ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

08 julho 2012

Já namorei gays ( mas eu não sabia que eles eram )



Se aceitar é a única maneira de não se magoar nem magoar os outros

Minha amiga veio correndo me contar sobre seu novo caso. Animada, feliz, parece que agora vai.
Pelo menos, ela disse, não é psicopata como o anterior.

Hoje mesmo li uma matéria no site IG sobre esses psicopatas, mas infelizmente eles não são a única coisa ruim que pode acontecer a uma mulher, a sexualidade pode ser uma coisa perigosa às vezes.


A sexualidade humana é plástica, flexível, mutante, mas depois de tantos discursos religiosos e morais as pessoas colocaram a sexualidade em caixas lacradas, com etiquetas bem definidas.


Tenho uma personalidade forte e não gosto de gente me dizendo o que fazer. Então minha avó disse que eu seria imã para homens fracos.

Carreguei isso e cumpri a profecia durante alguns anos. Namorava sempre um homem mais débil que o anterior.
Como cresci em uma família de homens fracos achei que era normal isso.

Até que cheguei ao último. Coisas estranhas aconteceram, mas já tinham acontecido em relacionamentos anteriores. 


A única diferença aqui é que me afastei para tentar entender e percebi que nunca atrai nem namorei homens fracos, namorei homens reprimidos, os famosos enrustidos, que eram gays e não podiam assumir. Eu era então a fachada perfeita, eles brincavam de serem sensíveis, frágeis e jogavam em cima de mim todas suas decisões.


Um dia em um bar com meu namorado apresentei ele a um amigo gay, que logo me disse no fim da festa que meu namorado era gay. Fiquei de olho e um dia peguei uma conversa no MSN com um travesti, que ele jurou que foi uma casualidade e que era apenas curiosidade.


Juntei as peças e percebi detalhes assim em relações anteriores, como de um namorado que era quase obcecado com seu melhor amigo, preferia dormir na casa dele no fim de semana que na minha.


Mas quem fala disso? Ninguém me disse nada. Minha mãe, minha avó, minhas amigas, ninguém nunca me avisou da possibilidade de namorar um enrustido, um gay de closet sem perceber.


É um assunto tabu e só aprendi porque juntei as peças e com o tempo esses namorados se assumiram.

As pessoas evitam esse assunto e nem por isso deixa de magoar. Saber que você foi usada por alguém que não podia aceitar sua própria condição sexual é nauseante. Não faço ninguém pagar pelos meus erros e pelas minhas neuroses.

É tão fácil saber se estamos ou não namorando um gay! 

Mas eu nunca soube que essa possibilidade existia. Precisei de amigos gays para abrir os olhos e perceber que eu estava saindo com um de closet.
E não tem vantagem nenhuma namorar uma pessoa que não se aceita e te usa para se torturar, tudo é ruim, a comunicação, o sexo, o namoro.

O ser humano só é livre quando se aceita, caso contrário age como um trator, passando em cima de quem está diante dele, engana, mente, finge. Quem já caiu nisso sabe o quanto uma alma infeliz pode ser cruel com outra.


É como diz um amigo, na hora de entrar em uma relação entre não com os olhos abertos, mas com os olhos arregalados. As pessoas dão pistas e avisam quem são, não adianta fingir que não viu.

Gente reprimida, gente que nega sua própria sexualidade é capaz de coisas terríveis em um relacionamento. Pena que eu aprendi na prática.

Iara De Dupont


4 comentários:

Cris Henriques disse...

Oi Iara!
Tudo bem?
Esta é a primeira vez que comento um artigo teu, pois ao abrir o meu blog a tua postagem era a do topo da lista. O tema prendeu a minha atenção e logo depois de ler o resumo, cliquei em "mais...", para ler tudo.
Em relação ao artigo, entendo o teu ponto de vista. É duro sermos enganadas, principalmente por pessoas que são como a lua que não mostram logo a sua face, o seu eu verdadeiro. A hipocrisia e o preconceito, são apenas 2 doenças da qual a nossa sociedade vive. Infelizmente.
Na minha opinião cada pessoa deve aceitar-se exactamente como é, porque essa foi uma escolha que ela fez ao reencarnar. Foi a sua escolha, o seu Livre Arbítrio. O seu karma, é assumir o seu Ser e amar-se a si própria sem preconceitos. A sua Missão é a ser honesta, leal e verdadeira consigo mesma e com todos aqueles que cruzarem o seu caminho. Se optar por ocultar o seu Ser e usar uma máscara, o seu karma tornar-se-á mais penoso e complicado. Porque envolver-se-á numa vida de mentiras em que será um infeliz e fará com que outros sejam também infelizes, devido ao seu egoísmo extremo. Com o tempo essa pessoa será penalizada pelo que fez, pois tudo nesta vida tem retorno.
Não sei se acreditas nestas coisas, mas eu acredito e estudo-as.
Excelente artigo.
Parabéns! :)

Levo comigo o teu banner para divulgar no meu blog e prometo vir visitar-te mais vezes.

Um beijo,
Cris Henriques.

Blog de poesia de amor: http://oqueomeucoracaodiz.blogspot.com/

BOM DOMINGO! :)

Anônimo disse...

Concordo com tudo que disse, já casei com um enrustido, não existe nada pior. Pessoas assim são perversas. O meu ex-companheiro é como li em algum lugar, um perverso em decorrência da homossexualidade recalcada e conscientemente preso num armário que no fundo não gostaria de estar. Não há nada pior para uma mulher do que estar com um homem assim. Acredito e sou a favor do amor, entre todos os sexos, só acho que enganar alguém , mentir e envolver um outro numa rede de mentiras é horrível. Quer ficar no armário, fique, desde que não envolva terceiros. Enfim...

Juliana disse...

ps.também aprendi na prática, e sei bem o que diz.

Anônimo disse...

Sei completamente do que você esta falando, achei seu blog porque meu coração esta tão pesado e dolorido que preciso ao menos ver que não estou sozinha, que outras já sentirão esta dor que a tanto tempo sinto, nunca tive sorte com homens meu primeiro namorado me trocou por um gay, quase todos os caras que fiquei depois descobri que eram gays, e nunca consegui ser amiga de um gay por muito tempo já que dois ex-amigos meus que eram do tipo passivo tentaram abusar de mim, então triste e me segurando apenas na fé que possuo em Deus eu me afastei do mundo, não tenho amigas pois nunca encontrei alguma que quisesse realmente estar em minha companhia sem o objetivo de me fazer mal, roubar, ou enganar, não tenho amigos homens pois aprendi na pratica que eles só queriam algo que eu não estaria disposta a oferecer, desistir de ter amigos gays por este evento passado que me traumatizou, e por fim quando já estou a mais de 3 anos sozinha sem amigos e sem ninguém finalmente aparece um homem na minha vida que parece ser decente, que realmente parece que me ama, então depois de 3 anos descubro rumores de como ele era antes de me conhecer, que ele ficava com os amigos dele, eu já achava estranho ele ser o único dos amigos dele com namorada, e o fato de ele ter mais de 20 anos e nunca ter namorado nenhuma, mas o que eu não conseguia engolir era ele ter desesperadamente que visitar a família dele na cidade que ele morava, já que ele mesmo me disse que não gostava de ir vê-los só ia pra ver os amigos dele lá, tentei fazer umas perguntas pra ele tipo jogar verde pra colher maduro, mas cada vez que eu pergunto pior são suas resposta, pois ele já assumiu que os amigos dele são gays, que eles gostavam de transar entre si só que ele me disse que ele nunca transou com nenhum, mas mesmo assim do jeito que ele fala e do jeito que olha pros lados já é o suficiente pra saber, que estou vivendo a 3 anos outra mentira, mas não posso provar agora descobri tarde demais estou grávida e só penso no pior a todo momento. Rezo a Deus pra eu ter forças de conseguir continuar a viver mesmo com mais esse buraco no meu coração quando chegar a hora de ele finalmente assumir e me deixar, temo por mim e pelo meu filho pois não sei como sera pra ele se isso realmente acontecer.

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...