ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

09 novembro 2012

Leiloar a virgindade pode,desfilar não




Catarina no anúncio do leilão





Catarina,tirada do desfile,assistiu quietinha na primeira fila
O importante no Brasil não é o que as pessoas pensam,mas o que parecem pensar.Herança maldita da corte portuguesa,que trouxe esse verniz hipócrita,essa noção de aparentar e assim o importante é parecer uma sociedade civilizada,mesmo que por dentro todos sejam uns animais desbocados.
No desfile da marca TNG na Fashion Rio,o dono da marca convidou para desfilar a famosa Catarina,a virgem do leilão,aquela moça do Sul que resolveu leiloar sua virgindade em um documentário e vai ganhar por isso um milhão e meio de reais,já que um japonês comprou o lance e vai consumar o ato em um avião,durante uma viagem a Austrália,já que fazer isso em qualquer território poderia dar problemas.O japonês vai ter que passar por exames médicos para garantir que não sofre de nenhuma doença,será obrigado a usar camisinha e não acontecerá nem sexo oral,nem anal.Os dois estarão sozinhos em um lugar do avião e quando tudo terminar Catarina dará seu depoimento ao documentário,que vem acompanhando a moça desde que o leilão começou.

O dono da TNG pagou uma nota então para Catarina desfilar na Fashion Rio pensando em promover sua marca,de uma maneira bem sórdida,mas o público surtou e depois de uma dura campanha no redes sociais ele foi obrigado a tirar a menina do desfile na última hora,restando a ela apenas assistir.Modelos reclamaram do cachê que ela ganhou,mais do que o triplo delas  e o público ao saber que a moça estava quietinha ali na primeira fila resolveu vaiar.

Quando eu vi a história do leilão achei um horror.Um cineasta australiano teve a idéia de fazer um documentário,por isso escolheu a moça brasileira e um rapaz russo para leiloar sua virgindade.Tudo que tenha a ver com leilões para fins sexuais me causa horror,mas o fato de ser uma brasileira me incomodou mais ainda.Já temos fama de ser um país frouxo,sem leis,e por isso mesmo um dos principais pontos de turismo sexual infantil.
Eu tinha uma amiga que trabalhava em uma companhia aérea.Um dia ficou curiosa já que via vôos que chegavam lotados ao Nordeste do Brasil,eram rapazes que vinham da Alemanha,Holanda,Inglaterra,Espanha e Suíça.Ela trabalhava nos aviões e começou a perguntar a eles o que vinham ver aqui e se surpreendeu quando soube que a maioria vinha visitar bórdeis infantis,administrados por outros estrangeiros.O mais inacreditável disse ela,era a quantidade de homens que achavam que isso era legal aqui,não havia problemas com a lei.Quem vendia o pacote com tudo incluído dizia isso,que no Brasil sexo com crianças era normal,não era contra a lei.
O governo sabe disso e nunca barrou.Ainda chegam esses aviões lotados e ninguém acha estranho ver tantos homens solteiros circulando pela cidade de mãos dadas com crianças.

Por tudo isso achei péssimo a idéia de colocar uma brasileira no leilão,só reforçou a idéia de um país sem leis,que tem crianças para todos.
É verdade que essa moça Catarina é maior de idade e o corpo é seu,pode fazer dele o que quiser.Mas todas as fotos dela apelam para o lado Lolita da questão e parece que ela é menor de idade.
Vai ter muita agência de turismo lá fora usando esse leilão,dizendo que se pode conseguir meninas aqui por menos de um milhão de reais,já com cinco dólares conseguem uma de dez anos.

O governo brasileiro pressionado com essa história teve o bom senso de recusar o visto do diretor australiano,que ficou proibido de entrar no Brasil.Mais do que merecido,se quer fazer leilão de mulheres que faça no seu país.
Mas nada disso tira a hipocrisia das pessoas.Vaiar a menina,pressionar o dono da marca para tirar ela do desfile não muda nada.É típica reação da classe média,que não gosta de sujar as mãos.Se as pessoas estivessem tão indignadas assim com a exploração sexual de menores já teriam dado um jeito de pressionar o governo.Tirar a menina do desfile não faz o Brasil sair do ranking de maior exportador de crianças para escravidão sexual.

Não acho que foi boa idéia chamar a moça,acho que ela fez um desserviço ao país,sujou mais a imagem e vai atrair mais depredadores aqui,mas vaiando ela não se resolve nada.
Achei muita  hipocrisia tirar ela do desfile e vaiar,mas com o leilão ninguém se ofendeu,ninguém ficou horrorizado de ver uma moça se vendendo.Então essa é a cara do Brasil,a pessoa pode se vender,se leiloar,mas não pode desfilar na Fashion Rio,reduto de pessoas de `bem ´ que não admitem se misturar com gente que faz isso.
Queria ver as pessoas vaiando e protestando no Facebook contra os bordéis infantis em Brasília,fundados por políticos influentes e famosos pelos seus leilões de crianças,aí sim,mas vaiar alguém em um desfile de moda é tão superficial que parece o tempo da corte,só faz barulho,mas não muda nada.

Iara De Dupont (Sindrominha)

3 comentários:

Anônimo disse...

Excelente texto, até adicionei o blog na minha lista de leitura. Você falou tudo, em quanto isso ninguém faz nada contra exploração sexual. Engraçado que seguindo essa onde de vender a virgindade eu encontro a seguinte noticia.

Virgindade de meninas Índias vale 20R$ no Amazonas
http://www.pavablog.com/2012/11/04/virgindade-de-meninas-indias-vale-r-20-no-amazonas/

Engraçado porque essa noticia não teve a mesma repercusão no Brasil.

Claudia disse...

Dar a cara a tapa e fazer o que é preciso ninguém quer afinal "dá trabalho" e ninguém quer se comprometer...é mais fácil compartilhar foto no facebook e soltar comentário malcriado nas imagens pois se só passar a imagem de politicamente correto está bom...

Flor de Maracujá disse...

Bom dia. Como sempre vc tem uma visão critica de todas as coisas. Acho isso isso otimo! Melhor ainda que vc escreva sobre. Sobre as meninas do Amazonas:
"No município amazonense de São Gabriel da Cachoeira, na fronteira do Brasil com a Colômbia, um homem branco compra a virgindade de uma menina indígena com aparelho de celular, R$ 20, peça de roupa de marca e até com uma caixa de bombons."
É insultante, indigno, bestial, inescrupuloso tirar (comprar) a inocencia, a pureza dessas crianças.
O governo finge que nao ve pq assim ninguem presta atenção na robalheira do senado...
Parabens mais uma vez pelos seus pensamentos!

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...