ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

26 abril 2012

Não somos os únicos trouxas!


O Rei da Espanha, Juan Carlos

Às vezes é um consolo pensar que não somos o único país trouxildo do mundo. Vemos denúncias de corrupção, mas nem por isso parecemos nos incomodar. Os impostos altos também não nos tiram o sono. É como se estivéssemos acostumados a estar assim, levados por governos corruptos e sem noção de bem comum.

Mas essa sensação de não há muito a se fazer, então por que fazer, parece mundial. A Espanha é o último exemplo disso, aceitando uma situação inaceitável, como se fosse uma mulher presa a um matrimônio infeliz.

O Rei Juan Carlos saiu para caçar. Ninguém sabia, mas ele caiu e quebrou o quadril, o que obrigou seu rápido translado a Madrid. Então os espanhóis como a mulher enganada, a última a saber, foram informados que seu Rei no meio de uma das maiores crises que a Espanha já passou, foi caçar na África. Tudo errado, aceitou o convite de particulares, coisa anti ética, já que isso sempre resulta em troca de favores, foi escondido e foi caçar animais selvagens, apesar de ser presidente honorário de uma ONG que defende os direitos dos animais. Foi caçar animais como se pertencesse a uma monarquia do século XVIII, como se ainda fosse normal matar animais por diversão, como se fosse aceitável ver um líder de um país matando animais desprotegidos.

O que os espanhóis fizeram? Nada , só fizeram beicinho, mas perdoaram. Adoram o Rei que levou o país a uma democracia, já que o Rei foi educado por um ditador, Franco e este jurou de pés juntos que quando Juan Carlos chegasse ao trono a Espanha continuaria em uma ditadura. Juan Carlos chegou ao trono e mudou os planos, resolveu abrir o país e instituir a democracia. Por isso é amado e apesar de 6% da população ativa estar desempregada, todos amam o rei.

E o custo desse amor? Alto, milhões de euros ao ano em propriedades e gastos com os funcionários dos castelos. A família dá problemas, o genro do Rei, Inaqui, foi pego desviando milhões de euros dos cofres públicos, criou uma ONG e desviava o dinheiro. Foi pego, mas em um esquema político digno do Brasil, o julgamento do caso tem sido lento e tenta incriminar a todos, para lavar as mãos do genro do Rei.

A Casa Real espanhola prometeu reduzir 8 milhões de euros dos gastos reais, mas até agora nada foi feito, estão na base do ''já vai'' .
Entendo o respeito ao trabalho árduo do Rei, mas é patético ver um país politizado como a Espanha, quebrado e assistindo sua família real levando vida de deuses, caçando, gastando, comendo, vivendo.

A família real tenta disfarçar, mas continua gastando. Publica fotos ridículas da Princesa Letizia, casada com o sucessor do rei, Felipe, em um supermercado comprando frutas e legumes. Bom, se você mora em um palácio vai precisar de muitas frutas para todos! Como se a casa real não tivesse seus fornecedores  e os espanhóis fingem acreditar, como mulher de malandro.

O incidente com o Rei na África levantou uma poeira, que anti monarquistas como eu acreditaram que finalmente o vidro ia quebrar e as 22 monarquias que existem no mundo iam ser questionadas. Mas o Rei se desculpou e os espanhóis não tem problema nenhum em tirar comida de sua boca para colocar na boca do Rei.

Paciência, um dia a casa cai. E será como sempre foi na história, reis caem, mas saem levando tudo, depenando os cofres reais e com pensões milionárias. Mas todos os países que neste momento aceitam sustentar uma monarquia merecem mesmo pagar milhões ao ano, assistir um Rei voltar de um safári com cara de menino pego na mentira e pagar por isso. O dinheiro é dos espanhóis, o problema é deles. Talvez a questão é, da onde eles vão continuar tirando o dinheiro para sustentar essa cambada de sangue sugas?

Iara De Dupont



Nenhum comentário:

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...