ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

07 setembro 2012

Aprendi a lição! Confiar jamais!




Tem um psicólogo, médium, guru, Luiz Gasparetto que fala umas coisas muito interessantes.
Uma vez escutei ele falando sobre confiança e ele dizia:

- Você é de confiança? Quem é de confiança? Ninguém! O ser humano é mutável, muda o tempo inteiro de ideia, de gostos, de promessas, e quer  cobrar do outro o que não é?

Adorei a teoria, mas ainda estou em fase de aprendizado, ainda confio e claro, não dá certo.

Porque a gente pode confiar na pessoa, mas ela tem seu próprio critério, sua noção de ética, de moral e vai agir de acordo com o que pensa, não de acordo com o que pensamos.

Mas deve ser meu sangue italiano, quando confio em alguém e essa pessoa me decepciona me sinto traída. Ainda não superei essa fase, ainda não entrei no ''foda-se''.


Eventualmente não vou ter saída, vou ter que lidar com isso mesmo, não se pode confiar em ninguém, todos mudam de idéias e cada um faz o que quer.


O problema da confiança é que muitas vezes parece baseada no óbvio, ou seja, se eu vejo uma coisa e concluo que ela é errada, então penso que pessoas que conheço vão ter a mesma ideia. Mas não é assim, o que é errado para mim é normal para muitos, certo para outros, cada um tem uma visão da situação.


Não dá para argumentar, fazer o que? Pegar no telefone e berrar que a pessoa não percebe que aquilo que faz é errado? Mas ela acha certo! Então tá, tudo bem, paciência.


Como diz Luiz Gasparetto na sua palestra, quando confiamos em alguém e essa pessoa falha, a raiva que sentimos é de nós mesmos por ter confiado, porque burrice própria é difícil de engolir.

A pessoa só fez o que achava certo, quem acha errado é problema dele.
Vale a pena confiar? Não, só causa desgaste e não leva a nenhum lugar.

Tem horas que eu não confio nem em mim, então deveria usar essa mesma lógica com os outros.

Mas as pessoas te surpreendem, fazem coisas que vão além da quebra da confiança, elas ultrapassam a lógica. Mas elas são livres e podem fazer o que quiserem.

Se eu confiei, o problema foi meu, não da pessoa. Ela fez o que achava certo e ainda se surpreendeu com minha reação, já que não achou nada de errado no que fez, errada sou eu que achei que aquilo era errado.


A vida é assim mesmo, a gente aprende e repete lições. Há muitos anos eu já deveria ter aprendido a não confiar nem na minha sombra, mas repeti de ano muitas vezes e ainda reprovo nessa lição.

Tem coisas boas no ser humano, mas confiar não é uma delas.

Desta vez aprendi, posso dizer que jamais volto a confiar em alguém, aprendi a lição, confiar nunca mais.

Iara De Dupont

3 comentários:

tames disse...

Penei demais mas acho que agora aprendi a liçao: nao confio nem na minha sombra!!!!
Parabens pelo blog!!!!

Renata Martins disse...

Nossa,é a segunda vez que entro no seu blog, e pra falar a verdade, eu ameiiiiiiiiiii, vc fala tudo aquilo que eu sinto com relação ao "ser humano" que de humano para mim não tem nada!!!! Grande abraço.

Renata Martins disse...

nossa, é a segunda vez qe visito seu blog, e vc fala tudo aqilo qe eu penso com relaçao ao "ser humano" qe de humano não tem nada!!! Grnade abraço.

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...