela carrega,os homens parecem que resolveram recuar.Até hoje no programa da Supernanny vi ela dando bronca em um marido,por largar tudo na mão da mulher.Eles recuaram e decidiram que não precisam fazer mais nada,as mulheres que se virem sozinhas.Ficaram ali no sofás com a síndrome do Tufão,da novela `Avenida Brasil ´o maior trouxildo que o país já viu,não sabia de nada,não percebia nada,o mundo caindo,e ele lá,comendo amendoins e jogado no sofá,tão otário que até seu filho,Jorginho era parecido,passou a novela inteira sendo enganado por todos e brincando pelo jardim,como se fosse a fada do dente.
Mas o que está acontecendo?A idéia era a distribuição das obrigações,não a inversão de papéis.Não era bom para a mulher ficar em casa e o homem ser o único responsável pela economia familiar,mas agora é pior ainda,a mulher trabalha em casa,fora dela e o marido resolveu ser a sinhá,todo o dia assistindo televisão,sem fazer nada.
Esse Theo da novela é o exemplo de milhões de homens.Mora com a mãe,que o manipula a vontade,ele tem cara de que não lava uma meia,bobão,abestalhado,e as duas namoradas que aparecem na novela são mulheres ponta firme,daquelas que resolvem a situação,enquanto ele faz pose de macho e fica babando,nem fala direito.
Parece como centenas de homens,anestesiado,trabalha meio no automático e o resto do tempo fica atrás de Morena,com juras de amor e toda aquela babaquice de casamento enquanto o mundo dela desmorona e ele não percebe,porque vive caminhando no meio das flores e conversando com duendes.
Sou alérgica a gente frouxa,seja homem ou mulher,porque não dá pra ser frouxo em um mundo como este,mas homens frouxos me dão a impressão que só estão salvando a própria pele,se fazendo de idiotas para que as mulheres resolvam tudo.
Já cansei de ver casais no supermercado e os maridos a duras penas sabem dirigir o carrinho de compras.É a mulher que se mexe,vai atrás,arruma tudo e os frouxos ali,com seus celulares grudados como se fossem crianças hipnotizadas com brinquedos.
Talvez por isso o Theo me irrita tanto,por ver milhões deles por aí,encostados na boa vida enquanto a mulher se esfola.
Ah,mas elas tem culpa no cartório,quem mandou sustentar e viver com um babaca desses?É verdade,mas eles são maioria,não tem como achar um diferente.É uma nova construção social, diante dos avanços da mulher os homens poderiam ter escolhido participar e tornar a sociedade igual,mas preferiram se fingir de mortos e adotar essa postura frouxa na vida.
Posso apostar um milhão de reais que alguém vai me mandar um email e dizer que seu marido,namorado,rolo,não é assim,pelo contrário,é um homem que colabora,sabe que as coisas tem que ser divididas e até lê o blog da Lola ( o melhor blog de feminismo do Brasil, escrevalolaescreva.blog spot.com)bom,quem tiver um exemplar desses em casa,um marido que não é frouxo,nem Tufão,eu sugiro que mande empalhar e entregue a um museu,porque com certeza deve ser o último exemplar.

Nenhum comentário:

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...