ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

03 abril 2011

Alegria e paz


Insisto nisso, porque eu mesma me prejudiquei demais com essa história de dois que se ''tornam um''. Uma amiga me diz que está mais do que apaixonada, garante que seu Romeu traz paz e alegria a sua vida. Não discuto com gente apaixonada, nem argumento. Mas os homens são mais felizes nisso, aprendem logo que são uma unidade, que eles sozinhos se bastam. A mulher não. Pelo contrário, aprendem que são apenas o resto de alguma coisa que precisa achar logo o pedaço perdido para ser alguém.

Ninguém pode te trazer paz ou alegria. São duas emoções que você mesma tem que criar, não existe ninguém na Terra que possa colocar elas em bandeja e trazer pra você. Alegria até arrisco dizer que talvez os filhos possam trazer, mas a alegria principal, aquela de estar vivos e com planos, essa vem de dentro. Se essa minha amiga depende do Romeu para isso, como será se eles terminarem? Vai ficar pior que apenas deprimida, porque ele vai levar embora essa alegria e paz.


O outro não traz nada do que está faltando, apenas pode somar. Se você tem essa alegria e paz, pode somar com o outro, mesmo ele indo embora, você fica de pé.


As emoções com o outro se vivem, não se criam, e muito menos se depende disso para ser feliz. Como mudar isso? A mesma coisa de sempre, mudando a vida, procurando coisas que te façam feliz sem necessidade de outra pessoa. Mas quem começou a namorar cedo tem dificuldade em fazer isso, porque os homens são absorventes demais, a mulher sempre tem essa disposição de dar o tempo dela para eles.


Depois desses relacionamentos  a pessoa acaba em mil pedaços, fazendo a viagem de volta, tem que catar todos os pedaços, juntos, e descobrir quem é. Mas nessa descoberta acaba percebendo o tamanho dos pedaços, e que eles juntos fazem uma pessoa inteira, o desenho de uma vida. Então se percebe que o outro é isso ''o outro'' e que inteira tem uma vida pela frente, sem depender de ninguém para ser feliz.


Iara De Dupont



Nenhum comentário:

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...