ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

23 janeiro 2012

Passeata pelos animais? E os que estão nos laboratórios?




Diante da loucura humana com os animais não consigo ser otimista .Hoje aconteceram passeatas em várias partes do país pedindo punição a quem maltrata os bichinhos .
Sou a favor, acho que punição é um bom começo .Mas tropeçamos naquela pedra de sempre, o que pode ser feito já ?
Sim, porque podemos esperar por leis,mas o Brasil não tem estrutura,mesmo que tenha as leis, precisaríamos de muitas coisas para fazer essas leis serem aplicadas .
Quando me perguntam sobre o agora, apenas digo uma coisa : Laboratórios que usam animais .Isso todos nós podemos parar .É só se dar o trabalho de ler a lista de empresas que usam animais e parar de consumir .É uma tarefa um pouco ingrata no Brasil já que não temos tantas opções e a duas empresas que mais usam animais dominam o mercado brasileiro .
Mas se todo mundo durante uma semana não comprar um produto dessa empresa, eles entram no vermelho .
Não adianta só pedir pelos direitos dos animais judiados nas ruas e por donos. Também é necessário como consumidor parar esse massacre .Não coloco fotos aqui de animais em laboratórios porque sei o chocante que podem ser, para quem nunca viu, mas quem tiver dúvidas é só ir no Google .
A Avon sempre foi uma empresa séria, que não fazia testes em animais e inclusive bancava o estudo de testes alternativos sem o uso de animais.Recentemente teve que recuar, quis entrar na China, onde por lei os testes são obrigatórios .Diante de um bilhão de consumidores, a Avon cedeu e retomou os testes em animais .
Não compro mais Avon ,pode não ser nada para quem tem um mercado de 1 bilhão de pessoas na China,mas a Avon tem 800 milhões de consumidores no mundo, se apenas 200 milhões parassem de comprar, dispararia o sinal vermelho deles.
É importante ter consciência disso, podemos fazer muito pelos animais na rua, abandonados e judiados,mas nosso consumo determina o que acontece nos laboratórios.
Empresas que testam em animais não vivem de dinheiro público, eles dependem do consumidor, da pessoa que vai ao supermercado .É nas nossas mãos que está o futuro desses animais .
É bom sair na rua e mudar leis,mas mudar o consumo também é fundamental, no momento que o consumidor diz a empresa que não tolera mais o uso de animais, a empresa é obrigada a recuar e parar com isso .
Para quem tem dúvida sobre o assunto coloquei um link, sem imagens fortes, mostrando ao fim a libertação de uns animais de laboratórios ,um dos vídeos mais emocionantes que já vi .
Colocar leis que defendam animais está em uma caneta,mas acabar com animais em laboratórios está nas nossas mãos, no nosso consumo ,é dever de todos pensar nisso. As leis podem proteger animais,mas o que consumimos mantém eles presos nos laboratórios.

http://veja.abril.com.br/blog/ricardo-setti/tema-livre/videos-muito-emocionantes-os-caezinhos-beagle-que-jamais-haviam-visto-a-luz-do-sol-sao-enfim-libertados/

2 comentários:

Veronika disse...

Isso de testes em animais é meio contraditório: quando se trata de ratos, sou a favor, para o fim de produção de medicamentos, afinal, a reprodução dos murinos é bem mais rápida que a humana, as gerações são mais curtas, e é preciso determinar vários níveis de segurança para liberar um medicamento no mercado, antes de ser utilizado por humanos. É uma questão de biossegurança inerente à Medicina, e não de gostar de maltratar animais. Quanto a testes em cães e etc, não vejo razão para isso, mas murinos (ratos) são, realmente, indispensáveis, a não ser que queira que seja descoberto que tal remédio é teratogênico (dá mutações / malformações) em seres humanos, o que é ETICAMENTE INACEITÁVEL. Enfim, loooonga discussão, muito pano pra manga, mas, não fossem os ratinhos, os quais prezo demais (já tive hamster, amei e cuidei como a um filho), não conheceríamos muitos medicamentos seguros, outros tantos cancerígenos, e nem teríamos adquirido habilidades manuais para realizar transplantes e etc. E tb os porcinos, sinto em admitir! ¬¬

A Medicina não pode evoluir 100% às custas de bonecos de espuma, mas estamos tentando!

Anônimo disse...

Evoluir não é torturar, não há nenhuma justificação para branquear a tortura e a morte, nenhum argumento pode passar por cima da ética e da moral.

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...