ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

25 fevereiro 2012

O preço da beleza e o dinheiro que não volta





Como somos um país rico e com os problemas resolvidos todos os dias leio coisas interessantes sobre o consumo. A última delas é que conseguimos passar as americanas e francesas em relação a beleza, elas gastam um pouco mais em produtos, mas as brasileiras são as mulheres que mais gastam dinheiro em tratamentos estéticos.

É uma lista extensa, depilação, hidratação e corte de cabelo, relaxamento, academia, massagem linfática, manicure e um outras mais. E somos tão democráticos que não depende do salário nem do nível social. Ricos consomem tratamentos mais caros, óbvio, mas as mulheres pobres também gastam uma soma considerável em cosméticos de catálogo, esmaltes e produtos de cabelo.

Todas colocam a cabeça no travesseiro sonhando com dias melhores, onde esses tratamentos possam mostrar o resultado.

O preço disso é o país que paga. Mulheres investem pesado em tratamentos e cosméticos, mas não em educação. Centavos não dão liga, mas juntos são somas consideráveis. Um esmalte de dois reais não muda nada, mas ao longo  dos anos, é uma quantia boa. Muito disso as mulheres poderiam investir mais em educação, universidades, pós, mestrados, doutorados. Mas o Brasil ,a república machista não alimenta isso, pelo contrário,querem todas lindas, porque os machos preferem assim, sem mestrados nem doutorados,mas com a beleza em dia.


Já conheci gente que me dizia que não podia pagar uma faculdade melhor, então estudava em uma meia boca. Um dia uma dessas pessoas me contou sobre uma festa e quanto gastou no cabelo. Simples a moça, mas gastou uma fortuna com um tratamento. Juntando isso com o que gastava em roupas, cremes e perfumes, com certeza poderia pagar uma melhor faculdade.


Não acredito que a vaidade tenha que ser deixada de lado, mas gastos podem se reduzir. Sempre tive um pouco de vaidade e já passei por inclemências do tempo, aprendi a gastar pouco e fazer as contas anuais, quanto me custa um creme ao longo de um ano? Assim reduzi despesas e procurei alternativas.


O que me assusta de algumas brasileiras não é nem o que gastam, mas a maneira como vêem aquilo. Parece que o único investimento que elas acreditam valer a pena são os estéticos, como se o mundo começasse ali.


Deus me livre que uma delas leia meu blog, se não passa mal. Mas vou ter que dizer, a batalha com o tempo e a idade é uma guerra perdida para todas nós. Não vale a pena o investimento. Uma vez me ensinaram a fazer a tabela dos dez anos, quanto custa o que eu compro durante dez anos? Seja em chocolates, perfumes ou livros? É assustador ver os números na frente, mas eles te fazem pensar. E daqui a dez anos como vou ter esse dinheiro de volta? Ou ele evapora? Investir em si sempre é um bom negócio, sempre é bom malhar um pouco e comer bem. Mas torrar segundo a reportagem 30% do seu salário em gastos estéticos parece uma conta muito desequilibrada. É quase a metade do salário.


Homens comemoram! Mulheres lindas, cheirosas, caminhando por aí. Não estão na trincheira nem dividindo atenções com eles, nem investindo pesado em educação ou em um futuro mais sólido. Consumimos mais serviços ligados a beleza do que as americanas, mas estudamos menos que as mulheres da Guatemala, nosso currículo acadêmico é um dos mais baixos da America Latina.


Sim, somos as mulheres que mais gastam em tratamentos estéticos do planeta. Pena que isso não leve a nada, não contribua para o país, não nos traga prêmios nem os parabéns. Apenas reforça a ideia de mulheres objeto e a nossa fama mais detestável, o paraíso de mulheres lindas que não pensam.


Iara De Dupont

2 comentários:

Veronika disse...

É triste, muito triste, Sindrominha, mas que homem valoriza uma mulher com um cérebro legal, se tiver celulite na bunda, e um cabelo que não balança? A coisa tá feia! Depois de uma certa idade, em que o corpo e o instinto materno gritam, a gente começa a querer reproduzir, PRECISA atrair a atenção do macho-alfa, e esses, DEFICITÁRIOS de interesse e inteligência para sacarem mulheres decididas, dinâmicas, de bom papo e inteligentes, só nos notam se nos afogarmos no esmalte vermelho, no perfume francês e desfilarmos a boca sorridente de tanto botox e a coxa turbinada no spinning. Eu lamento demais, concordo com cada vírgula do que tu falaste (não acho que seja preciso virar o extremo oposto - UMA OBESA MÓRBIDA DE 160 kg e toda esculachada no visual), mas SÓ MUDANDO A MENTALIDADE DE VÁRIAS GERAÇÕES pra mudar o modo como nós, mulheres, somos encaradas, e os atributos que a sociedade (machista) espera de nós!

§Natasha§ disse...

CUIDADO. Uma mulher que pensa demais pode ser perigosa no mundo masculino. Deixa que gastemos todo nosso dinheiro com essa beleza volátil disponível ao deleite masculino...Que nossos corpo indolentes se submetam aos seus caprichos...que procriemos, nos larguemos e morramos primeiro por dentro e depois por fora...como manda a natureza. Quanto a quem foge dela... Só sobra lamentar por esse cenário pré-histórico.

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...