ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

27 janeiro 2012

Quando o azar vira sorte





Conversando com uma amiga ela me perguntou se eu já tinha achado alguém legal, ela quis dizer alguém para namorar sério. Disse que não e ela logo respondeu:

-Que azar, Iara!

Pois é. Parece mesmo azar não ter encontrado o que parece tão fascinante de encontrar, uma alma compatível com a minha.

Pensando em revistas femininas e programas de televisão não poderia ser mais azarada. Até levando em conta uma psicanalista, Regina Navarro, que sempre fala de relacionamentos, se eu pensar em tudo o que ela diz, então ninguém tem mais azar do que eu.

Mas tudo o que parece certo para os outros, parece errado para mim e vice-versa. Também tive momentos de quebra, também chorei pensando que não era justo perder quem eu tanto queria. Já bati a cabeça na parede e chorei no travesseiro. Gostar mesmo para um relacionamento sério não foram mais de 3 homens em trinta anos de existência.


Não existe muita justiça no mundo, mas o tempo às vezes colabora. Pelo menos o tempo me mostrou que sou a mulher mais sortuda do mundo, quanto mais me conheço mais sorte vejo que tive.


Se tivesse ficado com quem quis ficar, anos atrás, me conhecendo hoje, sei que teria mergulhado na situação e me dividido em dois para lidar com minhas ambições e as dele.

Mas não cheguei nesse mundo com espaço para duas pessoas. Meu espaço é pequeno, cabem meus sonhos, como dividir então minha vida e incluir os sonhos de outra pessoa?
Se tivesse ficado com ele, não seria mais eu. Teria sumido nessa mistura corrosiva de amor e paixão, teria esquecido de muitas coisas.

A solidão na qual vivi durante anos me jogou em um abismo, que me obrigou a me conhecer, para poder me salvar, a solidão me obrigou a olhar no espelho e me encarar, sem fugir pensando em alguém, que não fosse eu mesma.


Posso tranquilamente dizer que errei, mas nunca direcionei minha vida pensando em outra pessoa, meus erros são isso, meus erros, que cometi por ingênua, boba, mas nunca por estar seguindo alguém.


Parece terrível, mas a solidão é uma grande professora, te obriga a olhar para dentro, passar por situações dolorosas e você acaba por entender que estamos aqui para um processo de auto-conhecimento, onde muitas vezes a paixão se disfarça de amor e nos distrai.


Não sou contra o amor, nem os relacionamentos, mas para mim teria sido uma coisa sufocante, que eu teria usado para me desviar de um sofrido auto conhecimento. Como muitos preferiria me perder em loucas paixões, amores, qualquer coisa seria melhor do que me encarar e conhecer meus limites. Mas alguma coisa transformou meu azar em sorte e agora vejo que depois de tanto tempo minha amiga errou. Eu conheci uma pessoa muito legal, legal demais até, me conheci e isso já valeu a viagem.


Iara De Dupont

Nenhum comentário:

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...