ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

21 setembro 2012

Globo: também mandamos nela (mas isso a gente não sabe)



Também mandamos nela

De vez em quando recebo comentários anônimos engraçados,como este:

`Aposto que a sua vida vai melhorar se você assistir menos à televisão.´
`Tire o bode da sala! ´

Dei risada,mas posso garantir que não assisto televisão,eu acompanho um processo sociológico dos mais interessantes e deprimentes,já que televisão não significa nada no mundo,mas aqui no Brasil é um dos melhores estudos sociológicos que existem.
Por questões políticas antigas todos dizem que tanto a Globo e Record são arbitrárias,retrógadas,opressoras,servem ao poder e a classe dominante,mas quem diz isso eu posso garantir não conhece coisas piores.
É impossível assistir a televisão no México, Venezuela,Cuba, e saber como as pessoas pensam,mas podemos fazer isso aqui no Brasil.
No México os novelistas entregam a novela fechada,é gravada e muitas vezes quando vai ao ar tem meses de ter sido finalizada.Se a novela vai bem,ótimo,caso contrário se encurtam os capítulos e a novela some rápido.
No Brasil os autores entregam os primeiros trinta capítulos,que inclui os primeiros quinze dias,a fase de transição entre uma novela e outra que o ibope ainda mostra que as pessoas estão se acostumando.
Depois desses trintas dias dependendo da situação começa o calvário dos autores.O ibope entrega os números e a Globo,quando eles são ruins,aciona seu centro de pesquisa,pessoas que assistem as novelas,conforme a pesquisa entram personagens,saem outros e assim vai até o ibope se estabilizar.
Em uma recente novela sobre uma mulher robô `Morde e Assopra ´ a rejeição foi tão alta que o autor teve que mudar tudo e quando a novela acabou não tinha nada a ver com a sinopse entregue.
Claro que existem interesses da classe dominante que por sinal são os executivos da Globo,claro que a Globo é uma empresa e tem seus interesses políticos e religiosos,mas ainda assim é mais refém do ibope que Televisa.
No México por exemplo é proibido o autor mencionar alta nos preços de alguma coisa,situação política ou eleições.Aqui no Brasil a regra é a mesma,mas os autores não trabalham debaixo de tantas restrições.
A Globo manda e desmanda no que assistimos,nos produtos que nos colocam na frente,mas quem acha isso ruim que tente viver sem ter opinião,nem sobre a novela.
E as novelas aqui revelam nosso lado mais sombrio,mesmo que a televisão tenha tantos produtos ruins,ainda assim aparece nosso rosto nele.
Na recente novela das seis `Lado a Lado ´ se aborda a construção das favelas.Muito bem feita,mas o público não gostou.No momento ela está em fase de transição,mas já acendeu a luz vermelha lá dentro,mudanças serão feitas.
Outra novela `Gabriela ´ com seus excessos de coronéis,cenas fortes,terrível aquela que o coronel Ramiro mandou torturar duas pessoas,também vai mal no ibope.
A pergunta é por que não queremos ver ou falar de construção de favelas e de coronéis?Ainda somos  racistas? Incomoda ver como os negros foram expulsos dos cortiços,jogados para fora da cidade,quando vemos todos os dias isso acontecer nas favelas que pegam fogo misteriosamente?Os coronéis nos perturbam tanto que nem na ficção queremos ver?
E como explicar que a maior audiência da Globo dos últimos anos foi a cena onde a Carminha enterrou viva a Nina?O que isso reflete?
Nessa mesma novela o público resiste a um personagem gay,quer ver ele ser convertido e acabar com a menina da história.Que sociedade é essa que resiste a um gay assumido,mas bate palmas de pé quando alguém é enterrado vivo?
O pior produto da casa,que mais deveria nos envergonhar é o programa `A grande família ´,a direção da Globo quer tirar há séculos,mas não consegue,porque tem uma das maiores audiências,apesar dos treze anos de exibição.
E quem pode explicar que família é aquela?São classe média baixa,todos brancos e vivem sem nenhum grande dilema,em um processo higienizado.Não tem gays,nem negros,as mulheres nunca se sentiram diminuídas e nunca enfrentaram crises morais ou éticas.
O Brasil é um país de brancos classe média?
E infelizmente nem tudo é culpa da Globo.Eles colocam o lixo na nossa frente,mas somos nós com nossa audiência que vamos moldando o que nos dão e vamos decidindo o rumo dele.
A Globo não obriga ninguém a assistir novelas e se 40% da população aplaudiu de pé uma prática de traficantes,de enterrar gente viva,então temos que levantar questionamentos e perceber que não tão inocentes assim,não somos um bando de babões que assistem tudo e não tem discernimento,quem assistiu a cena sabia muito bem o que estava acontecendo e quem não falou sobre isso na sua casa ou trabalho?As pessoas salivavam ao contar os detalhes da tortura,cadê a pureza do coração brasileiro?
O seriado `A grande família ´foi decisão da Globo colocar no ar,mas é nossa decisão manter ele.
É assim em tudo.
Eu costumo mandar emails a várias emissoras,reclamo mesmo,bato o pé,e posso garantir que é freqüente receber respostas,no México não existe nem central de atendimento ao telespectador,de tão pouca importância que ele tem e em Cuba a pessoa que se arriscar a reclamar da programação do governo acaba na cadeia.
Aqui a gente assiste o que quer e ainda pode reclamar e senão gostar mesmo,pode detonar no ibope.
Pra muitos isso é babaquice,mas pra mim é o começo de um processo democrático,um dia,quando o povo for educado vai saber fazer melhores escolhas e as emissoras vão ter que sambar para melhorar a programação.
As pessoas não tem essa idéia,mas mandamos mais na Globo do que pensam.Está na hora de fazer eles rebolarem para melhorar a qualidade dos produtos que vendem.
O controle remoto na mão é uma arma poderosa.E ainda estamos aprendendo a usar,porque nem votar sabemos.A democracia é um processo lento,mas não somos tão inúteis diante da televisão como pensamos.















Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...