ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

13 fevereiro 2012

A sua opinião é seu problema e ninguém se importa com ele!




Demorei muito para aprender algumas coisas importantes na vida.Uma delas foi sem dúvida a noção de que não somos todos iguais.Fui educada para entender o certo e o errado, assim conclui que existiam esses dois lados e as pessoas escolhiam o que queriam.
Também achei que todos tinham a mesma noção de ética.Minha avó dizia - Tudo mundo sabe o que é certo ou não, cada um escolhe.
Acreditei nisso.Até levar umas poucas e boas e perceber que o meu certo não é o certo do outro.Não acredito ser certo animais em laboratórios, mas existem milhões de pessoas que acreditam que isso é certo .

Ética então é como impressão digital, cada um tem a sua.Caráter, moral, retidão também, são valores individuais que cada um usa como quer.Tive muita sorte de ter encontrado algumas pessoas no mundo que pensam como eu, entendemos então o certo e errado da mesma maneira.

Mas fora disso é opinião pessoal.Não concordo em quase nada com a psiquiatria,mas na questão dos psicopatas estou de acordo.Eles não sentem culpa nem remorso, assim são automaticamente seres sem moral e sem ética, apesar de poder ter uma ou outra em diferentes questões.
Acho chato isso, seria melhor mesmo que existisse uma noção geral do que é certo ou errado, em relação a muitas coisas.A única coisa que talvez todos concordem seja com questões ligadas a violência, a maioria acredita em punição , de resto cada um pensa a sua maneira.
Desde que entendi isso não levo mais nada ao terreno pessoal.Alguém por aí disse que um texto meu era de mau gosto.Bom, podemos definir mau gosto ? Não. É impossível fazer isso.Gosto cada um tem o seu.Usou um tom lição de moral, dizendo que era de mau gosto,mas a moral seria a da pessoa, não a minha, então não me ofendo.

Considero o Rafinha Bastos a coisa mais nauseante do mundo.Mas ele vende DVD, faz programas, dá palestras, o que me leva a dizer que é uma percepção minha em relação a ele.
A pessoa considera um texto meu mau gosto porque falei de uma pessoa morta.Eu considero de péssimo gosto dizer que um texto é de mau gosto, assim, sem conteúdo, sem argumento. Muito fácil parar na frente de uma pintura ou música e dizer que é de mau gosto.Quero ver argumentar ou fazer melhor.
Liberdade é isso.Hoje vi um pedaço da entrevista do Laerte, o cartunista.Apoio ele e acredito na divulgação da causa de transgênero. Mas alguém perto de mim disse que era o fim do mundo e ele era patético.Não acho, mas todos somos livres de dizer o que pensamos.

É difícil criticar alguém hoje se pensamos que tudo é individual.A pessoa age conforme a escala moral dela e não sabemos qual é.Talvez por isso escândalos como o de Rafinha Bastos sejam tão interessantes, porque de repente mostram que muitas pessoas pensam o mesma coisa.As vezes passa voando, como em uma nuvem, um momento onde a maioria concorda com o que é certo ou errado.Quando matam uma criança,um animal, de repente todos concordamos que aquilo ali não é aceitável.Pelo menos uma vez estamos unidos na mesma ética.

Iara De Dupont

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...