ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

24 janeiro 2011

É questão de talento


Para se viver bem tem que ter talento. Felicidade exige talento e muito. Dizem que é melhor levar as coisas com alegria, coisa que como tenho pouco, reservo. Mas talento para ser feliz eu admiro.

Como minha vizinha. Arrasta móveis o dia inteiro para limpar a casa, paixão louca mesmo, não importa o horário, arrasta de manhã, de madrugada, de tarde. Tem filhos pequenos e poderia sair com eles, ir ao parque, mas para isso precisa talento para ser feliz, para aproveitar a vida.

Poderia estreitar os laços com eles, mas os móveis e o chão limpo exigem muito tempo e paixão.

É simples se perguntar porque não somos felizes. Porque não temos talento! Ou talvez até temos, mas fizemos as escolhas erradas.


Venho de uma família de imigrantes, conheço bem o descontrole emocional. Não leva a nada. Mas se acostumaram a viver assim, na falta de talento para serem felizes, tem talento de sobra para criar desgraças.Tudo dói, tudo machuca, tudo magoa. Tudo, tudo mesmo, vira uma ópera, quando não está nos gritos, está no choro, no desespero.


Emoções são como bebida, não são para serem levadas ao limite. Causa desgaste emocional e cansa todo mundo. Emoções exageradas, sem controle, abrem a porta da loucura.


Azar o meu, carma, cruz, não sei, de ter nascido em uma família que tudo tem que ser vivido na dor. Porque senão não se justifica a existência humana, rastros de educação cristã, aquele que Cristo quer soldados que sofram nessa existência.

Mas ser feliz não é sorte, é questão de ter talento para isso.

Iara De Dupont

4 comentários:

Thiago Quintella de Mattos disse...

"Emoções são como bebida, não são para serem levadas ao limite" Falou tudo!

N@nd@ disse...

Concordo com o que vc diz
Talvez eu tenha esse talento, pois consigo ser feliz, mas quando levada ao extremo do cansaço, pq me supre a falta da dor e do sofrer que tanto cultivei e agora não tenho mais.
Sou de emoções exageradas, mas hoje acredito que sejam uma falha no meu caráter, pois só me fizeram mal. Mas acho que sou viciada em sofrer depois de tanto tempo.
É mais difícil ser feliz pra quem se acostumou a sofrer.

me disse...

eu também tenho um especial, chama-se comportamento-obsessivo-compulsivo, para limpeza e higiene. e fobia à gravidez.

o que a "N@nd@" diz é verdade "é mais difícil ser feliz para quem se acostumou a sofrer".

Luciana disse...

Poxa, acho que vc deve ter uma família como a minha, dramática, italiana, tudo se resolve(RESOLVE MESMO???RS...) aos berros. Cresci assim , aprendi a ser estressada e sou depressiva, claro agora depois de adulta a responsabilidade é minha para ter talento e ser feliz...Agora se pessoas que são escravas de suas limpezas vivem felizes , melhor pra elas, o duro é ter consciência e não conseguir se livrar dessa escravidão. O duro é ser lúcida e não conseguir se livrar de uma genética que prefere que tudo seja problema ao invés de viver em harmonia , aproveitando o dia. Queria aprender e vou conseguir , luto pra viver como a antiga frase"Carpe Diem".
Beijos

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...