ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

08 agosto 2011

Se o tempo não ajuda, então serve pra que?


Difícil saber para que serve o tempo. Acredito que em partes deve ser para poder olhar para trás e não repetir os mesmos erros.
Uma grande amiga me confessou que ainda ama seu ex-namorado e que apesar de casada com outro e com filho largaria tudo para ficar com ele.

O seu ex é meu primo, por isso conheço a peça e sei que não vale nada. Meu primo tem todos os defeitos que um ser humano pode ter e ainda por cima é enrustido.

Não resisti  perguntar a ela se já tinha esquecido o que passou nas mãos dele. Todas as humilhações e as ausências. No dia que ela enterrou o seu irmão ele não estava. Nem no dia que enterrou seu pai.

Não pôde ir porque não quis se envolver, conselho de sua psiquiatra, se você não está bem, não vá, disse ela. A sua namorada que chore sozinha em cima do caixão.
Já fazem mais de 7 anos que ela se livrou dessa cruz. E não é a mesma. Ao contrário dele, ela andou pra frente, fez sua vida.
Então o tempo não serviu? O tempo não ajudou ela a perceber que merecia mais do que ele, que ninguém merece passar por tantas humilhações e sofrimentos?

Fiquei sem entender. Pra mim o tempo é assim, um corredor que te separa de quem você é, de quem você foi. E ao olhar por esse corredor podemos compreender onde erramos e onde fomos tratados de maneira abusiva.

Também namorei canalhas, também gostei demais, mas amar ainda ou sonhar em largar tudo e correr aos seus braços faria de mim uma refém de uma lembrança horrorosa. Já não sou a mesma, por isso não posso permitir que me tratem como tratavam antes.
Amor é isso? E depois de anos ainda amar quem tanto te bateu e humilhou?

O tempo serve para isso, para reconstruir nossa auto estima, para aprender a importância da nossa vida e nos dá oportunidades de conhecer pessoas melhores.
Mas temos que ser honestos e admitir que fizemos nosso caminho amando as pessoas erradas. Mas temos tempo para mudar isso.

Ela com a distância deveria ter percebido quem era ele, isso é presente do tempo, ver as pessoas como elas são.
Não sei porque ela ficou presa a uma imagem terrível de um homem que humilhava e abusava dela. O tempo ajuda, mas temos que segurar nosso coração na mão, ele não pode fazer nada se largamos o coração lá trás.

Iara De Dupont

2 comentários:

Aline disse...

Fiquei com a impressão que esta postagem foi pra mim... estava realmente precisando ler estas palavras, e principalmente me convencer delas. Muito obrigada mesmo!

Poeta da Colina disse...

O tempo não cura, mas passa e coloca tudo em perspectiva, diminuindo os pesos de tudo que já deixou de estar, e que nunca virá a ser.

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...