ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

12 janeiro 2011

Os outros


Em algum momento somos acostumados a ver os outros, o sucesso, o fracasso, as descidas e as subidas. Não conhecemos de perto o esforço dos outros, mas mesmo assim falamos. O problema que isso gera é o pior possível, de tanto olhar para fora não olhamos para dentro.

E a vida voa, pensando nos outros e falando deles, mas nos esquecemos de pensar no nosso próprio esforço, em quanto podemos ser bons em alguma coisa .

Vivemos em uma sociedade onde é importante elogiar o esforço alheio, o trabalho alheio e diminuir o próprio, já que pessoas que saem por aí dizendo que são maravilhosas rapidamente são julgadas com metidas, desequilibradas, arrogantes.

Mas se eu não olhar para o meu próprio trabalho, meu esforço, ninguém vai olhar e pior que isso é que ninguém pode valorizar tudo o que eu ralei, porque só se eu sei o que passei.
A minha historia só pode ser contada e valorizada por mim. Deve ser resto de alguma educação cristã, onde reconhecer o próprio trabalho é uma coisa ruim, coisa de quem não serve a Deus.

Quando tropeço e esqueço de mim, tudo de ruim acontece. Se não valorizo meu próprio esforço, o sangue derramado, a poeira da estrada, as pessoas passam por cima de mim, pessoas que fizeram menos ganham mais, vivem melhor.
Porque o segredo é esse, não é quem faz menos ou quem faz mais, o segredo é que a vida favorece quem se respeita, quem respeita seu trabalho, quem honra seu passado.

Pode parecer coisa de gente metida mesmo, mas se respeitar, respeitar todas os obstáculos encontrados e vencidos é respeitar a vida.

O importante é respeitar todo mundo, mas entender que não se pode estender a mão e cumprimentar sinceramente outra pessoa pelo esforço se nunca fizemos isso com nós mesmos.
Passar a vida sem se valorizar e se parabenizar por tudo conquistado, mesmo que seja pouco, é como passar uma vida se ignorando, sonhando em ser o outro.

Iara De Dupont

Um comentário:

Nêga disse...

Adorei!
Hoje em uma terapia em grupo (huahauhauahua) com as amigas de trabalho tentando me motivar e me levantar, me disseram que eu olho a vida dos outros com medo de encarar a mim mesmo. E é bem isso, precisamos parar de olhar, a mochila do outro, o que é mais fácil que está na nossa frente e encarar o peso da nossa que está bem colado em nós!
Sempre me disseram pra ser humilde, modesta, e o que isso me ajuda?! Só me ferro!!! As pessoas que são cheias de si, se dão super bem!!! E aquela coisa : se ame, pros outros te amarem. De amor, para recebe-lo.
Beijos Iaia.

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...