ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

26 fevereiro 2011

Direito de todos


Existem coisas que acontecem sempre e nem tem como evitar. Uma delas é minha caixa postal cheia de e-mails furiosos, cada vez que venho aqui e menciono as mulheres. 
Lamento se não fui bem interpretada, mas o que eu falo é baseado apenas no meu olhar, o que vejo ao meu redor.

Nos meus dias mais felizes acredito que as pessoas, a maioria delas faz besteiras por ignorância. Conheço muita gente que não sabia que usavam animais em laboratórios para testar produtos de beleza. Sem saber disso, as pessoas consomem as marcas erradas, mas apenas por não saber.


Em relação as mulheres, acredito ser a mesma coisa. Erramos porque nos educaram de uma maneira equivocada, onde se preserva o todo e se nega a individualidade.


Mulheres executivas bem sucedidas são vistas com mais desconfiança se não são casadas ou tem filhos. Durante séculos a igreja, o Estado e a sociedade fizeram e ainda fazem de tudo para apagar a mulher, a força feminina. Convenceram a mulher da importância de um homem na sua vida e todo aquele blá blá que vem junto.


Fomos desenhadas como princesas que esperam um príncipe e belas adormecidas. As bruxas, as poderosas, sempre eram feias e odiadas por todos.


Quando venho aqui e falo disso, apenas expresso minha revolta com a maneira que a sociedade trata as mulheres e elas mesmas permitem. Não tenho medo do machismo de um homem, mas me escondo debaixo da mesa diante do machismo feminino, porque não tem explicação.


Se alguma mulher vem ao mundo para servir um homem e quer isso, é problema dela. Mas faço questão de dizer que não viemos todas ao mundo para isso. Somos seres livres e um homem não define nosso destino, cada um faz o que quiser com sua vida, mas a liberdade é direito de todos.


Iara De Dupont

3 comentários:

Thiago Quintella de Mattos disse...

Tudo isso é resultado, sintoma talvez, da massiva ideologia machista. Apesar de ainda existir em muitos rincões, vem felizmente diminuindo. Excelente reflexão!

Marta M disse...

Vim aqui ter clicando...
E gostei imenso do nome deste blog e..de tudo o que pude ler por aqui.
Muito resumidamente, a ideia do machismo feminino é absolutamente inexplicável, tem razão.
Como se se quisessem perpetuar pou justificar um modelo que, até para elas, é falido..
Enfim.
Boa semana
Marta M
www.domeulugar.blogs.sapo.pt

Ɲic... disse...

Boa noite... Novamente aqui estou eu, e muito me interessa esse assunto, afinal todos tem um ponto de vista diferente... E vejo que seja um complemento do texto anterior e devido a isso me veja "quase" na obrigação de responder, mas estou adorando, pq tem um lado divertido disso...

Mas vamos lá...
Não sou machista feminina, pelo contra´rio, sou muito independente e não vivo em função de um homem, porém, sou uma pessoa que amo os homens e necessito de tê-los ao mesmo, vendo isso que a maioria dos meus amigos são homens... e a explicação disso é a falsidade feminina.. eles nesse ponto são 100% fiéis. E amo um bom sexo e pra isso falta a outra parte tem que ser um HOMEM... Masturbação é uma delicia, mas ainda não atinge o prazer total rs...

Enfim, como havia dito, não acho que devemos ser a "cama de prego" de um homem, até pq isso é de fato um fator principal para a traição, "buscar o que não se tem em casa"

E isso será que é ser machista feminino? Ou amar e ser amada, desejar e ser desejada, respeitar e ser respeito... E o principal... ter "cumplicidade mútua".

No mais, eu repito, atrás de um GRANDE HOMEM existe sim uma GRANDE MULHER.


E é essa mulher que falta no mercado, a mulher que eles ainda procuram.


Grande beijo da Nic!

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...