ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

25 abril 2010

Guerra perdida


Li em algum lugar que o item para a casa mais vendido no mundo é o edredom, tanto no frio como no calor. Não tem nada  mais justo.Tá certo mesmo. Eu amo o meu. Às vezes coloco a cabeça para fora e vejo o mundo e penso, ok, é mais do que eu posso lidar e volto para o meu edredom. Em situações de tensão, de pânico, meu primeiro instinto é voltar correndo para o meu edredom.

Como se fosse um casulo,uma proteção. O edredom deve ter alguma coisa a ver com proteger tuas costas. Em um mundo onde os sentimentos já estão definidos e todos tem que ser irmãos gêmeos da vitória o edredom apóia o contrário. O edredom deve ter sido inventado para que pessoas como eu possam lidar com o fato de não terem pele. Pessoas como eu, que escolhem as guerras com pinças, não venho com esse instinto de conquistar o mundo, ser uma eterna guerreira. Tenho a impressão que pessoas que entram todos os dias em pensamentos assim, de lutas a vencer, batalhas que deram certo, guerras que não acabam tem mais problemas para viver do que eu. Porque eu cansei de exigir de mim uma coisa dessas, estar sempre atenta, estar sempre esperando o passo certo. Isso me deixou exausta. 

Mas o mundo considera os que se escondem em um edredom uns covardes. Bom mundo, eu também considero muita coisa e nem por isso saio falando horrores de quem faz de sua vida uma batalha a ser vencida a qualquer custo. Eu já sei que sou péssima em guerras, perco mesmo. Acabo fazendo amizade com o inimigo e quero voltar logo para minha casa, para meu edredom. De tantas guerras perdidas aprendi isso, recuar às vezes é vital. O edredom te lembra isso. De vez em quando é melhor se proteger do que morrer sem saber pelo o que realmente lutava.

Iara De Dupont 

3 comentários:

Rita disse...

Que bonito, gostei!

A vida moderna valoriza demais o que nem sempre tem tanto valor. Por que precisamos vencer sempre? O que é vencer? Talvez você fazer as pazes com o inimigo seja uma vitória.

Precisamos aprender a ser felizes com o que somos e temos, gostarmos de nós e descobrirmos que somos importantes, cada um do jeito que é.


"Um dia de chuva é tão belo como um dia de sol.
Ambos existem; cada um como é." (Fernando Pessoa)

Beijo!

Geraldo Lima disse...

Belo texto, Iara. Verdadeiro e intenso. E obrigado por ter visitado meu blog. Continuemos a nos visitar.
Um abração.

conversacomotravesseiro disse...

Sabe o q eu mais gosto no meu edredom? A simplicidade. O meu é liso, sem grandes enfeites, não chama a atenção, não causa inveja. É por isso que gosto dele. E uso, muito, quando não quero encarar o mundo, também.
Quer saber de uma coisa? Acho q vc é sim uma guerreira de se permitir ficar sob o edredom enquanto os demais se enlouquecem no mundo do tudo ao mesmo tempo agora. Precisa coragem para não ceder ao desejo dos demais. Mesmo que seja por medo. Precisa de coragem para assumir o medo.
Bjs

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...