ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

10 junho 2010

A balança



A definição não vem de fora, vem de dentro. O problema é que escolhemos errado o que nos define. Tenho lido muitos blogs de pessoas que lutam contra o peso. Admiro isso, fazer um blog, colocar o peso e tentar escrever a respeito disso. Mas tenho lido um excesso de dietas, truques, sucos e calorias. Em poucos blogs vejo o ser humano que escreve. E posso falar desse assunto com toda a propriedade, porque das poucas coisas que me acompanham na vida a questão do peso tem sido uma tortura constante.

Mas a minha luta não é subir ou descer os pontos da balança, mas sim descobrir o que me define. Porque durante anos fui definida e me defini pelo peso.

Cheguei ao ponto de me pesar todas as manhãs e conforme o número assim seria meu dia. Um quilo de menos o mundo receberia meu amor e generosidade, cem gramas a mais e o mundo receberia meu ódio. 

Demorei para perceber que meu peso não define meu caráter. O pesado ou leve é uma definição externa de uma indústria, que vai conforme seus interesses. Os médicos tem uma tabela, que consideram ideal, apesar de ser muito discutida, a moda tem outra, a mídia tem outra e assim as pessoas vão construindo o que elas chamam de definição, mas em base a interesses alheios. Acho que ter um bom peso, ser uma pessoa saudável é fundamental. Mas isso deve ser respeito ao corpo, não definições de indústrias. Eu por definição alheia, já estou fora da pista. Mas não me incomoda como antes. Porque definição externa não faz ninguém  melhor. Eu não tenho que vigiar meu peso ou contar minhas calorias.

O melhor para mim é me definir pelo o que eu sou, pelo o que eu penso. Não é a balança que vai me dizer o que fazer da minha vida. Sou eu, minha alma e até agora não consegui pesar ela. Acho que Deus é sábio, ele deu peso ao corpo, que não é mais do que um vestido, assim a gente pode pesar e ficar com essas neuras, mas a alma ficamos sem saber o peso, apenas sentimos ela pesada quando já fomos longe demais nos sentimentos errados.


Iara De Dupont 

15 comentários:

Jorge Purgly disse...

Oi Iara, gostei muito do seu blog. Admiro sua sinceridade que te dá credibilidade.
Um forte abraço,
Jorge
P.S.: Obrigado por seu comentário e por sua visita ao meu blog.
Acredito que você vai gostar também de
http://universotrade.blogspot.com

Dany Aoki disse...

oi Iara! obrigada pela visita! tb adorei o seu blog, gostei muito do seu último post, realmente é isso mesmo, esse mundo está muito manicado com peso, dieta e tal. Eu fiz o blog com a intenção de trocar experiências a respeito de emagrecer, mas principalmente busco ter uma vida mais saudável.
Adorei o seu jeito que vc escreve, muito legal o seu cantinho, já estou te seguindo tá, bjos.
um ótimo dia pra vc***

Michelle Muniz disse...

Olá, Iara! Obrigada pela visita ao meu blog! Estou retribuindo a gentileza! Um abraço!

Janaína disse...

Adorei o que vc escreveu e também concordo com vc. Somos nós que temos que nos sentir bem e não a sociedade impor nada para gente. Até por que hoje em dia 0 manequim 38 agora 36. Bom vou colocar o link do teu blog e vou seguir vc.
Beijo e bom dia

KATHERINE disse...

Ola

Bom Dia!!

É isto mesmo, que precisamos ouvir - seu post é nota 10 - sem neuras -
Eu ja fui compulsiva - ja tive bulimia - mas tudo teve seu tempo - ja fui em psicologas - nutricionistas e tals, mas ninguem reslveu meu problema - se não fosse euzinha - é uma coisa entre eu e eu - !!!!!!!!Certo que algumas pessoas contribuiram par isto - mas a ajuda veio de mim mesma - do meu amor por mim!!!

Seu post é nota 10

Eu espero sempre sua visita no meu blog!!

To te seguindo

Um beijo

Hana disse...

Show adorei seu espaço, aki te sigo aki te leio aki fico te lendo!
com carinho
Hana

Elis (ou não!) disse...

Oi, obrigada pela visita.

Meu blog estava um pouco abandondo, sua visita me fez reviver meu espacinho de desabafo.

Muito bacana o seu blog.

Inercya disse...

Eu era muito acostumada a me pesar praticamente todos os dias, mas acho que isso é paranoia. é como voce disse, peso nao define a pessoa como é. Gostei muito do texto. :*

M@ria disse...

“Num deserto de almas também desertas, uma alma especial reconhece de imediato a outra.”

Caio Fernando Abreu

Feliz Noite e beijos meus!! M@ria

Iara disse...

Oiii Adorei teus textos, parabéns, vou te seguir, :D e obg pela visitaa!

Nathalia disse...

talvez o erro seja a eterna procura por definições.
(:

Nane disse...

Lara, primeiro foi um prazer ver vc no meu blog. Quanto ao peso, acho que a importância dele é de acordo com a saúde. Se não preudica essa, então a estética não tem a importância que dão a ela. Porque como vc mesma disse, a alma é o que conta, e essa não tem como enganar a balança...

Nane disse...

Primeiro agradecer a sua visita ao meu blog a as suas palavras. Depois dizer que vc tem toda razão qdo fala do peso da alma. É uma pena que não possamos ver essa estética...agora, quanto ao peso, só me preocupa o fato de ser prejudicial a saúde, o resto é estética imposta pela sociedade...
bjos

Random Blogger disse...

Parabéns Iara!
Mereces uma vénia pela forma como escreves sobre aquilo que escreves.

§Min§ disse...

Ahn, posso comentar? Estou te seguindo.Depois que vi esse seu post, tenho me preocupado com o que vou fazer do meu blog sobre emagrecer - um dos três que tenho. Me tocou e eu realmente sinto que o registro dessa batalha deve ser focado sob uma ótica diferente. Quando puder visita, se quiser. Adoro seu blog, gosto de seu jeito prolixo, você escreve muito e bem.Obrigada por partilhar pedacinhos da sua alma conosco, Bjs!

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...