ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

31 outubro 2011

Quer ser infeliz? Faça dieta!


Segunda feira é o dia mundial para começar a dieta. O problema é que todo mundo desconta no fim de semana, já que a tortura começa na segunda.

Geralmente tenho disciplina alemã para fazer as coisas. Sou virginiana, não saio da dieta. Mas de repente uma onda me pega.

Eu ia bem, até perder a guerra. Coisas acontecem, coisas não mudam e eu começo a guardar angústia. Não tem sentido verbalizar, já que não posso resolver os motivos da minha angústia que vira desespero.
Tem gente que tem dor de cabeça e usa uma aspirina. Tem gente que usa antidepressivo, cocaína, bebida, maconha, sexo, exercícios, qualquer coisa para sair desse lugar na alma onde alguma coisa dói e não se pode mudar isso.

Mesmo não querendo, comida para mim é anestésico. Assim que começo a comer a dor passa e a angústia some. Mas isso tem um preço alto e não é apenas engordar. Depois de comer me sinto péssima por perder o controle, fico cheia de culpas e calorias.

Tento me consolar pensando que perder a batalha não significa perder a guerra. Mas tenho tantos anos no meu Vietnã particular que já não sei quando estou em uma batalha ou uma guerra.

Fazer dieta para mim tem sido como viver na Faixa de Gaza, qualquer movimento é estressante. É difícil ficar base de verdura e bife de soja, mas também é péssimo comer chocolates e carregar a culpa, que ainda pesa mais do que a comida.

Começar a dieta na segunda de novo é apenas uma ordem do meu senso comum. Minha alma acha tudo isso sufocante, um saco medir comida em um momento que minha vida não tem medida em nada.

Controlar o corpo é um meio de controlar a mente, já me disseram isso. Não penso que seja assim. Controlar minha vontade de comer meus chocolates é quase como controlar uma suposta felicidade. Existem momentos na tua vida que a felicidade vem de muitas coisas e existem momentos como o que passo agora, onde o chocolate é meu único amigo, meu único conforto, nesse mar de vida que levo. Deixar ele e começar de novo uma dieta me derrota em todos os sentidos. Mas não tenho escolha agora, talvez por isso seja outra batalha perdida, talvez por isso tenho que começar de novo essa guerra. Só espero sair viva.

Iara De Dupont

Nenhum comentário:

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...