ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

NOVIDADE!

NOVIDADE!

Nota:O formato PDF dos livros acima pode ser acessado em qualquer plataforma, inclusive Windows, Mac OS e plataformas móveis como Android e iOS para iPhone e iPad.

Os posts mais lidos viraram livros e não estão mais disponíveis no blog.

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

06 junho 2012

Todos odeiam os gordos ?




Preconceito não leva a nada
 Graças a alguns movimentos as pessoas começam a saber o que é preconceito e racismo, duas doenças ainda no DNA do brasileiro .
Todo mundo aqui adora dizer que não é racista nem preconceituoso,mas bastam alguns minutos e isso vem a tona .
A televisão reflete tudo isso, principalmente nos programas de humor, onde piadas com gays e mulheres são a coisa mais comum do mundo .
Três grupos foram ignorados nas regras da sociedade, os gays , as mulheres e os gordos.Mas os gays se organizaram e hoje já sabem mais dos seus direitos, mulheres e gordos não .
Em uma discussão no programa do Roberto Justus com Danilo Gentili, Roberto criticou piadas com judeus e com os negros , mas disse que piadas com mulheres loiras são uma coisa generalizada, então tudo bem .
Lentamente , quase parando, existem movimentos feministas que com o tempo vão conseguir colocar um freio nessa agressão verbal que as mulheres sofrem todos os dias e nos meios de comunicação.
E os gordos ? Ontem aconteceu uma coisa que me deixou pensando.
Eu estava no supermercado e fui para a fila, não reparei que dois rapazes caminhavam na mesma direção e sem querer entrei na fila antes .Só percebi quando um deles gritou na frente de todo mundo -Sua vaca gorda apressada!
Olhei e reparei que eram dois gays .Não tenho nada contra gays, até porque não tenho nenhum amigo hétero, todos são gays .
Mas se eu tivesse dito a eles - Sou gorda e vocês são gays!
O que teria acontecido ? Teria tudo terminado na delegacia, com certeza eu me encrencaria, por ter ofendido a eles .Já quanto ao vaca gorda o delegado diria que eu sou apenas uma histérica sensível que ficou chateada por ser chamada de gorda.
Não tenho preconceitos com gays, pelo contrário, apoio a causa, por isso mesmo me limitei a xingar em genéricos , chamei de trouxas e imbecis .
Mas fiquei muito brava, podiam ter me xingado de tudo, mas foram em cima do preconceito deles, eles lá, super malhados e magros.
Isso mostra para mim o fim do mundo .Porque a agressão que eu sofri eles sofrem quando saem na rua, com certeza escutam coisas terríveis, então por que repetir o que eles sofrem ?
Se eu fosse negra, eles pensariam duas vezes em mencionar isso, porque dá cadeia, mas como mulher e fora do peso, nem o delegado registraria um boletim, imagina, perder tempo com isso.
O ser humano é assim mesmo, pode ser parte de um grupo descriminado perseguido,mas mesmo assim se acha no direito de pisar no outro.
A essência humana é essa, guiada pelo ódio e preconceito .Não teria me incomodado tanto se tivesse sido xingada por um homem branco e hetéro, porque sei que ele não conhece o preconceito, nunca sentiu na pele o que é pertencer a uma minoria que serve de alvo para piadas .
Mas os gays sabem de dor tanto quanto os gordos .Assim como eu fui detonada pela minha aparência, eles também são, também são julgados por uma coisa que não é escolha deles , foi da natureza, assim como a minha, a natureza podia ter escolhido me dar genes mais resistentes a gordura e não deu, eu não tive poder de escolha nem eles tiveram .
Não sou otimista,mas diante dos avanços que os negros e judeus conseguiram no mundo, as mulheres,gays e os gordos podem chegar lá também .
Mas é triste constatar que o ódio existe em todos, o julgamento pela aparência vem de todos.É o fim dos tempos mesmo, chegamos a um ponto onde parece necessário odiar, grupos se separam, se fortalecem e atacam os outros, todos contra todos .


2 comentários:

MiIly Costa disse...

Uma das coisas que mais me perguntei no tempo em que resolvi militar contra o preconceito foi o fato de não entender como alguém que sofre preconceito e sabe a dor que ele causa ser também o aplicador de preconceito contra outra grupos, mas eu mesma me responde de maneira que me fez ter vontade de me desligar de tudo isso de movimento contra isso e aquilo. A questão é que cada um defende onde e no que lhe doe, os gays brigam pelo direito gay e o negro e o gordo que se dane. o gordo que nem quer lutar porque já se acha mesmo desnecessário para a sociedade apenas olha e fica sofrido e vai la e diz que não gosta nem do gay e nem do negro, as mulheres defendem o machismo porque não querem ser gordas e nem menos loiras para que os homens machistas que elas desejam possam gostar delas... e a roda viva nunca termina, o ser humano infelizmente não pensa no coletivo no bem maior pensa no EU e só mente nisso.

Marta SP disse...

Interessante Tenho um amigo gay, estou e afastando dele, pois nas ultimas vezes q saímos ele disse coisas bem agressivas, do nada...Ai, tenho horror à "racha" (pelo q ouvi falar é o órgão sexual feminino), você engordou, credo, não pode...Ele me analisa e me critica tanto ou mais q as mulheres com quem convivo Não dá, é revoltante

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...