ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

29 janeiro 2012

Por que uma mulher quer isso?





Tem coisas que não consigo entender. Até tento, mas escapam dos meus dedos.
Sei que o acesso ao ensino no Brasil é péssimo. Sem acesso  a cultura, ao lazer, nem seus direitos respeitados as pessoas tomam decisões drásticas. Isso pesa mais para as mulheres, já que ao pé de uma educação machista, mesmo quando tem acesso a escolas e universidades sabem que vão trabalhar mais e ganhar menos que os homens.
Mesmo com tudo contra, ainda tenho uma certa dificuldade de entender porque algumas mulheres usam seu corpo como cartão de crédito. Entendo as que não tem mais para onde correr e esse é seu único meio de vida, mas e as mulheres que já tem a vida resolvida?

Isso acontece todos os carnavais. Semanas antes de começar elas lotam revistas, programas e conversas explicando como chegaram a forma perfeita. Se mostram com o se fossem animais, detalhando cada pedaço do seu corpo como se fosse carne pendurada em um açougue.


E qual é o objetivo disso? Eu não sei. Carnaval é uma coisa, mas sabemos que ninguém é obrigado a mostrar o corpo, até porque uma das belezas do carnaval são as criativas e sempre incríveis fantasias.
E da onde sai aquela mulher que quer jogar purpurina no corpo e sair quase nua? Ela sabe, nós sabemos, que está ali para ser admirada e desejada. Mas que extremo leva a mulher a querer isso?

Não entendo. Não conheço no mundo uma mulher mais exibida do que a brasileira, sempre preocupada com a beleza, sempre empinando a bunda, vivendo de uma maneira animal, se comportando como gata no cio.


Não falo isso de invejosa. Mesmo que eu tivesse um corpo perfeito não conseguiria sair nua em uma avenida com todos olhando.

Esse culto ao corpo é uma das coisas mais vazias do Brasil. Não é culpa do carnaval, o verão exige isso, depois o outono, primavera, inverno, doze meses ao ano a brasileira acha que tem que se cuidar como se fosse um animal de exposição.

No carnaval os meses que antecedem exigem dietas, exercícios, preparo de atleta. No dia maquiagem pesada, saltos altíssimos e arranjos na cabeça e no corpo que pesam e machucam. Quase todas acabam machucadas pelas sandálias e pelos enfeites. Acabam exaustas, em carne viva, mas felizes, se sentem realizadas. Cumpriram esse secreto desejo de sair quase nua na avenida e ser idolatrada por isso, como se fossem a fêmea mais importante.

Conseguem algumas, não todas, uma ou outra capa de revista. Levando em conta a quantidade de moças fazendo isso, nem  a minoria sobrevive a essa semana de mídia.

O feminismo vai chegar ao Brasil no mesmo dia do fim do mundo, até lá vamos ver essas mulheres se exibindo e eu vou ficar me perguntando o que leva uma mulher a querer isso, como se ela não valesse mais nada ou fosse incapaz de dar ao mundo algo mais do que seu corpo.

Sempre que vejo uma mulher nua atravessar uma avenida no carnaval penso que é alguém que acreditou naquela história de que ''as feias que me perdoem, mas beleza é fundamental''.

Ah, elas fazem isso pelo ego! Nossa, mas que ego é esse que tira a roupa da pessoa? Não consigo entender da onde vem esse desespero em mostrar o corpo, em ter ele aprovado por todos. Tanto se fala do lugar da mulher na sociedade e eu me pergunto, precisa mesmo sair pelada no Carnaval? Não pode sair usando qualquer fantasia? Por que mostrar o corpo assim, sem nenhum motivo?


Ah, mas parece uma visão conservadora minha! Mas não é. É apenas que não entendo porque uma mulher quer isso, se mostrar, como se não fosse suficiente que todas somos tratadas como pedaços de carne, pra que ir lá e ficar na vitrine do açougue?

É a única escolha que as mulheres têm?
Fundamental na vida são as boas escolhas e usar o corpo como se fosse a única coisa boa é deprimente. Qualquer mulher sabe, nem que seja no fundo, que pode mais do que isso.

Iara De Dupont

3 comentários:

Laila Mirella disse...

Sabe, já cheguei até a achar que só pq me faltavam quase todos os atributos para desfilar nua num avenida é q eu pensava q isso era deprimente demais, mas agora eu vivo na certeza que o que realmente falta é cérebro nessas mulheres cheias de atributos que desfilam nus por aí.

Todas nós podemos mais do q isso, tb confesso que n tenho esperança disso acabar... mas só de saber q existem outras mulheres que sabem disso, já é um alívio, haha =)

Patricia disse...

Iara,o que me irrita(também não canto de invejosa),é que ,do mundo de onde eu venho,mesmo que a beleza um dia despenque,antes disso,ela passa na frente dos estudos e do talento,do caráter e até da honra!Ou seja,até ela despencar,e suas e seus donos(as)perceberem isso,ela já causou estragos irreparáveis na vida de gente honesta e séria,e o pior,essa engrenagem coexiste porque a sociedade "democrática" deixa(os votos vencidos que se ardam!)

Um exemplo:deixa aparecer uma menina bonita no emprego:praticamente sem falar nem abrir a boca,todo mundo já a conhecia,ela se torna superpopular,e quem falar contra,é que tá com inveja,etc...se apontar os assanhados de plantão,então,oohh,quanta maldade existe no mundooo(dirão os bonitinhos!).
mas a mulher cabeça,(tenho visto isto),só porque não é bonita nem influente,suas excelentes idéias passam batidas numa reunião,votam o que bem entendem e ainda dizem que isto é democracia!

Anônimo disse...

Adorei seu ponto de vista, concordo plenamente com esse post tbm. Eu tbm fico a me perguntar, mas sabe de uma coisa? Acho que isso tem uma explicação psicológica tbm. Provavelmente essas mulheres sentem a necessidade de serem veneradas sempre, elas tem medo de cair no esquecimento, assim então, vivem sempre buscando holofotes. Mas como já sabemos, a beleza é passageira, se a pessoa não buscar outra forma de crescer, acaba morrendo na alma e passa ser mais um pobre de espírito. Assim como aquela Val hello é. Uma pessoa tão rica, mas digna de pena. ;)

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...