ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

22 março 2011

O mundo lá fora


Uma vez alguém me mandou jogar tênis. Essa pessoa disse que eu precisava disso, porque o tênis é um esporte individual, onde você aprende a se virar sozinho e focar no objetivo. Não dei muita bola na época, mas acho que hoje entendo o que quis dizer. Às vezes diante do mundo acho que me faz falta fôlego, mas esse de atleta, daqueles que treinam durante horas e sete dias da semana.

Não consigo absorver tudo que é dito, não consigo acreditar em tudo que leio. Me sinto saturada  diante de tantas opções.
Brinquedos com aplicativos me dão tédio, fico desesperada, perdendo tempo em coisas que não significam nada. Esse vem sendo meu dilema, o tempo perdido em coisas que não significam nada. E as coisas me cansam e morro de tédio.

De tudo que leio tenho que duvidar, de tudo que assisto tenho que me perguntar o que aquilo significa.

Essa vida fora de nós cansa muito. Tenho vontade de me jogar na grama e pensar na vida. Moro em prédio, não tem grama por perto e se tivesse não poderia fazer isso, com certeza alguém reclamaria que isso maltrata a grama. Manter meu olhar em um mundo que é um caos, um mundo que parece destinado a dias sombrios me deixa tão exausta que às vezes penso que meus esforços não valerão a pena.

Mundo chato, politicamente correto, individualmente errado, cheio de aplicativos e status em páginas de relacionamentos. Não sou esse ser humano interessado em tudo e menos ainda em tecnologia. Por mais que a tecnologia avance, continuo com crises existências, ainda me sentindo uma alienígena, mesmo com meu skype ligado me sinto sozinha, mesmo com meu Facebook dizendo quem eu sou, me sinto perdida.
O mundo lá fora é mesmo previsível e distrai com tantas cores. Mas participar dele não me leva a nenhum lugar que me interesse. Prefiro olhar pra dentro, mesmo que isso seja mais dolorido do que me distrair com as luzes de lá fora.

Iara De Dupont

2 comentários:

Amanda disse...

è estou no mesmo caso que o seu esse mundo já não me basta me sinto muiot estranha

DISSIDENTES disse...

Olá Iara, tudo bem?
Bom, desde que descobri seu blog, eu o tenho lido com uma certa freqüência. Pelo falo de me identificar com seus textos.
Gosto de ler a saber que não sou só eu que penso de uma maneira diferente da grande maioria das pessoas.
Bjos!!

Toni (Dissidentes)

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...