ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

20 setembro 2012

Príncipe William: beijem seus pés que ele chegou




Príncipe William:essa foto justifica derrubar a monarquia

Com o tempo a mente humana tem sido higienizada, principalmente em  moradores de centros urbanos.
Pessoas foram convencidas que as coisas mudaram, hoje é melhor do que era antes. Quem quer água corre para a torneira, não precisa ir no rio e quem tem vontade frango vai ao supermercado, não precisa sair matando galinhas.

E achamos que tudo isso se reflete no nosso consumo, se avançamos é porque podemos consumir mais. Tudo está a venda, sonhos, brinquedos, comidas, ideologias, quem tem dinheiro pode pagar os melhores hospitais e até pode ter uma árvore em sua cobertura se quiser.

Avanços científicos garantem que estamos a milhões de anos de distância dos horrores e das doenças do século passado. Aprendemos muitos truques para construir coisas e agilizar a vida moderna.

Todos acham então que vivemos em tempos modernos, onde a ciência, tecnologia e direitos humanos dão um show de competência.
Mas pior do que ser uma pessoa neste planeta é ter esse chip da cretinice e cegueira na cabeça.

Não sei até que ponto avançamos cientificamente, porque as doenças inventadas por laboratórios não contam.

O que não avança, não importa o século, é o pouco nobre e miserável coração humano, esse não sai do lugar. Ainda é o mesmo, ainda tem os mesmos impulsos que tinha no primeiro dia na Terra.
O coração humano é mesquinho, ambicioso, preconceituoso, racista, elitista, materialista e egoísta, esse é o fator mais importante, o egoísmo que move o mundo.

E os números que temos do  século XXI,esses gráficos que correspondem aos nossos avanços não parecem muito animadores.
Hoje morrem mais mulheres vítimas da violência do que na caça as bruxa do século XV.

Mais tem mais mulher no mundo! Sim, mas tem mais organização, dinheiro, informação e conhecimento, então a conta não fecha para ter tanta violência ainda.

E toda essa onda verde aconteceu apenas porque as pessoas perceberam que não há mais matéria prima na Terra, não há mais recursos, caso não fosse assim o mundo iria continuar na mesma pegada, só destruindo.

Não somos tão bons como parecemos. Estamos apenas medindo as coisas que nos interessam e nos movendo em direção a elas sem dó nem piedade de quem cruzar nosso caminho.

O pessoal dos direitos humanos garante que as prisões em países como Brasil, Vietnã, Malásia, Coreia do Norte e lugares assim são piores do que as prisões medievais, as masmorras, na época que nem se cogitava pensar em um ser humano como ser humano, era considerado um animal.

E agora aparece essa foto do Príncipe William. Não existem pinturas, desenhos, registros do Henrique VIII o rei inglês mais temido no mundo em uma pose parecida.
Estamos no século XXI, como é possível que uma coisa dessas tenha sido feita?
É o coração humano! O mundo é racista, tão racista que essa foto não causou metade da indignação que o filme contra os muçulmanos causou.

Essa foto deveria justificar uma invasão na Inglaterra para derrubar esses parasitas da monarquia.
Já começam a pipocar explicações, onde ele estava a cultura é assim, foi um gesto de respeito e reverência e ninguém se sentiu ofendido por carregar o futuro rei da Inglaterra nos ombros.

A única coisa boa dessa foto é que mostra como o ser humano é cretino, medieval, racista e vive ainda sonhando com esses lugares cheios de reis e princesas.

Somos tão atrasados que ainda temos a Igreja mandando e desmandando em nossas vidas, apesar de tantas coisas já terem vindo à tona.
E São Paulo, a cidade mais provinciana do mundo está na beira de eleger por livre e espontânea vontade uma pessoa ligada ao poder religioso no país.
Mais medieval do que isso impossível!

Dizer que a humanidade avançou porque trocamos as tabernas por cafés chiques no Starbucks não é verdade.
O ser humano ainda é aquela sombra que rasteja entre ruas de lama, se perde na bebida, rouba os outros, trapaceia, procura desesperadamente por sexo e venera um rei que tira dele todo seu dinheiro.

As coisas materiais, ao contrário das pessoas, evoluíram. Uma televisão de hoje não é mais o que era antigamente, mas uma pessoa é a mesma coisa que outra foi no século XV.

Alguém no Facebook, o cortiço virtual mais divertido, a taberna online mais frequentada, disse ''o tempo não existe no coração humano''.
É verdade. Nunca foi tão verdade como nestes tempos sombrios.

Iara de Dupont

Um comentário:

Jean Piter disse...

As vezes eu sinto que você é meu alter-ego. :)

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...