ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

10 dezembro 2011

Viva Miss Piggy! (xôô Barbie !!!)


Na casa de uma amiga uma vez ela me mostrou um vestido e me disse que eu poderia experimentar. Na hora rejeitei, dizendo que ia ficar parecendo a Miss Piggy. O irmão dela, que conhecia a Miss Piggy me disse:

-Então coloca, porque você vai ficar maravilhosa, não sei se é a mesma Miss Piggy, mas a que eu conheço se ama e se acha!

Era a mesma sim, a dos Muppets, namorada do Caco. Mas eu conhecia pouco dela.

Agora ela lançou um livro de como seduzir homens, tudo bem, ela é uma boneca de pano, mas a questão é a seguinte  ''Viva Miss Piggy!''.

No século 21 estamos cercados de bonecas mortas vivas, de todos os tipos passando fome e carregando a ideia do padrão de beleza ideal. Miss Piggy é uma porquinha cafona, que usa roupas berrantes, maquiagem e sempre coloca perfume demais. Mas é impossível ver ela e não se apaixonar. Ela é uma diva, a perfeição da auto aceitação. 

O conceito de Miss Piggy é perfeito por simples. Ela se aceita. Pode parecer idiota falar assim de uma boneca, mas a Barbie também é uma boneca e nem por isso passa a ideia de aceitação. A Barbie é estressada, sempre envolvida em profissões diferentes, o cabelo perfeito, o bronzeado certo. Mas Miss Piggy se diverte. Lembro dela em um episódio de televisão fazendo horrores em uma loja de departamentos, procurando um perfume. Ela não está nem aí para nada, se acha o centro do mundo, não fica posando de boa menina.


Queria ter dentro da minha alma um pouco de Miss Piggy. Todo mundo que tem se diverte mais e vive melhor. Quantas divas por aí não parecem a Miss Piggy? Ela é diferente, é gorda, exagerada, mas ela não briga com isso nem com o mundo.

Tomara mesmo que ela invada o planeta com livros, filmes e produtos. Cansei de ver fadinhas e Barbies, o mundo não precisa marcar a diferença, precisa da aceitação que deve existir em cada uma.

Meu irmão questiona que a Miss Piggy não é real, mas é sim. Desenhos e produtos são lançados em base a sentimentos humanos, por isso nos identificamos tanto, porque eles representam o que gostaríamos de ser, a parte lúdica. Brincamos na inocência, sem saber que estamos sendo manipulados pelas empresas. Eu sempre tive Barbies, mas nunca fui loura e magra. Quando minha mãe me deu uma Susy não gostei, ela era meio gordinha e com umas roupas bregas. Eu já estava seduzida pela Barbie e seu mundo irreal.


Uma pena mesmo que não tenha chegado as minhas mãos uma boneca da  Miss Piggy. Acho ela mais correta na maneira de apresentar o mundo a uma criança. Ela não é diferente, ela é uma porca, apenas isso, como a Hello Kitty é um gatinho. Miss Piggy seduz mulheres adultas e vende livros, o conceito atrás dela, por 

isso, porque não tem ninguém como ela dizendo o que ela diz.

Em uma entrevista perguntaram a ela se não se sentia mal por ser gordinha e ela disse:


-Não perco meu tempo com isso. A única coisa que uma mulher deve ser permitir perder tempo é fazendo uma boa maquiagem.

Ah, Miss Piggy, você é de pano e com uma equipe de marqueteiros atrás de você. Mas eles foram mais felizes que a equipe da Barbie. De todos os sentimentos que a  indústria de brinquedos manipula você é o mais positivo.


Melhor ser uma Miss Piggy do que viver como uma Barbie. A Barbie são os sonhos que ninguém pode alcançar, várias profissões ao mesmo  tempo, um guarda-roupa luxuoso para cada estação, carros, aviões, mansões, cabelos perfeitos e loiros voando ao vento. 


Já a Miss Piggy é a mensagem positiva e otimista, se aceite, se divirta e aceite a ideia de que corpo perfeito é o que você tem. Na vida temos poucas escolhas  ou vivemos como a Barbie correndo atrás do impossível ou nos divertimos como a Miss Piggy com o que somos e temos a mão. Parece uma escolha simples. Com certeza é.


Iara De Dupont

2 comentários:

Ludmilla Mattos Pinheiro de Souza disse...

oi, Iara, percebi que você é seguidora do meu blog vida, luar, amor, solar, porém este site está fora do ar, fiz um novo bloga chamado, vida, luar, amor, solar 2, http://www.fadamilla.blogspot.com/

beijos.

Andrea Bitencourt disse...

Iara, achei que na infância tinha sido a única a olhar torto pra boneca Susy!!! rsrsrs
E realmente Viva a Miss Piggy!!! Por um mundo de mais aceitação!!! Será que ainda podemos sonhar com isso??
Beijos!!

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...