ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

24 maio 2012

Day after da Xuxa e o telefone que ninguém atende




Desculpe, no momento todos nossos operadores estão ocupados!
Para que o Brasil possa chegar a ser uma nação justa falta muita coisa. Mas que tanto podemos fazer se temos um Estado ausente?
O brasileiro é órfão de Estado e abandonado pelas leis, então coisas que poderiam ser boas acabam caindo em um abismo.
Domingo passado no Fantástico a Xuxa revelou ter sofrido abusos durante a infância.

O disque denúncia quase colapsou.Centenas de denúncias foram feitas e desde esse domingo os números bateram recordes.
Então ela vai lá no Fantástico, fala isso e alguém do outro lado escuta. Pode ser uma criança, uma adolescente ou alguém que viu e quis denunciar. A pessoa se dá o trabalho de ligar.
E quem atende essa ligação? O Estado deveria atender. Mas não faz isso. Não existem suficientes abrigos para resgatar crianças abusadas, não tem suficientes psicólogos, nem delegacias e as leis ainda não mudaram, ou seja, um país que um crime hediondo, um homicídio, a pessoa fica presa no máximo por 5 anos, imagine um pedófilo, não tem penas longas.

Denunciar é uma das melhores coisas, mas é justo abandonar a pessoa duas vezes? A criança abusada que ligou vai ser abandonada duas vezes, primeiro porque quem devia cuidar e não cuidou e depois pelo Estado.
O Brasil não tem a menor estrutura para cuidar dos seus brasileirinhos, apenas vai reparar neles quando eles começarem a pagar seus impostos.

Perto da onde moro tem um elevado e apareceu por lá há meses uma moça, viciada em crack. Ela apareceu grávida. Dias atrás estava lá com o bebê. Uma moradora do prédio enfrente indignada de ver um bebê de dois dias morando com a mãe na rua, debaixo de um frio medonho, chamou o serviço de assistência social da Prefeitura. Eles foram lá, conversaram e disseram que não podiam fazer nada. Não tem vaga em clínica para a mãe e não tem vaga em nenhum lugar para o bebê. A mãe disse que não queria dar o filho e prometeu largar as drogas. Dito isso, os assistentes sociais foram embora.
É simples assim, não tem Estado.Tem imposto, já que todos os brasileiros trabalham 150 dias por ano para pagar todos.Tem juros abusivos e não tem hospital, nem creche, nem escola.
Fica um bebê, largado no meio da rua, com menos de uma semana de vida e que com certeza será trocado por uma pedra de crack.

E as ligações ao disque denúncia já passaram de 200 mil.São 200 mil pessoas denunciando crimes de abuso, mas estão falando sozinhas, com a linha morta. O Estado não pode atender o telefone, está ocupado juntando as moedas dos impostos.
O brasileiro fala com a parede. Uma parede que cada vez mais oprime até matar.
Impossível um país de órfãos, sem Estado ir para a frente. Um Estado que não atende uma ligação de uma criança, pedindo ajuda, merece mesmo explodir.

Iara De Dupont

Um comentário:

Anônimo disse...

Olá. Seria uma honra se pudesse dar uma olhadinha no meu blog, são de textos, poemas, contos e afins, obrigado. www.SrHawking.wordpress.com/

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...