ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

14 dezembro 2010

Tem dias que ...


Pior que uma guerra é uma guerra perdida. E mais ainda se for uma guerra pessoal. Nas guerras pessoais nunca se sabe quando parar, parece que entregar os pontos define quem você é pelo resto da tua vida. Não sei até que ponto devemos aceitar o que somos e largar mão de entrar em batalhas perdidas. Tenho dias de soldado derrotado, de não saber nem o que significa carregar a farda .Venho de uma família de gordos, pelo menos por parte de pai ,nenhuma mulher foi presenteada com uma boa genética  .Sendo de mãe magra e vivendo no mundo que estamos sempre fiz dieta .Se cada dieta ou novidade, ou exercícios contam como batalhas perdidas, então eu já superei os americanos .O problema do meu Vietnã é que não termina nunca .O batalha pelo peso contamina tudo em você, a maneira como você vê o mundo, a maneira como se sente, o humor .Acho engraçado as pessoas sempre falarem do péssimo humor que diz a lenda que existe na TPM .Humor de dietas é mil vezes pior e mais tóxico .Em um ataque de loucura resolvi reduzir mais ainda minha alimentação e ganhei 4 kilos.Não é nada .Nem se compara com as tragédias reais do mundo ,mas depois de 30 anos em guerra pra mim cada ponto conta .Diante de outra batalha perdida penso se seria saudável abandonar a guerra. Sim, eu fracassei, sabe Deus quantos soldados ( células boas ) eu matei em nome da fome, sabe Deus quanto meu organismo está prejudicado e meio doidinho, trauma pós-guerra. Tiro comida dele e ele engorda, tá doidinho mesmo, louco de guerra.
Mas de repente acontecem esses dias ,você acorda e pensa - Não tenho mais forças para isso .
 Não sei nem que tipo de pessoa eu teria sido desde o começo senão carregasse essa maldição comigo.
Abandonar a guerra pode ser mais complicado do que parece .Quisera eu abandonar ,mas ao ver familiares sei que o final poderia ser pior .Imagino que geneticamente meu organismo seguiria seu destino e então eu ficaria muito gorda .Qual o problema ? O problema de ficar gorda é a qualidade de vida que se perde .Sempre malhei e não gostaria de parar, nem de ter todos aqueles problemas de saúde que um corpo carregando 30 kilts a mais pode ter .
Parecem dois caminhos .Ou paro mesmo e morro de uma vez ou continuo me matando devagar, continuo submetendo meu organismo a dietas de prisões chinesas .Talvez seja carma .Mas a sensação de guerra perdida é a pior de todas .Quem briga e vence a genética ? E vale a pena uma vida assim, brigando sempre em uma batalha que parece tão pequena? Só Deus sabe.

3 comentários:

Poisdron disse...

O grande problema é a quantidade e qualidade, cortar a alimentação pode engordar porque já não há uma qualidade, e o organismo não funciona direito. Tenho uma amiga que tem bulimia, e não come quase, mas é pior, para você ver que o maior inimigo somos nós mesmos.

A lei da atração funciona? Sim nestes casos, acho que você pode vencer a guerra mudando a maneira de pensar, o que é físico vem depois.

Abraços!

Anônimo disse...

Entendo-a perfeitamente, suas palavras são como que o reflexo do meu espelho.
O que habitualmente me respondo é que uma Dieta é um estilo de vida. Quando a abraçamos, nunca a poderemos largar.
No entanto, podemos sempre "apurar" nossas escolhas e decisões, optando por alimentos saudáveis.
Perder peso, manter peso baixo, agilidade e rapidez de raciocínio, não implica passar fome. Mas sim, seleccionar melhor o que comemos, de que forma o fazemos e perceber qual a função de cada alimento na nossa dieta.
Não misturar alimentos de rápida digestão com alimentos de lenta digestão é um dos segredos.
E acima de tudo.... A decisão é sempre nossa!

L disse...

Procure um nutricionista e peça orientação para fazer uma re-educação alimentar. Perdi 12kg assim e deixei pra trás uma depressão imensa. Gastamos tanto tempo e dinheiro com coisas tão banais, se dedicarmos um pouco para nossa saúde e bem-estar, estaremos verdadeiramente nos cuidando.

Boa sorte, querida.

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...