ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

02 maio 2010

Não é não






Gosto de começo de mês, parece que renova o ar. E gosto mais ainda de domingo. Parece depressivo, mas para mim é um dia quase ideal. Rara vez alguém me liga e me convida para sair no domingo, por isso gosto dele, porque fico em paz. 

Às vezes acho que a vida deveria ser como no interior, quem quiser que vá para uma pracinha e encontre os outros, não precisa ficar ligando. Porque as vezes ligar para uma pessoa pode ser invasivo. Principalmente se não te levam a sério. Cansei de receber ligações e eu falava a verdade ''não quero sair'', ''tô meio assim'', ''meio deprê'', ''não tô com saco de sair''. E começava aquela enchação;

-Ah, se anima, vai, ficar em casa não pode! Vai ficar remoendo a vida para que? Não pode! Tem que se mexer para a depressão passar!

Cheguei a conclusão que a vida é minha e tenho o direito de remoer o que eu quiser a hora que eu quiser. Até onde eu sei ninguém paga imposto por isso, o tempo é meu. 

Às vezes  nem atendo o telefone. Só escuto ele tocar e xingo. Porque eu não faço isso. Tenho uma amiga que quebrou a perna. Não liguei para ela chamando para sair, dizendo que tome um analgésico e vamos curtir, a dor é psicológica, a gente se anima na balada e ela nem vai lembrar que não pode se mexer!

As pessoas querem ajudar, mas não entendem um ''não'' de quem sofre de depressão e pânico. Não é não, não é talvez ou por ''favor insista''. Não ter disposição emocional ou psicológica para sair é como ter dor de dente. Não adianta argumentar. Algumas vezes pode funcionar sair, mas se já sai contrariado a noite vai ser curta. Pior que insistir é aparecer sem ser chamado. Ah, queriam ajudar, então aparecem e dizem:

- Vamos te tirar dessa deprê! Coloca uma roupa legal, um perfume bom e vamos embora!

Nossa, não sei nem o que dizer quando isso acontece ... no meu rígido critério odeio ser perturbada com coisas que eu não faria com os outros. E sempre me vem essa sensação de estar do outro lado da percepção humana. Talvez não seja ideal ficar em casa remoendo, mas quem se curou de uma depressão bebendo todas, beijando estranhos e fumando no meio da rua? Estamos quites. Talvez o meu lado não seja o melhor, mas o outro não parece assim tão interessante......

Iara De Dupont

14 comentários:

icendul disse...

olá, lara. não estou certa de que deva deixar um comentário, afinal de contas, hoje é domingo:)

agradeço a visita ao poros. como o encontrou? sempre bem-vinda.

reconstrução e regeneração são duas palavras que me são muito caras, continuem elas a ser boas companheiras de viagem para esse lado.

vou espreitando.
boa semana:)

Escritor em treinamento disse...

Não gosto de atender o telefone também... é estranho, até gosto do contato facilitado, mas deve ser o que você disse, é invasivo.

A diferença talvez, se é que se pode reduzir a diferença entre duas pessoas por um simples fato, é que eu prefiro sair... mesmo contra a vontade.

Aceito as mais diversas propostas (sem ferir a minha dignidade, obviamente) e tento ser produtivo ao jogar tempo fora.

Sinto falta do tempo em que para estar alhei eu não precisava mergulhar na multidão. Sinto falta de quando ficar no meu quarto não me assustava...

Sinto falta de fazer algum sentido.

conversacomotravesseiro disse...

Muito bom! Também penso assim. E fico terrivelmente estressada qdo vêm me falar q eu preciso me mexer pra sair da depressão. Med mexer resolve no que? Só se for em ficar cansada. Pelo menos eu tenho tempo de ficar em casa e saber quem sou.

Quero agradecer porque, sem querer, vc me deu o melhor presente de aniversário: compreensão. Só é triste saber q tem mais alguém q passe pelo q eu passo. Mas, fazer o que? Essa é nossa vida e o melhor é termos o pouco de paz que ela nos pode proporcionar. E a compreensão ajuda nisso. Nos deixar em paz em casa, também. Aliás, respeitar nosso não e nossa inércia também é compreensão. E ela está muito em falta na minha vida...

Mais uma vez obrigada!!
Bjs

Guilherme Canedo disse...

A vida é mais bela quando fazemos as coisas quando temos realmente vontade... o resto é passatempo

beijos

Karla Hack disse...

Domingo sempre me soa depressivo mesmo, e não por causa da solidão... Mas da inércia de sentimentos... eu fico inerte e só me resta reverter os momentos e presenciá-los novamente. isto é o que me incomoda no domingo.
Gostei da forma sincera como escreve... Parabéns pelo blog.

Tripolar disse...

Obrigada pela visita!Adorei o seu blog, justamente pelo fato de uma das escritoras do nosso Blog Tripolar ter sofrido de Sindrome do panico e conseguiu, com forca de vontade sair desta sozinha. Vou ser uma seguidora. Beijos e boa semana.
www.treseles.blogspot.com

Calvin disse...

Concordo com vc... Em partes...
Não gosto de receber ligações quando estou mal, nem atendo. Se a de casa então... Não atendo mesmo. Isso é porque não gosto de mostrar meu lado ruim para os outros, ou conviver com o julgamento, mesmo que momentâneo.
Mas tenho que admitir, algumas pessoas conseguem mudar nosso modo de sentir o dia. Tem uma companhia LEVE, que nos faz bem.
E já aconteceu de ter dias que não queria fazer nada mesmo, e quando saí meu dia, minha semana mudou.
O problema é que não sabemos antes de sair.
Mas sabemos AS PESSOAS que estão do nosso lado, e como nos sentimos com cada uma.
Não me sinto bem saindo num dia ruim pa ir pra uma balada. Mas se me convidarem pra tomar m café, comer brigadeiro, CONVERSAR, receber e dar abraço. Dependendo de quem me convidar eu gosto sim...
E no fundo eu gosto da ligação destas pessoas. No celular eu identifico quem me liga e posso tentar escolher escutar ou não...
Arriscar ou não...
GRANDE ABRAÇO MEU!

Maurício Maia disse...

oi Iara,
primeiramente gostaria de agradecer tuas visitas no meu blog.
Dei uma lida aqui nas tuas postagens e gostei muito do teu modo de escrever.. Estarei seguindo..

Sempre que quiser, vá lá no Jovem Pensador Blog .. conferir as novas..

Mas me diz uma coisa.. tu estas achando as postagens por sites de busca?

Bom..Em relação ao teu blog, eu adorei ! Muito bom! Continue sempre asssim.
Abraçãao.
Mauricio Maia (JovemPensadorBlog)
http://mauricio-maia.blogspot.com

Maurício Maia disse...

muito agradecido por seguir ..
abraço!
JovemPensadorBlog

IC disse...

Nestas coisas acho que não devo comentar, apenas respeitar.
Venho agradecer a visita ao meu blogue.
Boa semana! :)

A Bipolar disse...

Lara, que nome lindo! vim retribuir a visita, e volto amanhã para ler tudinho! me interessei mto pelo seu blog! vou seguir! bjos

Rafael Only disse...

Amigos podem ser o estopim para muitas coisas... como por exemplo, gerarem pavor em muitas horas impropícias. Não sofro de síndrome do pânico, mas tenho o diagnostico de esquizofrenia, e já tive muitos amigos que me zoavam ao ver meu medo, colocando mais caraminholas ainda em minha mente, como que dizendo que conspirações não existiam, e que "aquele não era eu", testando meus limites, e sondando meus atos.
Mas quando ninguém me procura em horas muito difíceis, acho pior ainda..
Legal ter comentado em meu Blog.. um abraço; té mais!

Flávia Pantoja Strafacci disse...

Oi Iara! Obrigada pela visita e o elogio! Vim conhecer sua página... e gostei bastante. Acho que independente de como se pensa, é preciso respeitar os momentos das pessoas... uma coisa é mostrar a um amigo que você está por perto caso precise, outra é 'forçar a barra' para ele fazer o que ele acha que vai animar ou curar... até porque muitas vezes é preciso se recolher para que as ideias se organizem e tudo volte ao normal. Mas como tudo na vida, tem um lado bom dessa insistência: pelo menos você tem amigos que te ligam quando está na 'deprê'... pior é quando nem temos quem nos ligeu nesse momento...rsrrsss...Boa sorte com seu trabalho!

Com os meus botões! disse...

Você escreve muito bem. Seu texto poderia ser pesado, por conta da tristeza explícita nele, mas é leve... tão leve que a gente quer ler sempre mais. Por falar nisso, vc escreveu um livro? Diga aonde posso encontrá-lo para comprar.

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...